Neste sábado (07/03), moradores do Jd. Nossa Senhora de Fátima, na região do Jd. Rosolén, receberão a visita de agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses) para ações de eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypt, transmissor de doenças como a Dengue, Chikungunya e Zika. Das 8h às 13h, os agentes vão percorrer as ruas do bairro e conversar com os moradores sobre as medidas necessárias para evitar a proliferação destas doenças. Neste ano, Hortolândia registra 35 casos positivos de Dengue.

Para conscientizar a população sobre a importância de manter quintais e casas livres de objetos que possam acumular água, a Prefeitura de Hortolândia lançou, em 2017, o Programa Agenda Verde, ação que envolve diversas atividades, como mutirões, Cata Bagulho, plantio de árvores em terrenos antes usados para descarte de lixo, tudo com o objetivo de deixar a cidade mais limpa. Além de colaborar com a manutenção urbana, a Agenda Verde busca despertar na população o sentimento de parceria, uma vez que todos são responsáveis pela limpeza da cidade. A Prefeitura acredita que mobilizando as pessoas, será mais fácil resolver, em conjunto, questões ambientais que se tornam problemas de saúde pública.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o ciclo de vida dos Aedes, do ovo até a fase adulta, leva de 7 a 10 dias. Se a verificação dos criadouros for realizada uma vez por semana, é possível interromper o ciclo e evitar o nascimento de novos mosquitos. Com a campanha “10 minutos contra o mosquito”, o município explica como é possível em apenas 10 minutos, por semana, acabar com o ciclo de procriação do Aedes. O material está disponível nas unidades de saúde, é distribuído em escolas e também pode ser conferido no site da Prefeitura, no link http://www2.hortolandia.sp.gov.br/images/banners/Panfleto.pdf. No material informativo, há orientações para checar alguns itens dentro e fora de casa.

Confira as dicas:

•Mantenha bem tampados tonéis, barris e caixas d’água.

•Encha os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda.

•Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e bebedouros de animais, lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana.

•Pneus devem ser guardados em locais cobertos.

•Lonas usadas para cobrir objetos ou entulhos devem ser bem esticadas para evitar poças de água.

•Garrafas devem ficar com a boca virada para baixo.

•Proteger os ralos com tela e verificar se estão limpos.

•Faça sempre a manutenção de piscinas ou fontes utilizando os produtos químicos apropriados.

•Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas.

•Plantas do tipo suculentas também podem acumular água. A orientação é virar a planta para retirar a água.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia