Connect with us

Policial

Em apenas uma noite, três coletivos são assaltados em Hortolândia

Publicado

em

três coletivos são assaltados na cidade

A Polícia Civil de Hortolândia registrou três roubos a transportes coletivos em apenas uma noite. Os crimes aconteceram na noite de anteontem na Vila Real, Vila São Francisco e Jardim Nossa Senhora de Fátima e foram contra um ônibus da Viação Boa Vista e dois da Viação Lira, empresas que controlam o transporte público do Município. A ação dos bandidos, cada vez mais violenta, está assustando os moradores de cidade, que, em sua maioria, utilizam o transporte público.

De acordo com o boletim de ocorrência, o primeiro caso aconteceu por volta das 21h30, na Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), no Jardim Nossa Senhora de Fátima.

O motorista e o cobrador do coletivo foram surpreendidos por um homem em um dos pontos da rodovia. Acreditando se tratar de um passageiro, o motorista parou o ônibus para o indivíduo entrar.

Logo que entrou, o bandido, armado de uma faca, anunciou o assalto, roubando documentos, cartões, aprelhos celulares e R$ 45 em dinheiro, que estava no caixa do ônibus. Após a ação criminosa, o marginal fugiu.

O caso foi registrado no Plantão Policial de Hortolândia e será investiogado pelo 1º Distrito Policial.

VILA REAL

O segundo crime aconteceu na Avenida Anhanguera, na Vila Real, próximo à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), também na noite de anteontem. Segundo o motorista G. A. M., de 41 anos, ao entrar na respectiva avenida, dois homens entraram no transporte.

Um dos homens estava armado de pistola e apontou para o motorista, anunciando o assalto. Enquanto um rendia os funcionários, o outro recolhia o dinheiro. Os bandidos roubaram R$ 135,20 em dinheiro. Após o roubo, os criminosos descerabm em um posto de combustíveis próximo a Avenida Anhanguera.

O caso foi registrado no Plantão Policial de Hortolândia e será investigado pela Polícia Civil. O transporte conta com câmeras de segurança. As imagens serão entregues à equipe de investigação, que tentará localizar os culpados.

VILA SÃO FRANCISCO

Por volta das 23h10, um homem armado com uma barra de ferro entrou em um ônibus, na Vila São Francisco, em Hortolândia, e rendeu o motorista e o cobrador.

Sob forte ameaça, o criminoso roubou o cofre da empresa, com R$ 249,60 em dinheiro e fugiu logo em seguida. De acordo com o motorista, R. Q. O., de 31 anos, o marginal fugiu sentido ao bairro Santa Clara. O caso também será apurado pela Polícia Civil.

Em nenhum dos casos, os responsáveis pela ações criminosas foram identificados.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia



Policial

CPFL emite nota sobre o ocorrido na base em Sumaré

Publicado

em

policia

Em virtude de um áudio com informações relacionadas ao roubo ocorrido na base da CPFL em Sumaré, no dia 03/08/2022, que está em circulação em grupos de WhatsApp.

A CPFL esclarece que os funcionários que prestam serviços sempre comparecem devidamente identificados com crachás, uniformes, veículo com identificação da empresa e com ordem de serviço para a execução da atividade, contudo, caso o cliente ainda tenha dúvidas, pode entrar em contato por meio dos canais de atendimento, entre eles, o 0800 010 1010 (CPFL Paulista), e informar o número da nota de serviços e confirmar a autenticidade da mesma com o atendente.

Caso não seja possível realizar a confirmação no momento, a orientação da empresa é de que o cliente não permita a execução do serviço e não assine ou entregue qualquer documento.

Continue Lendo

Policial

Pediatra é preso em Monte Mor por suspeita de abusar de adolescente de Hortolândia 

Publicado

em

Por

Um médico pediatra de 65 anos foi preso na última sexta-feira (5) em Monte Mor por suspeita de abuso sexual a um adolescente de 14 anos durante o atendimento em Hortolândia. Ele foi conduzido à delegacia e após ser ouvido foi levado para uma penitenciária em Sorocaba. 

O médico foi alvo de um mandado de prisão preventiva expedido no último dia (3) pela 1ª Vara Criminal de Hortolândia, e foi localizado atendendo em uma clínica em Monte Mor. O advogado do pediatra informou que a prisão foi infundada e arbitrária, e destacou que irá se manifestar sobre o conteúdo das investigações somente no processo.

Foi instaurado um inquérito em 3 de janeiro pelo 1º Distrito Policial de Hortolândia. A Segunda Promotoria de Justiça da cidade acompanha o caso, que está em segredo de Justiça. 

O médico atuava em clínicas particulares nas cidades de Monte Mor e Hortolândia. A Justiça que fez o pedido de prisão preventiva, investiga o crime de estupro contra vulnerável. 

A Secretaria de Saúde em Hortolândia informou através de nota que o médico foi servidor da cidade, em junho e está aposentado desde então. “A administração municipal está à disposição das demais autoridades para colaborar com a investigação”, diz o texto.

Em Monte Mor o médico atendia na cidade, mas não atuava na rede pública.

Continue Lendo

Policial

LSD com mortadela: mercadoria foi enviada para o CDP de Hortolândia 

Publicado

em

LSD-mortadela

Mercadoria (LSD com mortadela) foi enviada por mãe de custodiado 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que policiais penais do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia encontraram 275 micropontos de LSD dentro de uma mortadela.

O flagrante ocorreu neste quarta (03/08), durante o procedimento de revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos.  

No caso desta ocorrência, a remetente está cadastrada no rol de visitas como mãe de um custodiado. O material apreendido foi encaminhado para a delegacia, onde foi feito o boletim de ocorrência.

O preso que receberia o alimento foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar. A SAP informa que as pessoas flagradas tentando introduzir ilícitos no sistema prisional são suspensas do rol de visitas temporariamente. 

Continue Lendo

Populares