A escolha correta da autoescola (CFC) para tirar a habilitação é importante para que o processo seja concluído com sucesso e dentro das normas que regularizam esse segmento; as portarias 101/2016 do Detran.SP e Resolução Federal 789 de 2020. Para auxiliar o aluno nesta decisão, o Departamento Estadual de Trânsito disponibiliza no portal Detran todas as informações necessárias sobre os CFCs como lista completa das cadastradas, endereços e tipo de cursos que oferece.

Confira os dados que devem ser levados em conta antes de fechar o contrato:

Em primeiro lugar é importante acessar o link https://bit.ly/3fLhdvo e conferir se o nome do CFC onde fará o curso consta na lista das 3.200 empresas credenciadas pelo Detran. SP no estado, o que é obrigatório para que ela exerça a função.

O segundo passo é checar se ela oferece o serviço que o aluno procura, especialmente quem fará provas de reciclagem já que nem todas têm essa opção. Há três categorias de CFCs:
A: Aplica só curso de formação teórico; B: Só faz exame prático; A/B: Faz exame teórico, prático e exame de reciclagem.

Conferir se o endereço cadastrado é o mesmo onde o aluno fará as aulas garantirá que o local atenda a todas as exigências estruturais feitas pelo Detran no cadastramento do CFC. A empresa tem que atender no endereço que consta no portal, e não pode mudar o local sem comunicar o órgão.

Checar a frota de veículos que o CFC oferece é outra informação que consta no portal. É obrigatório por contrato que a autoescola disponibilize, pelo menos, duas motos e dois automóveis com câmbio.

Por fim, verificar as avaliações que os alunos fazem das CFCs contribui para uma escolha sem riscos. Ao lado das informações básicas das autoescolas credenciadas há um quadro de avaliação, que traz notas para: preço cobrado, atendimento, instalações, localização, ensino, transparência e agenda. Outro dado de destaque é o número de aprovados e de reprovados nos cursos.