Feijão faz parte do prato da maioria dos brasileiros e é o primeiro a despertar saudade no caso de quem visita um país do exterior.

De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira (BRASIL, 2005) recomenda a ingestão de, pelo menos, uma porção diária de feijão ou outra leguminosa, como ervilha seca, lentilha e soja. A boa reputação deve-se à grande quantidade de nutrientes que o alimento possui, o feijão é fonte de minerais e proteinas.

Então porque o feijão é inimigo das dietas para os frequentadores de academia? Muito simples! Segundo Leandro Twin, o Fisiculturistas não comem feijão por 2 motivos principais:

1 – MUITO fibroso.
2 – MUITO baixo índice glicêmico.

Ou seja, o primeiro caso é o excesso de fibras, como eles tem que comer bastante calorias, se comerem muito feijão, ingerem muita fibra e isso vai da muita diarreia.

No segundo é que o feijão gera tanta saciedade, mas tanta saciedade, que atrapalha os caras que tem que comer 7000+ calorias.

Logo eles preferem carbos de médio-alto ig e não fibroso. Batata inglesa, batata doce, arroz branco, macarrão comum, banana, etc.

Mas Leandro, por que eu vejo não-fisiculturistas e eles não comem feijão? Tem 2 motivos: ou por que não gostam ou por que copiam os profissionais, mas copiam sem fundamento, sem pesquisar por quê.

PS: Sim, o feijão também deixa a barriga estufada, mas isso é normal dele, ele não engorda (não nas quantias certas pra vc), estufa a barriga por que tem a digestão mais demorada.

Artigo anteriorNova via de acesso ao Pronto Socorro do Hospital Municipal recebe sinalização
Próximo artigoCampanha de aniversário da Rede de Supermercado Pague Menos terá R$ 700 mil em prêmios