Solidariedade é a palavra da vez em Hortolândia. Os esforços para proteger a vida juntam-se com o desejo da população de ajudar o próximo. A campanha Conexão Solidária arrecadou 7.250 peças de roupas e calçados e 810 quilos de materiais. A mobilização ocorreu graças à parceria entre a Prefeitura e a EPTV. Entidades credenciadas junto ao Banco de Alimentos do município, órgão da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, já receberam as doações e comemoram a ajuda destinada a quem mais necessita.

“Com a doação de roupas que recebemos da Conexão Solidária, conseguimos beneficiar aproximadamente 80 famílias. Esta ação foi muito importante. Peço que quem puder continue nos ajudando. Toda ajuda faz bem às pessoas que precisam, principalmente em um momento delicado como o que estamos vivendo nesta pandemia do Coronavírus”, explica Maria Sônia Souza, assistente social no Núcleo Vinde a Mim, uma das associações que receberam parte da doação.

A força da doação

Além das roupas e calçados, as 10 associações sociais credenciadas, que cuidam de pessoas em vulnerabilidade social, também receberam aproximadamente 770 quilos de alimentos, 420 unidades de produtos de higiene e limpeza e 50 unidades de máscaras obtidos na Conexão Solidária. A iniciativa visa ajudar na prevenção e assistência a famílias em vulnerabilidades social, nesse período de quarentena para conter o avanço do novo Coronavírus.

“As doações de roupas e calçados chegaram a aproximadamente 30 pessoas em situação de rua que, durante a pandemia, estão recebendo assistência no Ginásio Poliesportivo Victor Savalla. Agradecemos esta ajuda e pedimos que as doações continuem”, comenta Victor Costa, presidente do Instituto Esperançar que recebeu os donativos por meio da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. A organização acolhe moradores de rua.

Conexão Solidária

A ação seguiu as orientações de segurança para que as pessoas não precisassem sair do carro para entregar os produtos doados. Todos os voluntários usaram máscaras e havia álcool gel disponível no local. De acordo com o portal G1, ao todo, juntas, as prefeituras participantes da região de Campinas (SP) arrecadaram 52,85 toneladas de alimentos, produtos de limpeza, roupas e mais 3.636 unidades de produtos de higiene.

“A pandemia da COVID-19 é uma novidade no mundo inteiro. Fomos a primeira Prefeitura da região a tomar as primeiras medidas de prevenção com a criação do Comitê de Combate ao Coronavírus. A partir desta equipe formada por profissionais técnicos, analisamos todas as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde), Ministério da Saúde do Brasil, Secretaria de Estado, além dos profissionais da área de atuação com conhecimentos específicos e embasamento científico para tomar cada medida que tem como principal objetivo, a proteção à vida. Estamos tomando todas as providências que estão ao nosso alcance para juntos, combatermos a epidemia com todas suas consequências. Por meio de mais esta ação, o governo soma esforços com a solidariedade de todos para juntos, vencermos esta batalha”, afirmou o prefeito Angelo Perugini.

Veja como realizar doações:

Funsol (Fundo Social de Solidariedade do Município de Hortolândia)

Fone: (19) 39651400 / Ramal: 8224

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorMais um trecho da avenida do Futuro é asfaltado
Próximo artigoA partir desta quinta-feira (07/05), população que aguarda atendimento na Caixa Federal do centro poderá se abrigar em tenda instalada pela Prefeitura