Connect with us

Nossa Cidade

Profissionais da Educação participam de Webinário sobre projeto “Escola-Outra”

Publicado

em

Evento, realizado na noite desta terça-feira (30/11), reuniu profissionais da Educação para o diálogo sobre o projeto E-O 

Mais de 700 profissionais da educação de Hortolândia participaram, na noite dessa terça-feira (30/11), do 13° encontro do Percurso de Webinários “Educação na Rede”, promovido pela Prefeitura. O evento, via plataforma Zoom, enfocou o projeto “Uma escola-outra: novos olhares para as práticas pedagógicas”. O tema foi desenvolvido pelo Prof. Dr. Flávio Caetano da Silva, do Departamento de Educação da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). 

A iniciativa da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia é parte integrante do ciclo de palestras online que discute as principais pautas sobre educação na atualidade. Para rever o debate, basta clicar aqui (https://www.youtube.com/secretariadeeducacaocienciaetecnologiahortolandia). 

A abertura do encontro online foi feita pela diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia, Fátima Colevate, que agradeceu a presença do convidado, da equipe técnica que possibilitou a realização do evento e profissionais da educação presentes. Ela falou sobre a importância do “Percurso de Webinários”, ciclo de encontros online que acontece desde o início do ano letivo, trazendo convidados e promovendo um espaço de reflexões sobre educação.    

Na sequência, o Prof. Dr. Flávio Caetano da Silva agradeceu também a presença e convite para falar sobre o projeto “Uma escola-outra”. Logo no início da palestra, o professor explicou o surgimento do projeto e o corpo de atuação em cada uma das quatro frentes: o curso de Pós-Graduação “Da Escola Pública à Escola Outra: relações com o saber que afetam projetos de vida e de trabalho”, remoto e online; grupo de ateliê biográfico; grupo de trabalho para acompanhar o andamento das pesquisas e, mais profundamente, o projeto-piloto de intervenção pedagógica nas duas escolas municipais da rede, a Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) São Sebastião II e a Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Helena Futava Takahashi. 

O convidado abordou uma das principais atividades de pesquisa que estão sendo realizadas até o momento nas unidades, como as reuniões com os gestores, professores e profissionais da educação para apresentar a proposta e compreender o funcionamento e desafios particulares das escolas antes de iniciar o projeto-piloto. Além disso, também falou sobre o trabalho com as crianças na identificação de saberes, interesses e desejos de aprendizagem que elas possuem, como arte, esportes, línguas estrangeiras, entre outros. O material será utilizado para a elaboração de propostas e ações que poderão dar gênese à Escola-Outra em cada uma das unidades, projeto que vai trabalhar em conjunto com o novo currículo.  

“O projeto Escola-Outra vem para aprofundar o currículo no sentido mais amplo que ele pode ter, tanto dos conteúdos escolares, quanto dos conteúdos das vivências escolares. É possível sonhar um currículo no qual o aluno possa aprender todo o conhecimento que lhe será cobrado, mas também que trabalhe o diálogo entre diferentes componentes curriculares”, ressaltou o Prof. Dr. Flávio Caetano da Silva.  

O Percurso Webinários “Educação na Rede” é uma ação da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia. Além de beneficiar gestores educacionais, professores e educadores municipais, o ciclo formativo também é aberto ao público em geral. Para conferir o encontro dessa terça-feira (30/11), acesse o link: https://www.youtube.com/channel/UC-F2MM9SM5TOTOZW-ViOuqw.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Hortolândia reforça sinalização em ruas de unidades de saúde

Publicado

em

Vias próximas das UPA do Jd. Nova Hortolândia e do Hospital Samaritanos foram contempladas na ação

Cuidar da segurança viária em todos as regiões da cidade é uma das prioridades da Prefeitura de Hortolândia. As equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana realizaram, nesta terça-feira (18/01), mutirão de reforço e implantação da sinalização de solo no entorno da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Nova Hortolândia. Localizada na rua João Ribeiro Evangelista, o local recebia o estacionamento irregular de veículos em frente ao espaço, dificultando o fluxo de veículos na via e atrapalhando a chegada e saída de ambulâncias no local.

“Em frente a unidade de saúde flagramos muitas situações de desrespeito. Por isso, priorizamos este serviço para que o fluxo na via possa sempre estar livre, evitando problemas a quem precisa usar o espaço e circular pela região. Também retomamos o reforço da pintura em lombadas e faixas duplas amarelas em ruas de algumas regiões”, explica o diretor de operação da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Também nesta terça-feira,  na rua Osvaldo da Silva, em frente ao Hospital Samaritano, no bairro Villagio Ghiraldelli, as equipes da Administração Municipal reforçaram a pintura de uma lombada na via e de faixas duplas amarelas contínuas. O mesmo serviço aconteceu nas ruas 12 de Junho, no Jardim Mirante e Adamastor Pirschner, no Jardim Santa Clara do Lago. “O trabalho continua nos próximos dias em diversas regiões”, comenta Vasconcellos. 

Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza, desde 2017, uma série de ações, que vão de atividades educativas com motoristas e pedestres, reforço na sinalização, até a implantação de radares controladores de velocidade, principal medida adotada pela Administração Municipal para a redução de mortes no trânsito da cidade. Os dispositivos começaram a funcionar em janeiro de 2019. Além disso, a cidade recebe, periodicamente, um mutirão de Tapa-Buraco em todas as regiões. Outra medida importante é a instalação dos painéis eletrônicos informativos nos portais de entrada e saída da cidade e investimentos na malha cicloviária.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Motociclista fica gravemente ferido ao cair na SP-101

Publicado

em

Por

Um motociclista ficou gravemente ferido ao cair na Rodovia Jornalista Francisco Aguirre Proença (SP-101), na tarde desta terça-feira(18), em Hortolândia.

Condutor transitava com a motocicleta Honda/Titan no sentido Hortolândia a Campinas, quando pelo km 07 leste o pneu dianteiro da Moto estourou, fazendo com que o condutor perdesse o controle da direção, tombando ao solo.

O piloto teve ferimentos graves e o passageiro teve ferimentos leves. Vitimas socorridas ao Hospital Mário Covas, pela UR da Concessionária Rodovias do Tietê.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia inicia vacinação contra a COVID-19 para crianças com comorbidade ou deficiência, nesta quarta-feira (19/01)

Publicado

em

Prefeitura ofertará “xepa” para cadastrados via Whatsapp

Hortolândia inicia a vacinação contra a COVID-19 para crianças de 5 a 11 anos na UBS (Unidade Básica de Saúde) Dom Bruno Gamberini, nesta quarta-feira (19/01). Começarão a ser vacinadas crianças com comorbidade ou deficiência. Na quinta-feira (20/01), a vacinação será na UBS Parque do Horto. Já na sexta-feira (21/01), a vacinação será na UBS Campos Verdes. A vacinação acontecerá das 8h às 15h30. Essas unidades farão a vacinação exclusivamente para as crianças. Para o início da vacinação, Hortolândia recebeu do governo do Estado 1.150 doses da vacina pediátrica da Pfizer. 

A Secretaria de Saúde explica que a vacinação será por livre demanda, com distribuição de senha em cada unidade. De acordo com a Secretaria de Saúde, a previsão é de que sejam aplicadas cerca de 250 doses por dia. 

Na próxima semana, a vacinação será realizada nas seguintes unidades:

– Segunda-feira (24/01): UBSs Novo Ângulo e Dom Bruno Gamberini

– Terça-feira (25/01): UBS Rosolém

– Quarta-feira (26/01): UBS Campos Verdes

– Quinta-feira (27/01): UBS Parque do Horto

– Sexta-feira (28/01): UBS Amanda II

As crianças deverão ir acompanhadas de pai, mãe ou responsável. Será necessário apresentar laudo que comprove a comorbidade ou a deficiência da criança, com o número do CRM (Conselho Regional de Medicina) do médico que a atende. Também será necessário apresentar o CPF (Cadastro de Pessoa Física) da criança. Caso a criança ainda não tenha o documento, a Secretaria de Saúde orienta para que a família ou o responsável providencie a emissão do documento da criança em alguma das agências dos Correios da cidade.  

Caso a criança compareça acompanhada de adulto, que não seja pai, mãe ou responsável, ela deverá apresentar o termo de autorização para ser vacinada. O termo deverá ser assinado por pai, mãe ou responsável. O termo está disponível no site da Prefeitura para ser baixado neste LINK. O termo também está disponível em versão impressa nas UBSs da cidade. 

A Secretaria de Saúde reforça a solicitação para que a criança venha com apenas um acompanhante para evitar aglomeração na unidade na hora da vacinação.   

Caso a criança apresente reação adversa ao imunizante, a Secretaria de Saúde orienta para que ela seja levada aos serviços públicos de urgência e emergência da cidade.

“XEPA”

Em caso de haver sobra de vacina, a Secretaria de Saúde organizará lista de espera. Para entrar na lista, é necessário que o pai, a mãe ou o responsável da criança envie mensagem via WhatsApp para o número (19) 99920-3204. Na mensagem deverão ser informados o nome do pai, mãe ou responsável, e os seguintes dados da criança: nome, CPF, data de nascimento e idade. A Secretaria de Saúde entrará em contato com as pessoas da lista. As pessoas chamadas terão o prazo de meia hora para levar a criança à unidade onde houve a sobra da vacina.

Continue Lendo

Noticias

Amazon

Populares