Para melhor atender à população de sete bairros da região do Jd. Brasil, a Prefeitura de Hortolândia reestruturou o CCS (Centro de Convivência Social) local, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, vinculado ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) Novo Ângulo. A ação integra a programação de aniversário dos 30 anos de emancipação de Hortolândia, celebrado nesta quarta-feira (19/05).

O CCS Jd. Brasil é um equipamento da assistência social de referência e atende aos seguintes bairros: Vila Guedes, Jd. Conceição, Jd. Aline, Jd. Santiago, Jd. Brasil, Jd. Nova Europa (antes atendido pelo CRAS Novo Ânngulo) e ocupação do Monte Sinai.

As intervenções contemplam, principalmente, mudanças estruturais no prédio e também na equipe de profissionais. O espaço, localizado na Rua da Amizade, 240, ganhou pintura e melhorias nas áreas externas e internas do prédio. Além disso, passou a contar com computadores e acesso à internet.

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, o CCS Jd. Brasil agora oferta atendimento do CadUn (Cadastro Único), do Governo Federal, e conta com dois assistentes sociais para a realização de entrevistas; disponibiliza também as atividades da Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) INFAP (Instituto de Formação e Ação em Políticas Sociais para Cidadania) para o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos voltado a crianças, adolescentes e idosos. Antes, as famílias atendidas precisavam se deslocar até o CRAS Novo Ângulo para realizar a entrevista social. Desde março até agora, foram realizados 477 atendimentos, com 235 entregas de cestas básicas (benefício eventual). 

Em razão da pandemia do Coronavírus, o atendimento está sendo feito de forma remota na unidade. Além do telefone fixo (19) 3009-1398, há também um telefone celular (19) 97161-7149.

“A qualidade de vida no trabalho contribui para uma série de benefícios que vão além de um ambiente mais leve e propício à equipe de trabalho. O espírito de equipe acaba despertando com mais vigor os talentos de cada um, resultando em um atendimento mais eficiente e adequado ao público atendido nos serviços socioassistenciais. Além do ambiente, o novo espaço passará a ofertar outros serviços como o Cadastro Único”, informou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

 

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia