Outros

Toyota Hilux Elétrica: 10 detalhes incríveis do novo modelo

A Toyota Hilux Elétrica está gerando grande expectativa no mercado automotivo. Portanto, vale a pena conferirmos diversos detalhes impressionantes sobre este novo modelo. Tecnologia, inovação e autonomia gigantesca em apenas um veículo.

10 detalhes incríveis da Toyota Hilux Elétrica

Testes

A Toyota afirmou que a nova Hilux elétrica será testada em áreas turísticas da Tailândia, um dos maiores mercados globais de picapes, onde modelos como a própria Hilux, Isuzu D-Max, Ford Ranger e Mitsubishi L200 são produzidos.

Autonomia:

Espera-se que a Hilux elétrica tenha um alcance de cerca de 200 km com uma carga completa, uma autonomia adequada para diversas aplicações urbanas e rurais.

Peso e capacidade de carga:

A marca está preocupada com o peso total do veículo. Maiores autonomias exigem baterias maiores, o que aumenta o peso e pode reduzir a capacidade de carga da picape.

Nova geração:

Inicialmente prevista para 2024, a nova geração da Hilux foi adiada para 2025 ou 2026 e contará com versões híbridas e elétricas, o que sugere que a nova Hilux elétrica será baseada nesta futura geração.

Elementos do Toyota Hilux Revo BEV:

Caso utilize a base da geração atual, a futura Hilux elétrica deve incorporar elementos do conceito Toyota Hilux Revo BEV, apresentado em 2022, incluindo uma grade dianteira aerodinâmica e na cor da carroceria.

Toyota Hilux Elétrica

Motor do Toyota BZ4x:

Especula-se que a Hilux elétrica possa ser equipada com o motor do SUV Toyota BZ4x, que oferece 200 cv de potência e tração 4×4, garantindo um desempenho robusto.

Bateria de maior alcance:

Há rumores de que a Hilux elétrica pode ter uma bateria com capacidade de até 230 km de alcance, proporcionando mais flexibilidade e eficiência para os usuários.

Lançamento no mercado tailandês:

O lançamento do novo Toyota Hilux elétrico no mercado tailandês está previsto para meados de 2025, marcando uma nova era para a picape na região.

Sistema híbrido-leve:

Antes da chegada da versão elétrica, a Hilux vendida no Brasil deve receber em breve o sistema híbrido-leve, já disponível em alguns países da Ásia e da Europa, melhorando a eficiência de combustível.

Adaptação aos mercados locais:

A Toyota está atenta às necessidades dos mercados onde a Hilux é vendida, garantindo que a picape elétrica atenda às expectativas e exigências dos consumidores locais.

    Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

    Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98