Na madrugada de quinta-feira, um homem de 56 anos bateu o carro em um poste após ser baleado, próximo ao presídio, no quilômetro três da Estrada Velha, que liga Campinas e Hortolândia.

O homem estava em um Fiesta preto, morreu no local e sua mulher foi socorrida em estado de choque e encaminhada ao hospital Mário Covas com ferimentos pelo corpo.

Os policiais observaram que o veículo estava com uma placa falsa de Curitiba (PR), e que o carro havia sido roubado em dezembro de 2018, em Itatiba (SP).

A vítima não tinha passagem pela polícia, mas estava sendo procurado pela Justiça sob alegação de não pagamento de pensão alimentícia.

A polícia já está atrás de informações sobre o que poderia ter motivado o crime, e a autoria dos disparos.

Por: Giovanna Grignoli