A partir de agora, os moradores do Jd. Santiago contam com um local apropriado para o descarte correto de materiais reaproveitáveis. É o PEV-8 (Ponto de Entrega Voluntária de Entulho e outros materiais recicláveis), implantado pela Prefeitura de Hortolândia dentro da Administração Regional, localizada na Rua João Joaquim Calixto, 230 (antiga Rua Ceará). A cerimônia de implantação aconteceu na manhã desta quarta-feira (28/11) e contou com a presença do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, José Nazareno Zezé Gomes; da secretária-adjunta, Eliane Nascimento; do superintendente do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos), Valdemir Aparecido Ravagnani; de representantes da Cooperativa Águia de Ouro, da empresa Horto Ambiental e da comunidade.

Construído com recursos próprios, o equipamento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h. Na semana passada, equipes de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável percorreram o bairro, distribuindo folhetos, para orientar os moradores e esclarecer dúvidas sobre o funcionamento do PEV-8, ressaltando que tipos de materiais podem ser descartados lá.

“Este espaço será muito importante para jogarmos o lixo no local certo. Muitos moradores que jogam entulhos em terrenos e espaços que estão vazios irão se conscientizar quanto à destinação correta do lixo. Na minha casa, eu separo corretamente o lixo e, agora, terei um local certo para utilizar”, comemora Denilson dos Santos, desempregado, morador do bairro há 27 anos.

“Nós aprendemos na escola como separar o lixo e a importância de não jogar entulhos nos terrenos baldios. Agora com o PEV, vamos incentivar nossos pais a jogar o lixo no local correto”, afirma Midian Caroline, aluna do 5º ano B da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Dayla Cristina Souza de Amorim. 

Expansão da coleta seletiva

A fim de ampliar a coleta seletiva na cidade, a Administração Municipal anunciou a construção de mais três PEVs: um no Jd. Santa Esmeralda, um no Jd. Santa Emília e outro Jd. Nossa Senhora de Fátima. A ordem de serviço para o início das obras foi dada no último dia 14/11. Dois outros equipamentos estão em licitação: um no Jd. São Sebastião e outro no Jd. Nova Alvorada. A meta é, até o final da gestão Angelo Perugini, ter 20 PEVs implantados.

A iniciativa da Prefeitura de expandir a coleta seletiva no município foi saudada pelo Consimares. “Hortolândia é um exemplo de cidade a ser seguido, pois contribui muito para a sustentabilidade e o meio ambiente. Os PEVs ajudam muito para que possamos ter um ambiente mais saudável e conscientizar a população quanto a importância da destinação correta do lixo”, ressalta o superintendente do consórcio, Valdemir Ravagnani.

O que são PEVs

Os PEVs são espaços públicos, fechados e seguros, onde os moradores podem descartar, gratuitamente, resíduos recicláveis e reaproveitáveis, como entulhos de construção, isopor, plástico PET, sofás, colchões velhos, o chamado “lixo eletrônico”, dentre outros. Atualmente, a Prefeitura disponibiliza sete Pontos de Entrega Voluntária de Recicláveis. Os seis construídos com recursos da Caixa Federal funcionam de domingo a domingo, inclusive nos feriados, das 8h às 12h e das 13h às 18h. O implantado dentro do Aterro de Inertes, no Pq. Orestes Ôngaro, abre em horário comercial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h (veja endereços abaixo).

Nos PEVs não é permitido o descarte de lixo orgânico, resíduos industriais e provenientes dos serviços de saúde. No caso dos resíduos de construção, a quantidade de descarte é limitada a 1m³ por pessoa mensalmente (1.300kg, ou seja, cerca de 26 sacos de ráfia de 50kg ou o volume de uma caixa d’água de 1.000 litros).

Incentivo ao crescimento, com sustentabilidade

A ampliação do número de PEVs no município faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O PIC prevê mais de 100 obras e serviços, que serão realizados em todas as regiões da cidade. O Programa busca criar condições urbanas, ambientais, sociais e humanas para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Para realizar o programa, a Prefeitura viabilizou recursos financeiros de cerca de R$ 400 milhões por meio de parcerias com os governos estadual, federal e a com a iniciativa privada. 

Confira o endereço dos PEVs:

• PEV 1 – Auxiliadora

Rua Antônio João de Amorim, esquina com a Rua Sebastiana Oliveira da Silva

• PEV 2 – Adelaide

Rua Paulo Roberto Soares (Antiga 9), esquina com a Rua Benedito Macedo

• PEV 3 – Parque Gabriel

Avenida Joaquim Martarolli, 2005

• PEV 4 – Interlagos

Rua Rio Tapajós (Antiga Rua 5)

• PEV 5 – Vila Real

Rua Orlando Cavalcante, esquina com a Rua Joaquim Gregório de Moraes

• PEV 6 – Jardim Amanda

Rua Augusto dos Anjos, s/n

*PEV 7 – Orestes Ôngaro

Rua Rio Pardo (antiga Rua 13), 50, dentro do Aterro de Inertes 

*PEV 8 – Jd. Santiago

Rua João Joaquim Calixto, 230

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia