Connect with us

Policial

Carta do autor da chacina mostra o plano de matar a família

Publicado

em

Autor da tragédia do fim de ano em Campinas, que matou 12 pessoas da mesma família nos primeiros minutos de 2017 teria enviado para pelo menos doze pessoas uma carta com o plano de matar as 12 pessoas. O texto da carta do autor do crime mostra certo descontentamento com a família e com a realidade do país. Ele reclama dos impostos e a condição de um preso hoje.
“Não tenho medo de morrer ou ficar preso. Na verdade, já estou preso na angústia da injustiça, além do que, eu preso, vou ter 3 alimentações completas, banho de sol, salário, não precisarei acordar cedo pra ir trabalhar, vou ter representantes dos direitos humanos puxando meu saco, tbm não vou perder 5 meses do meu salário em impostos.”

Na carta ele cita sobre o filho e justifica a morte por já se considerar morto.

“Morto tbm já estou, pq não posso ficar contigo, ver vc crescer, desfrutar a vida contigo por causa de um sistema feminista e umas loucas. Filho tenha certeza que não será só nos dois quem vamos nos foder, vou levar o máximo de pessoas daquela família comigo, pra isso não acontecer mais com outro trabalhador honesto. Agora vão me chamar de louco, más quem é louco? Eu quem quero justiça ou ela que queria o filho só pra ela? Que ela fizesse inseminação artificial ou fosse trepar com um bandido que não gosta de filho.”

Ele encerra a carta pedindo para que as pessoas não rezem por ele, mas pelo filho e ainda deseja ser enterrado de cabeça para baixo.

Publicidade

“Aproveitando, peço aos amigos que sabem da minha descrença, que não rezem por mim. Se fazerem (sic) orações, façam por meu filho, ele sim irá precisar! Quero ser enterrado com a cabeça para baixo se garante (sic) que assim posso ir pro inferno buscar a velha vadia (que era até ministra de comunhão na igreja) que morreu antes da hora. Demorei pra matar ela pq me apaixonei por um anjo lindo!”

Publicidade

Policial

Tiros assustam clientes do Shopping Dom Pedro

Publicado

em

Na noite dessa sábado (25), de acordo com informações preliminares, uma tentativa de assalto em uma joalheria no Shopping Dom Pedro em Campinas, termina de troca de tiros.

De acordo com a assessoria de imprensa do Shopping Dom Pedro, os seguranças foram atingidos por tiros de raspão e não correm risco de morte.

Em Nota o Shopping diz: “Sobre a ocorrência no início desta noite, o Parque D. Pedro informa que os envolvidos fugiram após assalto e nenhum cliente ficou ferido. O shopping colabora com as investigações e reabrirá amanhã normalmente “

Continue Lendo

Policial

Policiais militares detém prendem homem após tentativa de furto em Hortolândia 

Publicado

em

Por

Policiais Militares da 3° Companhia prenderam em flagrante um homem por tentativa de furto na madrugada desta quarta-feira no Jardim Santa Clara do Lago, em Hortolândia

De acordo com a vítima, ao perceber que o caminhão estava sendo mexido por uma pessoa estranha, ligou para 190.

Diversas viaturas deslocaram ao local, e quando as equipes chegaram o indivíduo fugiu, mas foi localizado e detido dentro do quintal de uma residência a um quarteirão de onde estava cometendo o furto.

Os PMS ainda encontraram com ele uma chave mixa que usou para abrir o veículo, cartões bancários em nome de terceiros, além de outros objetos. 

Publicidade

A ocorrência foi apresentada no Plantão Policial de Hortolândia, e após o boletim de ocorrência o homem ficou à disposição da justiça. Segundo a polícia, ele já possui antecedentes criminais.

Continue Lendo

Policial

Atentado em Piracicaba: várias pessoas foram esfaqueadas

Publicado

em

policial

Três pessoas morreram e três ficaram feridas após um homem entrar em um ônibus na cidade de Piracicaba, no interior de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, as vítimas foram esfaqueadas. Entre os feridos, dois estão em estado grave.

O crime ocorreu dentro de um ônibus que passava pela Avenida Armando de Salles Oliveira, na tarde desta terça-feira (21). A avenida é uma das principais de Piracicaba. Segundo relatos, o ônibus havia acabado de sair de um terminal que fica no centro da cidade.

O agressor, que não foi identificado, tem 52 anos e foi preso. O caso está sendo investigado pelo 1º Distrito Policial.

A prefeitura municipal de Piracicaba informou que o homem estava no Terminal Central e embarcou na Linha 444, que seguia para o Terminal Vila Sônia. Assim que o ônibus entrou na avenida, ele iniciou os ataques. Uma viatura da Polícia Militar, que estava por perto, conseguiu abordar o ônibus a seis quarteirões do Terminal Central e o prendeu. O autor dos crimes é morador da cidade e não tinha passagem pela polícia.

Segundo a prefeitura, o agressor agiu sem motivação alguma.  “A prefeitura lamenta o ocorrido e se solidariza com as famílias das vítimas. A TUPI Transporte, empresa que opera o transporte coletivo de Piracicaba, acompanha o caso”, informou a administração municipal, em nota.

Publicidade

fonte ebc

Continue Lendo

Populares