Durante encontro em Hortolândia, nesta quarta-feira (23/11), secretários de Educação da região conheceram iniciativas da Prefeitura para garantir mais qualidade no ensino 

A nova merenda escolar e o Programa Escola de Tempo Integral implantados pelo prefeito Angelo Perugini na rede municipal de ensino de Hortolândia foram apresentados para os secretários de Educação da região, nesta quinta-feira (23/11), durante o encontro mensal da Câmara Temática de Educação da RMC (Região Metropolitana de Campinas). A reunião aconteceu no auditório da empresa Belgo Bekaert Arames, localizado no Parque dos Pinheiros. Secretários de Educação de 20 municípios se reuniram para debater assuntos da área educacional.

O secretário de Educação, Ciências e Tecnologia de Hortolândia, Fernando Moraes, abriu o evento apresentando as principais ações da Prefeitura na área de educação: a nova merenda escolar e o Programa Escola de Tempo Integral, além de ações de incentivo à leitura e escrita.

“O prefeito Angelo Perugini está revolucionando o sistema de ensino do município com a mudança na alimentação dos alunos e a ampliação do tempo de permanência deles na escola. Por meio do programa de Escola de Tempo Integral um novo conceito foi inserido nas escolas. Ao passo que aumentamos a carga horária dos alunos dentro das unidades de ensino, foi preciso mudar o número de refeições e a qualidade da merenda servida no ambiente educacional. Antes, eram 10 cardápios. Agora são 16, mais saudáveis e nutritivos”, disse o secretário. Moraes também convidou os secretários da região para conhecer a nova merenda escolar e as Escolas de Tempo Integral. 

HORTOLENDO E PROFESSOR ESCRITOR

Durante o encontro da Câmara Temática de Educação, Moraes também compartilhou com os secretários da região os projetos de incentivo à leitura e escrita realizados na rede municipal de ensino: a festa literária Hortolendo e o Prêmio Professor Escritor.

Sobre o Hortolendo, o secretário informou que o projeto faz parte do plano de governo de incentivo à leitura. O município investiu na compra de 80 mil livros para estimular as crianças, adolescentes e jovens a criar o hábito de ler.

Já o Prêmio Professor Escritor, realizado pela Academia Paulista de Letras com apoio da Prefeitura, Moraes disse que o projeto visa incentivar os professores da rede de ensino a se tornarem escritores de sua própria história. Os vencedores do concurso serão conhecidos na próxima terça-feira (28/11).

OUTRAS PAUTAS

Na pauta da Agemcamp, foram debatidos assuntos sobre o Conselho Nacional de Educação (Conae), Plano Municipal de Educação, planejamento para Câmara Temática para o ano de 2018 e projetos de melhorias para as creches no âmbito regional.

O Encontro da Câmara Temática de Educação tem como objetivo discutir os problemas de educação e buscar soluções que atendam o interesse dos municípios que integram a RMC.

A Câmara Temática da Educação é composta por Americana, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Sumaré, Valinhos, Morungaba e Vinhedo.

 

 

Artigo anteriorEstande Seja Digital estará na Praça da Neusa, nesta sexta-feira (24/11) Destaque
Próximo artigoPrefeitura entrega certificado a alunos do curso de Informática Básica