Connect with us

São Paulo

Polícia Militar inicia testes para compra de 1,3 mil fuzis

Publicado

em

A Polícia Militar iniciou na terça-feira (15), no Centro de Material Bélico, a fase de testes para a aquisição de 1,3 mil fuzis. O objetivo, além de modernizar o arsenal da instituição, é garantir aos policiais condições mais seguras e adequadas no combate à criminalidade e aumentar a percepção de segurança da população.

A compra, realizada por meio de processo licitatório internacional, contempla 1 mil unidades de fuzis calibre .7,62 e 300 unidades de fuzis calibre .5.56. Durante realização de pregão público para o fornecimento dos modelos, a italiana Beretta apresentou propostas com menor valor. A fabricante, porém, não entregou os modelos para avaliação dentro do período previsto no edital sendo, portanto, sucedida pela empresa belga FN Herstal.

A fabricante da Bélgica apresentou proposta de R$ 13.497,60 (€ 3.000) por cada unidade do fuzil calibre .7,62 modelo Scar-H, e uma proposta de R$ 12.220,91 (€ 2.711) por cada unidade do fuzil calibre .5.56 modelo Scar-L. Se os modelos forem aprovados na fase de testes, o investimento para a aquisição dos 1,3 mil novos fuzis será de R$ 17,1 milhões.

O modelo Scar-L, calibre .5.56, foi apresentado nessa terça-feira (15) no Centro de Material Bélico da Polícia Militar. Nesta quarta-feira (16), a fase de testes foi iniciada no estande de tiros da Academia de Polícia Militar do Barro Branco. Esta etapa terá duração de 10 dias, quando serão reproduzidas avaliações que constam na norma OTAN AC/225D/14. Trata-se de uma padronização de controle de qualidade internacional específica para as chamadas “armas leves”.

De acordo com o tenente-coronel Marco Valério, do Centro de Material Bélico da Polícia Militar, atender a estes critérios é fundamental para garantir maior segurança, qualidade e durabilidade na aquisição e no manuseio dos fuzis. Ao término dos 10 dias de testes com o modelo, terá início a fase de testes com os fuzis calibre .7,62.

Enquanto o fuzil .556 é mais leve e apropriado para operar em ambientes urbanos, o .7,62 dispara projéteis maiores e capazes de percorrer distâncias mais longas. Trata-se de uma arma de apoio, principalmente para os Batalhões de Choque e para os Baeps, unidades vocacionadas ao enfrentamento do crime organizado.

Programa de modernização

Essas aquisições fazem parte do Programa de Modernização das Armas, do Governo do Estado de São Paulo, que é responsável pela aquisição de 40 mil pistolas .40 e 1 mil armas de incapacitação neuro-muscular. Estão previstas ainda licitações para compra de 10 metralhadoras leves, 1 mil submetralhadoras, 4 mil coletes de proteção balística, dois fuzis de precisão (sniper) e munições, tanto para os fuzis de precisão quanto para calibre .12. A aquisição faz parte de um pacote de investimento de R$ 108,9 milhões

“Estamos adquirindo ferramentas de trabalho. Isso é um respeito ao profissional que passa a ter melhores condições de trabalho”, disse o Secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, durante a cerimônia de assinatura de compra de 40 mil pistolas semiautomáticas, na segunda-feira (14).

A modernização do arsenal das forças públicas de segurança do Estado de São Paulo vem de encontro à necessidade de melhorar ainda mais as condições de enfrentamento ao crime. Apenas neste ano de 2019, até o mês de julho, mais de 7 mil armas de fogo haviam sido apreendidas e retiradas de circulação em todo o Estado. Deste total, 156 eram fuzis que estavam em poder de criminosos.

“Esta política de segurança objetiva que a Polícia Militar do Estado de São Paulo seja uma referência internacional tanto na adoção de boas práticas quanto na qualidade de seus equipamentos”, diz o tenente-coronel Marco Valério.

São Paulo

Poupatempo realiza neste sábado (29) mutirão para renovação de CNH

Publicado

em

cnh

O Poupatempo promove, neste sábado (29), o último mutirão do mês para renovação de CNH. Serão destinadas cerca de 10 mil vagas para ação, que acontecerá de forma presencial em todos os postos de atendimento do programa. A grade de agendamento será liberada a partir desta quarta-feira (26).

Com a retomada do calendário de vencimento das habilitações, suspenso pelo Governo Federal durante o período mais crítico da pandemia, os documentos vencidos nos meses de maio e junho de 2020 precisam ser renovados até o dia 31 de janeiro. Nos dois sábados anteriores, dias 15 e 22, o Poupatempo registrou mais de oito mil atendimentos em todo o estado.

Importante ressaltar que o serviço presencial será oferecido no horário habitual de cada unidade, mediante agendamento prévio, que deve ser feito nos canais digitais de forma gratuita – pelo portal www.poupatempo.sp.gov.br, aplicativo Poupatempo Digital e totens de autoatendimento. A prioridade é atender aqueles que estejam com a habilitação para vencer ainda neste mês e precisam realizar alterações no documento, como transferência interestadual, por exemplo.

A renovação simplificada pode ser feita preferencialmente pelos canais digitais do Poupatempo, além das plataformas eletrônicas do Detran.SP. Para isso, o motorista não precisa comparecer presencialmente em uma unidade, bastando seguir o passo a passo do atendimento online, realizar o exame médico na clínica indicada durante o processo e o novo documento chegará ao endereço de cadastro, pelos Correios.

Em 2021, cerca de sete milhões de cidadãos deram entrada ao processo de renovação da habilitação no Poupatempo. Desse total, 4,5 milhões de solicitações (65%), foram realizadas de forma online, pelo site e aplicativo.

Vale lembrar que motoristas que tenham CNH nas categorias C, D ou E precisam realizar o exame toxicológico em laboratório credenciado pela Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) com antecedência, pois o laudo poderá ser solicitado durante o exame médico. O exame é válido por dois anos e meio para menores de 70 anos e tem a mesma validade da CNH para maiores de 70 anos. Outra opção é o motorista solicitar o rebaixamento de categoria, o que também pode ser feito pelos canais digitais, inclusive durante o processo de renovação simplificada.

Desde a reabertura das unidades, após o período mais crítico da pandemia, o Poupatempo atende de forma presencial apenas os serviços que ainda não estão disponíveis nas plataformas digitais, como a primeira via do RG, transferência interestadual e alteração nas características do veículo, por exemplo, sempre mediante agendamento prévio. O programa mantém ainda protocolos sanitários para a segurança de colaboradores e da população.

As demais opções, além da própria renovação simplificada de CNH, como licenciamento de veículos, consulta de IPVA, Atestado de Antecedentes Criminais, Carteira de Trabalho Digital, seguro-desemprego, Carteira de vacinação digital da Covid-19, entre outras, estão disponíveis nos canais eletrônicos do Poupatempo. Atualmente, quase 190 serviços podem ser acessados pelo portal, app e totens de autoatendimento do Poupatempo.

Renovação da CNH

Para renovar a CNH, basta acessar o portal www.poupatempo.sp.gov.br ou aplicativo Poupatempo Digital, clicar em Serviços > CNH > Renovação de CNH. Após confirmar ou atualizar os dados, o motorista agenda e realiza o exame médico na clínica credenciada indicada pelo sistema.

Quem exerce atividade remunerada ou optar pela inclusão do EAR na CNH, precisa passar também pela avaliação psicológica e será direcionado a um profissional credenciado.

Se for aprovado nos exames, é necessário pagar a taxa de emissão e aguardar as orientações que serão enviadas por e-mail pela Senatran para acessar a CNH Digital, que tem a mesma validade do documento físico, disponível no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). O código de segurança para acessar a CNH digital também pode ser consultado pelos canais eletrônicos do Poupatempo.

Para evitar deslocamentos e proporcionar mais conforto e comodidade, o cidadão irá receber a CNH física, pelos Correios, no endereço indicado pelo motorista.

Calendário com os novos prazos de CNH:

Mês/Ano de Vencimento Prazo Máximo 
Maio/2020 Junho/2020 Janeiro/2022 
Julho/2020 Agosto/2020 Fevereiro/2022 
Setembro/2020 Outubro/2020 Março/2022 
Novembro/2020 Dezembro/2020 Abril/2022 
Janeiro/2021 Fevereiro/2021 Maio/2022 
Março/2021 Abril/2021 Junho/2022 
Maio/2021 Junho/2021 Julho/2022 
Julho/2021 Agosto/2021 Agosto/2022 
Setembro/2021 Outubro/2021 Setembro/2022 
Novembro/2021 Dezembro/2021 Outubro/2022 
Janeiro/2022 Fevereiro/2022 Novembro/2022 
Março/2022 Abril/2022 Dezembro/2022 
Maio/2022 Janeiro/2023 Janeiro/2023 
Junho/2022 Fevereiro/2023 Fevereiro/2023 
Julho/2022 Março/2023 Março/2023 
Agosto/2022 Abril/2023 Abril/2023 
Setembro/2022 Maio/2023 Maio/2023 
Outubro/2022 Junho/2023 Junho/2023 
Novembro/2022 Julho/2023 Julho/2023 
Dezembro/2022 Agosto/2023 Agosto/2023 
Continue Lendo

São Paulo

Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias é notificada pelo Procon

Publicado

em

procon

Tendo em vista o crescente número de relatos de consumidores divulgados na mídia, com dificuldades para agendamento e realização de testes de Covid, o Procon-SP notificou a Abrafarma – Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias solicitando esclarecimentos.

A associação afirmou ao Procon-SP que não há falta de testes nas farmácias que, no momento, apenas uma rede associada está com dificuldade para a realização dos mesmos em razão da grande demanda que teve na última semana, atrelado ao recesso da indústria, que não contava com essa explosão de casos e que, a situação já está sendo resolvida na medida em que a indústria retomou suas operações. Ainda segundo a ABRAFARMA, o prazo médio para o agendamento é de 24 horas em algumas regiões podendo chegar até 48 horas.

A resposta da Abrafarma será encaminhada à diretoria de fiscalização para auxiliar no trabalho que já está sendo realizado na “Operação teste Covid-19 sem abusos”.

Continue Lendo

São Paulo

Com investimento de mais de R$ 500 milhões, em Lençóis Paulista (SP), nova usina produzirá energia a partir de biomassa

Publicado

em

biomassa

Empreendimento sustentável conta com apoio da InvestSP, usará diferentes tipos de insumos e deve gerar 1,5 mil empregos

A cidade de Lençóis Paulista, na região central do estado, a 286 km da capital, passará a abrigar uma nova usina para a geração de energia limpa e sustentável a partir de biomassa. Ela será construída pelo grupo IBS Energy, que venceu o 1º leilão de reserva de capacidade e potência realizado no Brasil, coordenado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), e fechou um contrato de 15 anos. Trata-se do único empreendimento de “energia verde” entre os vencedores do leilão.

O investimento previsto é de mais de meio bilhão de reais. O empreendimento ainda deve criar cerca de 1,5 mil empregos diretos e indiretos, quando se considera as etapas de construção e operação, e contribuir para a geração de renda na região.

O projeto conta com assessoria da InvestSP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade) nas áreas ambiental, com suporte no processo junto à Cetesb, e de infraestrutura, no relacionamento e nos trâmites junto à CPFL Energia e à Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

“A InvestSP tem trabalhado para promover uma matriz energética mais limpa e sustentável e priorizado projetos que respeitem o meio ambiente. O apoio técnico da Agência e a ampla oferta de biomassa, seja da indústria ou do agronegócio, atraem investimentos como esse para São Paulo. Somado a outras iniciativas apoiadas pela InvestSP, como empreendimentos ‘carbono  zero’ e a ampliação do uso de energia solar, a usina vai contribuir para o crescimento da oferta de energia verde”, disse o presidente da InvestSP, Gustavo Junqueira.

A Termelétrica Cidade do Livro ganhou esse nome em alusão ao apelido do município de Lençóis Paulista e terá capacidade para produzir até 80 MW, o suficiente para abastecer uma cidade de um milhão de habitantes. A previsão de início das operações é o segundo semestre de 2024 e a energia gerada será disponibilizada na rede geral de distribuição.

Os principais insumos serão o bagaço e a palha da cana de açúcar, além do cavaco de madeira, ou seja, os pequenos pedaços resultantes do processo de trituração. Porém, a usina terá ainda flexibilidade para utilizar outros tipos de biomassa, como resíduos florestais, palha de milho e demais fontes oriundas da forte agroindústria da região.

Outro destaque com foco em sustentabilidade é que a unidade transformará a água de esgoto da cidade em água de reuso, para utilização no processo de refrigeração, o que ajudará a poupar recursos naturais. Sem falar que a energia gerada terá certificação I-REC, que comprova a origem renovável do processo, além do balanço positivo na pegada de carbono que o projeto apresenta.

A região de Lençóis Paulista foi escolhida por uma combinação de fatores: apoio da administração pública, acesso logístico, ampla oferta de biomassa, disponibilidade de água e infraestrutura para o escoamento de energia.

“O apoio do InvestSP é de grande importância para a UTE Cidade do Livro, um investimento que gera retorno social e econômico para a região. Esse será o primeiro de muitos outros projetos sustentáveis semelhantes que o Grupo IBS Energy pretende empreender. É um projeto dedicado à produção de energia e que traz diversas inovações em seus processos, sendo o primeiro projeto com essas características e escala no Brasil”, destaca o diretor Presidente do Grupo IBS Energy, Luiz Mello.

Sobre a InvestSP

A InvestSP, Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade, é a porta de entrada das empresas que pretendem se instalar ou expandir suas atividades no estado de São Paulo. A Agência fornece, gratuitamente, informações estratégicas que ajudam os investidores a encontrar os melhores locais para seus negócios, prestando assessoria ambiental, tributária e de infraestrutura, facilitando o relacionamento das empresas com instituições governamentais e concessionárias de serviços públicos. Sempre com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e a inovação em São Paulo.

Sobre a IBS

O Grupo IBS Energy, criado em 2002 e com sede no Brasil, é especializado no desenvolvimento e na implementação de soluções estruturadas em energia, independentemente de suas fontes. A IBS Energy possui mais de 200 unidades consumidoras sob gestão e gerencia 2,1 milhões de MWh por ano.

Continue Lendo

Populares