O Plano Municipal de Educação Ambiental (PMEA) de Campinas foi o tema do encontro realizado no Paço Municipal nesta quarta-feira, 4 de fevereiro, entre técnicos do Núcleo de Educação Ambiental da Prefeitura de Hortolândia com os membros da Coordenadoria Setorial de Projetos e Educação Ambiental da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) de Campinas.

O PMEA de Campinas foi instituído em 2017 pela Lei nº 15.440 e, desde então, outros municípios têm buscado conhecer melhor os trâmites para criação e implementação do projeto. Além de Hortolândia, Piracicaba, Vinhedo e Maringá (PR) buscaram pelo compartilhamento da experiência campineira.

“Campinas ocupa uma posição de referência em políticas públicas para a Educação Ambiental, reforçada pelo fato de ser um dos poucos municípios com mais de 1 milhão de habitantes com um Plano Municipal de Educação Ambiental”, afirma a coordenadora Setorial de Projetos e Educação Ambiental (CPEAO) da SVDS, Dominique Missio Faria.

Plano coletivo

O processo de construção do plano foi coletivo e contou com a participação de várias entidades públicas e privadas, e do munícipe em geral. Foram realizadas 13 oficinas participativas em todas as regiões da cidade; palestras; consulta pública virtual (com mais de 300 contribuições); além de audiência pública. Antes da realização da audiência, os três volumes (Diagnóstico de Pesquisa; Plano com Programas e Metas; Caderno de Subsídios) do PMEA foram disponibilizados na internet para acesso pelos interessados.

Contatos com a Coordenadoria de Projetos e Educação Ambiental da SVDS podem ser feitos por meio do telefone (19) 2116- 8484.

Fonte: Prefeitura de Campinas