A obra do cineasta Héctor Babenco (1946-2016) continua em destaque no projeto online “Bate-Papo de Cinema”, promovido pelo Ponto MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Prefeitura de Hortolândia. Nesta semana a atração é o filme “Carandiru”. Para assisti-lo, o público deve fazer inscrição por meio deste LINK. O filme ficará disponível até este sábado (15/05). A classificação indicativa do filme é de 16 anos.

Ainda no sábado, o projeto realizará debate online sobre o longa-metragem. Participam do debate o médico Drauzio Varella, autor do livro “Estação Carandiru”, no qual o filme é baseado, e a cineclubista do projeto do governo estadual Circuito Spcine, Keila Pereira. O bate-papo terá mediação da cineasta e roteirista Giuliana Monteiro. O debate será transmitido ao vivo, às 18h, no canal do YouTube do Ponto MIS. 

Uma das obras mais impactantes da carreira de Héctor Babenco, “Carandiru” é baseado no livro do médico Drauzio Varella. O filme conta a história de um médico que se oferece para fazer trabalho de prevenção à AIDS entre os detentos do presídio Carandiru, na cidade de São Paulo. O filme também aborda o massacre de 1992, que ficou conhecido como “Massacre do Carandiru”, em que a polícia militar matou 111 presidiários para conter uma rebelião. O elenco conta com os atores Luiz Carlos Vasconcellos no papel do médico Drauzio Varella, Rodrigo Santoro, Wagner Moura, Lázaro Ramos, Milton Gonçalves, Gero Camilo, Maria Luísa Mendonça e Rita Cadillac. “Carandiru” foi indicado ao prêmio de melhor filme no prestigiado festival de Cannes.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia