A partir desta segunda-feira, 21, até 22 de setembro, as temperaturas ficarão mais baixas, o tempo mais seco, a alta concentração de poluentes e as frentes frias mais frequentes. A chegada do inverno traz um cenário que convida a tirar do armário os casacos e redobrar os cuidados com a saúde para encarar a estação mais fria do ano.

Serão mais de dois meses de olho nos termômetros e investindo em uma rotina continua de atenção com a imunidade para não ser pego desprevenido e evitar nariz congestionado, coriza, dor de garganta, tosse, febre e as dores pelo corpo que costumam chegar sem serem convidados. “É o momento mais oportuno do ano para trazer à tona aquele velho ditado: prevenir é melhor que remediar”, destaca a médica pediatra do Grupo Sabin, Dra. Talita Cordeschi Corrêa.

A especialista reitera ainda uma preocupação a mais com a queda das temperaturas. “Estamos no meio de uma pandemia e não podemos relaxar com os hábitos de higiene e saúde que já fazem parte do nosso dia a dia. Agora, é fundamental reforçar ainda mais esses cuidados, principalmente com os pequeninos, que estão entre os mais suscetíveis aos vírus circulantes e doenças típicas do inverno”.

Grande vilã da saúde, a gripe é uma das mais comuns e atinge pessoas de todas as idades, mas crianças e idosos os principais alvos “devido à imunidade mais baixa e, em muitos casos, sistema respiratório fragilizado”, explica a médica. que reforça a importância de se prevenir de e adotar hábitos dentro de casa, como investir em uma alimentação mais rica e com mais nutrientes e beber muita água. A médica detalha ainda que gripe e resfriado são infecções transmitidas por via respiratória, mas são doenças distintas. “Alguns sintomas são semelhantes, mas o resfriado não é provocado pelo vírus influenza, os sintomas são mais leves e passam em poucos dias”.

Otites, asma, amigdalites, sinusites, pneumonias também figuram na lista de doenças comuns do período e que podem ser causadas ou agravadas por bactérias ou vírus. A especialista destaca que algumas medidas simples de higiene como cobrir a boca ao espirrar ou tossir, manter as mãos sempre limpas e evitar ambientes fechados, são importantes formas de se prevenir contra os males provocados por esses vírus e aponta ainda uma prática de fácil aplicação: limpeza nasal com soro fisiológico. “Esse cuidado auxilia para evitar o acúmulo de secreção nas vias aéreas superiores e consequente complicação das doenças virais. Esse soro nasal umidifica as vias aéreas e por limpar o excesso de secreções dificulta a proliferação do vírus e de bactérias”, explica.

Além disso, outro aliado fundamental da saúde de crianças, jovens, adultos e idosos é a vacinação. Disponível nas redes pública e privada, a vacina contra a o vírus influenza, causador da gripe age estimulando o organismo a desenvolver proteção própria. Oferecida no portfólio do Grupo Sabin, ela é quadrivalente, protegendo quatro tipos de vírus da gripe – dois subtipos de influenza A (H1N1 e H3N2, conhecido com sazonal) e duas linhagens de influenza B. As doses podem ser adquiridas plataforma e-commerce do Sabin e, em São Paulo, as vacinas podem ser encontradas na cidade de São José dos Campos, que também conta com uma equipe exclusiva para coleta in company.

Vacina é proteção, prevenção e cuidado para toda a família

O Grupo Sabin possui em seu portfólio o serviço de imunização, que conta com 24 unidades, oferecendo um portfólio de mais de 30 vacinas para todas as idades. Além disso, investe continuamente na atualização de suas equipes de imunização, que são treinadas para promover um atendimento em toda a jornada do paciente, desde avaliação cartão vacinal, passando pela aplicação da vacina e até acompanhamento pós-vacina.

Outro diferencial é a oferta do serviço de Atendimento Móvel, que realiza exames e vacinas no local de preferência do paciente, com agilidade e segurança. Os profissionais atendimento passaram por capacitações, receberam reforços de Equipamentos de Proteção Individual, além de estruturar processos para garantir a melhor a experiência do cliente.

São práticas que chancelam o Sabin como referência em imunização e reconhecidas pelo Programa de Acreditação de Serviços Privados de Imunização Humana (SPIH) da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), que atesta a excelência dos seus profissionais, instalações, organização administrativa e funcional.

*Dra. Talita Cordeschi Correa é médica endocrinologista pediátrica, formada pela USP – HCFMUSP, com certificações da Sociedade Brasileira de Pediatria e Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Artigo anteriorOxigênio, scifi francesa na Netflix
Próximo artigoParque D. Pedro Shopping inaugura duas novas operações para o público