13 de junho de 2024
Economia

Descubra quanto rende R$1 milhão no CDB e na Poupança

dinheiro

Se você tivesse R$1 milhão em mãos, qual seria a melhor opção de investimento? Uma alternativa interessante é aplicar esse dinheiro em Certificados de Depósito Bancário (CDBs).

No entanto, diante das diversas opções disponíveis no mercado, como escolher o CDB mais adequado ao seu perfil de investidor?

Neste artigo, apresentaremos cálculos que revelam o rendimento de R$1 milhão em diferentes modalidades de CDB e também compararemos esses rendimentos com os da caderneta de poupança.

Antes de entender quanto R$1 milhão rende no CDB, é importante compreender como funciona esse produto. O CDB, ou Certificado de Depósito Bancário, é um título emitido pelos bancos para obter recursos financeiros que financiem suas atividades. Em troca, o investidor empresta dinheiro à instituição financeira e, em contrapartida, recebe juros definidos no momento da aplicação. Existem três formas de rendimento em um CDB:

  1. Taxa prefixada, informada na aplicação.
  2. Percentual do CDI, que segue a taxa Selic.
  3. Prêmio sobre a inflação (IPCA + uma taxa prefixada).

O CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, é uma das principais taxas de referência para os CDBs e acompanha de perto a taxa Selic, a taxa básica de juros da economia. Ele é fundamental tanto para investimentos quanto para entender o cenário econômico do país.

Os CDBs também têm diferentes prazos de vencimento, com opções de retirada diária e prazos mais longos que geralmente oferecem taxas melhores. No entanto, prazos maiores e instituições financeiras com maior risco de crédito podem oferecer taxas mais altas, embora isso envolva um maior risco para o investidor. Vale ressaltar que os CDBs contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para valores de até R$250 mil por CPF e instituição financeira.

Agora, vamos aos cálculos para saber quanto rende R$1 milhão em diferentes modalidades de CDB, incluindo descontos de Imposto de Renda, juntamente com uma comparação dos rendimentos com a caderneta de poupança:

CDB 100% do CDI:

  • Após 1 mês: R$1.007.586,74 => 7.586,74
  • Após 6 meses: R$1.046.900,19
  • Após 1 ano: R$1.099.000
  • Após 2 anos: R$1.170.646,72
  • Após 3 anos: R$1.254.336,28
  • Após 5 anos: R$1.417.360,33

CDB 120% do CDI:

  • Após 1 mês: R$1.009.031,36 => 9.031,36
  • Após 6 meses: R$1.056.030,30
  • Após 1 ano: R$1.118.800
  • Após 2 anos: R$1.206.388,41
  • Após 3 anos: R$1.309.891,05
  • Após 5 anos: R$1.515.473,46

CDB IPCA + 7%:

  • Após 1 mês: R$1.009.244,03 => 9.244,03
  • Após 6 meses: R$1.057.182,82
  • Após 1 ano: R$1.121.311,63
  • Após 2 anos: R$1.244.636,73
  • Após 3 anos: R$1.378.185,15
  • Após 5 anos: R$1.682.016,62

CDB Prefixado 13%:

  • Após 1 mês: R$1.008.031,39 => 8.031,39
  • Após 6 meses: R$1.050.714,04
  • Após 1 ano: R$1.107.250
  • Após 2 anos: R$1.233.210,25
  • Após 3 anos: R$1.369.479,98
  • Após 5 anos: R$1.688.856,75

Poupança:

  • Após 1 mês: R$1.005.843,07 => 5.843,07
  • Após 6 meses: R$1.035.574,56
  • Após 1 ano: R$1.072.414,68
  • Após 2 anos: R$1.127.206,89
  • Após 3 anos: R$1.196.755,56
  • Após 5 anos: R$1.348.991,11

Lembrando que a poupança remunera 70% da Selic quando a taxa de juros fica abaixo de 8,5% ao ano e 0,5% ao mês mais Taxa Referencial quando a Selic está acima de 8,5% ao ano, como é o caso no período da simulação. Os valores calculados já consideram o desconto do Imposto de Renda.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98