Connect with us

Nossa Cidade

Sessão de fotos marca evento de encerramento do projeto Bem Me Quer, Paz Se Quer em 2021

Publicado

em

Projeto de promoção da cidadania, realizado pela Prefeitura de Hortolândia, beneficiou 1.450 estudantes no segundo semestre letivo

Como a chegada de dezembro, começa também o ciclo de eventos de encerramento, no ano, das atividades do programa “Bem Me Quer, Paz Se Quer”, promovido pela Prefeitura de Hortolândia, por meio de parceria entre as secretarias de Segurança e de Educação, Ciência e Tecnologia. Nesta quarta-feira (01/12), estudantes da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Villagio Ghiraldeli participaram, pela manhã e à tarde, de sessão de fotos com os agentes instrutores, para guardar no álbum da família e no coração os bons momentos de 2021.

Até o dia 13 deste mês, colegas de outras quatro escolas municipais passarão pelo mesmo ritual de despedida nas Emefs Marleciene Priscila Presta Bonfim, no Remanso Campineiro; Prof. Cláudio Roberto Marques, no Jd. Santana; Nicolas Tiago Lofrani, no Jd. Sumarezinho; e Viva Mais, no Jd. Santa Clara do Lago. Em duas outras Emefs, haverá cerimônia de formatura, à noite: Helena Futava Takahashi, no Jd. Campos Verdes, no dia nove, às 18h30; e Renato Costa Lima, no Jd. Amanda, no dia 10, às 18h. Ao todo, com a retomada das aulas presenciais na rede municipal, 1.450 alunos, em 52 turmas, participaram do programa, neste segundo semestre, em 14 escolas. Ao longo do ano, 2.750 alunos foram beneficiados.

Criada em 2008, a iniciativa é voltada a promover, junto a estudantes da rede municipal, ações de prevenção às drogas e à violência e de fortalecimento da autoestima. As atividades são promovidas por agentes da GM (Guarda Municipal), especialmente treinados, junto às turmas dos quintos anos das escolas participantes. Neste ano, ao todo 28 escolas de Ensino Fundamental participaram das atividades do “Bem Me Quer, Paz Se Quer”, metade no primeiro semestre e metade no segundo (veja abaixo). Mesmo no período de aulas remotas, as atividades foram mantidas, por meio de postagens de vídeos e atividades no Portal “Educação na Rede”, da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. De acordo com a Secretaria de Segurança, as diretrizes das aulas têm o objetivo de ensinar aos estudantes valores, como respeito, amor à família e afastamento do mundo da criminalidade.

“O projeto Bem Me Quer é muito importante, pois trata de um tema que nos preocupa muito, a prevenção do uso de drogas, como fazer boas escolhas, trabalhar a autoestima e, mesmo de forma remota, acredito que conseguimos atingir nosso objetivo através dos vídeos que postávamos no Portal e com a realização das atividades no livro. Foi a maneira que conseguimos trabalhar devido à pandemia. Agora, faremos o encerramento com a entrega dos certificados para os 1.450 alunos, professores e gestores das 14 unidades participantes do projeto neste segundo semestre. Esperamos em 2022 que tudo volte ao normal e que possamos ter os agentes de prevenção novamente com os alunos, pois o convívio proporciona ricas trocas de experiências entres eles e essa troca é muito significativa. Fico muito feliz em poder contribuir com todo processo e em saber que conseguimos, ainda que de forma remota, fazer com que o conhecimento chegasse aos alunos”, afirma a coordenadora do projeto, Carla Borrego Varani.

Conheça o “Bem Me Quer, Paz Se Quer”

O programa “Bem Me Quer, Paz Se Quer” foi criado na primeira gestão do prefeito Angelo Perugini, em agosto de 2008. Os alunos usam livro guia, com informações e orientações sobre os riscos trazidos pelo uso e abuso de drogas, tanto lícitas (como álcool e cigarro), quanto ilícitas.

De maneira lúdica, por meio de histórias e dinâmicas, os agentes de prevenção do Núcleo de Desenvolvimento/Setor de Projetos Sociais da GM abordam ainda outros temas delicados, como cerol, bullying e cyberbullying, violência doméstica, festas “raves”, beber e dirigir, assim como autoestima, autoconhecimento, respeito e importância da família. Os agentes apresentam às crianças e aos jovens situações-problema para nelas despertar a responsabilidade pelas próprias escolhas e as inevitáveis consequências de seus atos, tanto no presente quanto no futuro.

Confira as escolas atendidas pelo programa em 2021:

ESCOLAS – 1o semestre de 2021

Nº DE TURMAS

EMEF Salvador Zacharias Pereira Júnior

7 3M4T

EMEF Jardim Primavera

4 2M2T

EMEF Jardim Amanda I – CAIC

4 2M2T

EMEB Interlagos

4 2M2T

EMEF Tarsila do Amaral

5 3M2T

EMEF Boa Esperança

3 1M2T

EMEF Taquara Branca – Agenor Miranda da Silva

1 1T

EMEF Ana Bodini Januário

3 2M1T

EMEF Armelinda Espúrio da Silva

4 2M2T

EMEF Zilda Arns

3 2M1T

EMEF Fernanda Grazieli Resende Covre

4 2M2T

EMEF João Calixto

1 1T

EMEB Josias da Silva Macedo

1 1M

EMEF Profª Patrícia Mª Capelato Basso

5 3M2T

14 ESCOLAS – TOTAL

49

 

ESCOLAS – 2o semestre de 2021

Nº DE TURMAS

EMEF Villagio Ghiraldelli

3 1M2T

EMEF Viva Mais

2 1M1T

EMEF Caio Fernando Gomes Pereira

7 4M3T

EMEF Profª Lilian Cristiane Martins de Araújo

4 2M2T

EMEF Cláudio Roberto Marques

4 2M2T

EMEF Nicolas Thiago dos Santos

4 2M2T

EMEF Maria Célia

4 2M2T

EMEF Marleciene P P Bonfim

4 2M2T

EMEF Renato da Costa Lima

3 2M1T

EMEF Janilde Flores Gabi do Vale

5 2M3T

EMEF Jd. Nova Europa

4 2M2T

EMEF Dayla Cristina Amorin de Souza

4 2M2T

EMEF Profª Helena Futava Takahashi

2 1M1T

EMEIEF Bairro Três Casas

2 1M1T

14 ESCOLAS – TOTAL

52

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Hortolândia continua com a vacinação contra a COVID-19 para adolescentes e adultos nas UBSs

Publicado

em

A vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses é feita no horário das 8h às 15h30

Quer ajudar a diminuir a disseminação da COVID-19 na cidade? Então, tenha uma atitude responsável e complete sua imunização. A Prefeitura de Hortolândia continua com a vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses para adolescentes, jovens e adultos durante esta semana nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município. A vacinação é feita das 8h às 15h30 em diferentes unidades a cada dia da semana (confira abaixo o quadro). No sábado (22/01), a Prefeitura realizou vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses na UBS Santa Clara. De acordo com a Secretaria de Saúde, no sábado foram imunizadas 1.021 pessoas. 

A Secretaria de Saúde reforça para a população a importância de completar o esquema vacinal com a 2ª dose e o reforço com a 3ª dose. Ao fazer isso, a população fica imunizada contra a COVID-19 e as novas variantes do Coronavírus que estão surgindo, e diminui o risco de transmitir a doença para pessoas de seu convívio, tais como familiares, parentes, amigos e vizinhos. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, no município estão faltantes com a 2ª dose 9.000 pessoas. Já da 3ª dose, são 57.000 faltantes.

A Secretaria de Saúde salienta que o intervalo da 1ª para a 2ª dose para quem recebeu a Coronavac é de 28 dias. Quem recebeu a AstraZeneca, o intervalo é de 8 semanas. Já para quem foi imunizado com a Pfizer, o intervalo da 1ª para a 2ª dose é de 21 dias para adultos e de 8 semanas para adolescentes. Para quem recebeu a 1ª dose da Janssen, o intervalo para a  dose de reforço é de 2 meses. Já o intervalo da 2ª para 3ª dose para todas as vacinas, com excessão da Janssen, é de 4 meses. Quem é imunossuprimido, o intervalo da 2ª para a 3ª dose é de 28 dias.

Quem for receber a 1ª dose tem que apresentar Carteira de Identidade (RG) ou algum documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço.

Já para quem for receber a 2ª ou a 3ª doses, é necessário levar o comprovante de vacinação, Carteira de Identidade (RG) ou algum outro documento com foto e CPF. Os adolescentes podem receber a 2ª dose desacompanhados de pai, mãe ou responsável.

Confira abaixo os dias da semana e as UBSs onde é feita a vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses contra a COVID-19:

– Segunda-feira: UBSs Figueiras e Orestes Ôngaro 

– Terça-feira: UBSs Amanda I e Nova Europa 

– Quarta-feira: UBSs São Jorge e Santiago

– Quinta-feira: UBSs Santa Esmeralda e Taquara Branca

– Sexta-feira: UBSs Adelaide, Santa Clara e São Bento

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Farmácia de Alto Custo suspende atendimento ao público, nesta quarta-feira (26/01)

Publicado

em

Órgão retomará o funcionamento na quinta-feira (27/01), a partir das 8h  

A Prefeitura de Hortolândia informa que a Farmácia de Alto Custo, órgão da Secretaria de Saúde, suspenderá o atendimento ao público, nesta quarta-feira (26/01). A interrupção acontecerá em virtude de reestruturação interna. De acordo com a Secretaria de Saúde, o órgão retoma o atendimento na quinta-feira (27/01), às 8h. A farmácia está localizada na rua Vanderlei Costa Camargo, 58, Vila São Francisco.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, a Farmácia de Alto Custo atende 2.200 pacientes por mês. A unidade também realiza a dispensação de medicamentos para pacientes judiciais.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Ação de busca e eliminação de criadouros de Aedes aegypti continua no Jd. Nova América e Jd. Novo Ângulo

Publicado

em

Prefeitura de Hortolândia solicita para que moradores permita a entrada dos agentes em suas casas  

Com o forte calor registrado na cidade nos últimos dias, a Prefeitura de Hortolândia orienta as pessoas a redobrarem os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti em suas casas e na região onde moram. O inseto é o transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika. A Prefeitura continua a fazer a parte dela com a ação de casa a casa para fazer a busca e a eliminação de criadouros do mosquito em diferentes regiões da cidade. Nesta semana, a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, prossegue com a ação nas regiões do Jardim Nova América e do Jardim Novo Ângulo.

Os agentes do órgão visitam as residências para fazer a busca ativa e a eliminação de possíveis criadouros do Aedes aegypti. O objetivo é eliminar o inseto ainda na fase larval. Caso sejam encontradas larvas, algumas delas são recolhidas para identificação em laboratório. De acordo com o órgão, 80% dos focos de criadouros do Aedes aegypti estão nas casas.

A Prefeitura solicita para que os moradores permitam a entrada dos agentes em suas casas. Os agentes estão identificados com crachá e uniforme. A Prefeitura ainda orienta a população a ficar atenta contra golpes. Nas visitas, os agentes não solicitam nenhum dado bancário ou informação pessoal dos moradores. A ação consiste somente na identificação e eliminação de criadouros do mosquito. Em caso de dúvidas, para saber em quais regiões da cidade será realizada a ação de casa a casa, a população pode ligar na UVZ nos telefones (19) 3897-3312 ou (19) 3897-5974.

COLABORAÇÃO

O combate ao Aedes aegypti é uma ação que precisa da colaboração dos moradores para que seja eficiente. Por isso, a Prefeitura reforça para que as pessoas façam sua parte para evitar a proliferação do mosquito. 

Uma atitude que é muito útil e que a população deve adotar para evitar a reprodução do mosquito em casa é recolher e fazer o descarte correto de recipientes, garrafas PET e embalagens plásticas que possam acumular água parada. A fêmea do Aedes aegypti deposita na água parada os ovos que darão origem a mais mosquitos. 

A Prefeitura reforça que o descarte correto desses materiais deve ser feito nos PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) existentes no município. A Prefeitura inaugurou dois novos PEVs, um no Jardim São Sebastião e outro no Jardim Nova Alvorada, em novembro do ano passado. Com a inauguração dessas duas novas unidades, Hortolândia tem agora 13 PEVs. A população pode consultar qual é o PEV mais perto de onde mora no site da Prefeitura, por meio deste LINK.

CHUVAS

O verão é a estação caracterizada por chuvas repentinas e de forte intensidade. Por este motivo, a Prefeitura salienta que a população deve redobrar os cuidados para eliminar o acúmulo de água parada em suas casas logo após a ocorrência de chuva. Pessoas que moram em casas com laje exposta sem telhado também devem verificar se houve acúmulo de água da chuva na laje e fazer a retirada de poças. 

Ao fazer o descarte correto de materiais reaproveitáveis como garrafas PET e embalagens plásticas nos PEVs, a população também ajuda a evitar que esses materiais sejam levados pela enxurrada das chuvas e causem o entupimento de bueiros, o que provoca inundações e alagamentos. Esses problemas podem causar prejuízos e transtornos para outras pessoas que moram em diferentes regiões da cidade. 

O descarte irregular de resíduos em ruas e áreas públicas da cidade pode ainda causar outros problemas, tais como atrair animais peçonhentos (cobras, escorpiões, ratos, entre outros) que transmitem outras doenças, e a contaminação de áreas verdes e naturais, como lagoas e ribeirões, existentes na cidade.

SINTOMAS

Caso o morador apresentar algum dos sintomas de Dengue, Chikungunya ou Zika, a Prefeitura orienta para que ele procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima de onde mora para receber atendimento adequado, possibilitando que a Secretaria de Saúde faça a notificação correta do caso.

A Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, salienta que os sintomas de Dengue, Chikungunya e Zika são parecidos. Dentre os principais sintomas da Dengue estão dores no corpo, de cabeça e na parte atrás dos olhos, febre, manchas e/ou pontos vermelhos no corpo, náusea e vômito. Já o sintoma principal de Chikungunya são dores nas articulações que persistem durante dias. Os sintomas da Zika são febre, mas não tão elevada, vermelhidão no corpo e nos olhos (neste último sem formação de pus). De acordo com a Vigilância Epidemiológica, em 2021 o município registrou 514 casos positivos de Dengue e 3 casos positivos de Chikungunya. Já neste ano, o município registra 13 casos suspeitos de Dengue, todos aguardando resultado.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Amazon

Populares