13 de junho de 2024
Outros

Toyota do Brasil atinge novo recorde, confira:

corolla-cross

A Toyota do Brasil celebra um feito histórico em sua trajetória, alcançando um marco significativo nas exportações. Ao fechar o primeiro quadrimestre de 2024, a renomada fabricante registrou a exportação de mais de 700 mil veículos, marcando assim um dos melhores resultados em sua história desde que iniciou suas operações de exportação em 1999.

“Estamos extremamente orgulhosos de atingir essa marca histórica de mais de 700 mil veículos exportados ao longo desses 25 anos. Este é um testemunho do compromisso da Toyota com a excelência e a inovação. Essa conquista reflete nossa crença no potencial do Brasil e nossa determinação em continuar contribuindo para o crescimento econômico do país, fortalecendo simultaneamente a indústria automotiva”, destacou Evandro Maggio, presidente da Toyota do Brasil.

Com números impressionantes e um histórico de sucesso, a Toyota solidificou sua posição como a principal exportadora de veículos do Brasil, desempenhando um papel crucial na economia nacional e demonstrando a força de sua marca tanto no mercado doméstico quanto no internacional. A qualidade dos produtos, a competitividade, a eficiência logística e a imagem positiva da marca têm sido fatores essenciais para esse desempenho excepcional.

Entre os anos de maior destaque estão 2019, com 100 mil unidades exportadas, 2018 com 90 mil, 2014 com 83 mil e um novo recorde em 2023, após os anos de desafios impostos pela pandemia, com o envio de 82.419 unidades para o exterior.

Desde o início da série histórica em 2013, diversos fatores contribuíram para que a Toyota alcançasse a liderança nas exportações. José Ricardo Gomes, diretor comercial da companhia, ressalta que “foram realizados investimentos estratégicos nos mercados regionais, ampliando o portfólio de produtos, especialmente com modelos adaptados à realidade da América Latina, como o Etios, Yaris e o Corolla Cross”.

A partir de 2013, a Toyota iniciou um intenso movimento de exportação do Etios, principalmente para a Argentina. Em 2018, deu-se início à produção do Yaris nas versões hatchback e sedã. Já em 2019, a empresa reafirmou sua liderança com o lançamento do primeiro veículo híbrido flex do mundo, o Corolla Sedã, fabricado exclusivamente no Brasil.

Em 2021, a Toyota elevou ainda mais o patamar ao apresentar o Corolla Cross, o primeiro SUV híbrido flex do mercado. Este lançamento não apenas reforçou seu compromisso com a sustentabilidade, mas também abriu as portas para uma nova era de exportações, atendendo a mais de 22 países da América Latina e do Caribe.

Após um período desafiador devido à pandemia, a Toyota retomou seu ritmo de crescimento e bateu recordes em 2023. Segundo dados da Anfavea, a fabricante deteve a maior fatia do mix de embarques do setor, alcançando uma participação de 22% nas exportações no ano passado.

O sucesso das exportações foi impulsionado pelo Corolla Cross, que representou mais de um terço do total de exportações da marca, com 31,7 mil unidades. Os modelos Etios, Corolla e Yaris também desempenharam um papel fundamental, com um embarque combinado de 28,6 mil unidades.

Combinando todas as produções das unidades da Toyota em São Paulo (Indaiatuba, Porto Feliz e Sorocaba), foram fabricados um total de 212.385 veículos em 2023, dos quais 40% foram destinados à exportação. Com esse volume expressivo, a Toyota mantém sua posição de liderança entre as montadoras que mais exportam no país.

Texto: Sérgio Dias

Foto: Divulgação

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98