Em maio de 2014 o nível do sistema cantareira era cerca de 25% e atualmente em maio de 2015 o nível é cerca de 19%, levando em consideração a chegada do inverno onde geralmente o clima é seco na região dos reservatórios do Cantareira, o uso da água do volume morto é a única solução, no médio prazo, para as torneiras da capital e região não secarem.

As chuvas de maio deste ano de 2015 precisam ser ao menos o bastante afim de que o nível do sistema cantareira chegue perto dos 25% de 2014. Com a forte chuva de domingo (10) chegou a ser 23,5 milímetros de água, quase toda a pluviometria acumulada no mês, que é de 30,3 mm. A média histórica para maio é de 78,2mm de chuvas. A chuva de domingo fez com que todos os outros sistemas de São Paulo registraram aumento. É o que revelam dados diários divulgados pela Sabesp.

Artigo anteriorConcerto gratuito celebra o Outono nesta quinta-feira (14)
Próximo artigoAna Carolina traz turnê de lançamento do seu novo CD e DVD para Americana