As ruas Maria Bernardes, no cruzamento com a Euclides Pires de Assis, e Francisco Castilho, no cruzamento com a João Blumer, no Remanso Campineiro, serão fechadas nas primeiras horas desta sexta-feira (13/03). A ação é necessária para que equipes da Prefeitura retirem, com segurança, três eucaliptos de aproximadamente 15 metros de altura, que estão condenados e poderiam tombar sobre imóveis do entorno, segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Após a tempestade do último final de semana, técnicos ambientais verificaram que as árvores estão com raízes podres e infestadas por cupins, oferecendo risco de queda, em dias de vento e chuva forte.

A medida visa prevenir acidentes. Na região, além da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e de Ensino Fundamental) Profa. Zenaide Ferreira de Lira Seorlin, existem dois órgãos municipais por onde circulam diariamente muitas pessoas: o Centro de Formação dos Profissionais em Educação “Paulo Freire” e o Centro de Convivência da Melhor Idade.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, os pedestres e motoristas que trafegam pela região devem redobrar a atenção nesta sexta-feira. Quem passa pelo local e precisa ir até o Centro, deve entrar na rua Euclides Pires de Assis e acessar a rua João Blumer até chegar à Luiz Camilo de Camargo. 

MELHORIAS NA REGIÃO

O jardim localizado em frente à Emeief Zenaide Ferreira de Lira Seorlim está sendo embelezado. O espaço recebe limpeza e serviços de paisagismo. 

“O local receberá o plantio de grama e flores.Vamos deixar a entrada da escola mais bonita, com um novo aspecto visual, mais limpo, sem mato alto”, explica o coordenador de parques e jardins do Departamento de Serviços Urbanos, Reginaldo Aparecido Pinto.

Além do jardim em frente à escola, a Prefeitura também realiza melhorias no espaço conhecido como “Praça do Bambino”, que fica próximo da unidade de ensino. A primeira mudança foi a troca de seis bancos. No lugar dos antigos, foram instalados novos assentos de concreto com suporte de madeira, embaixo das árvores. Em breve, eles receberão pintura. A ideia é que os pais possam esperar os filhos saírem do colégio em recantos confortáveis, à sombra das árvores. A medida visa tornar o local ponto de encontro das famílias.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia