A parceria entre Prefeitura e Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) proporciona, diariamente, a realização de diversas ações em todas as regiões da cidade para que Hortolândia atinja 100% de coleta e tratamento do esgoto, além do  correto funcionamento do sistema da rede de águas pluviais. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, está em andamento a implantação da rede de esgoto nos bairros Chácara Recreio Alvorada, Chácaras Recreio 2000 e no Jardim Carmen Cristina.

Além deste serviço, desde o início desta semana, foram realizadas manutenções e fiscalização para o descarte regular dos dejetos no Jardim Terras de Santo Antonio, Jardim Campos Verdes e bairro Residencial João Luiz. Nos imóveis que possuíam redes irregulares de descarte de esgoto doméstico, os proprietários realizarão a regularização, sob pena de notificação e multa. Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, a fiscalização para evitar descarte irregular de esgoto doméstico nas redes de águas pluviais é constante e acontece, diariamente, em todos os bairros. A ação ajuda o meio ambiente, protegendo rios, lagoas, ribeirões e mananciais, além de prevenir o entupimento das redes, que trazem mau cheiro e podem causar infiltrações e erosões no solo, enchentes e alagamentos em dias de chuva.

O trabalho de fiscalização da Prefeitura nos sistemas de esgoto e águas pluviais contribuem para que o município atinja 100% de coleta e tratamento de esgoto. Atualmente, o índice de coleta é de aproximadamente 98% de cobertura, sendo que 100% do esgoto coletado já é tratado. “Pedimos a colaboração da população para nos ajudar a manter os sistemas com bom funcionamento. Não descarte resíduos irregularmente” pede o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

DESCARTE IRREGULAR É CRIME AMBIENTAL

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde, disponível para download gratuito, nas plataformas Google Play ou App Store. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.