Connect with us

Culinária

Inove no Panetone e aqueça as vendas de Natal

Publicado

em

Com a proximidade dos festejos de final de ano e a receita adicional no orçamento, existe uma forte tendência de diversificação no consumo de alimentos. As padarias oferecem produtos sazonais, buscando atrair uma parcela dessa receita com seus panetones, bolos e pães especiais. E o Natal de 2019 promete! De acordo com pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC), os gastos das famílias brasileiras com a ceia de Natal devem crescer cerca de 4% em relação a 2018. O Panetone, é claro, será um dos alimentos principais da comemoração.

O pão que é símbolo do Natal é uma receita de origem milanesa, criada no Noroeste da Itália e que basicamente leva farinha de trigo, fermento biológico fresco, água e os complementos que a imaginação do padeiro criar, além das tradicionais uvas passas e frutas cristalizadas. Mas o consumidor busca cada vez mais um produto com características diferenciadas para ofertar como presente nas festas e no amigo secreto.

Padeiros e transformadores devem ficar de olho nessas tendências e na qualidade dos ingredientes, especialmente no tipo de farinha, ingrediente responsável pela formação da estrutura da massa. A escolha de uma farinha de trigo com bastante glúten e rica em proteínas fará a diferença na qualidade do produto, que pode ser manuseado de diferentes formas e tempos de fermentação, gerando características específicas.

Além de ingredientes de qualidade, é necessário colocar a criatividade para funcionar. Com a busca constante do consumidor por produtos diferenciados e inovadores, o consumo do tradicional Panetone com uva passas e frutas cristalizadas deu lugar aos trufados, caramelizados, com diversos tipos de chocolates, como o belga, bem-casado, churros, brigadeiro, light, diet e por aí vai. Até o Chocotone, que deu início a essa inovação, teve de se reinventar para atender à demanda do novo consumidor.

Outra grande novidade são os Panetones salgados, largamente ofertados no mercado. Os empreendedores buscam, também, uma oportunidade nessa onda de consumo, fabricando Panetones caseiros com fermentação natural, procurando agregar sabor diferenciado como principal atributo de consumo.

A massa madre, ou fermentação natural, é uma mistura de farinha de trigo e água que permite manter vivos os microrganismos do fermento, por meio de lactobacilos e leveduras presentes naturalmente no ambiente. Atualmente essa técnica está sendo muito procurada, não só por profissionais empreendedores, como por grandes indústrias de panificação, com o objetivo de valorizar o produto, oferecendo característica rústica. A indústria dos Panetones não poderia ficar de fora dessa tendência.

A tradição por meio do alimento e de produtos à base de farinha de trigo não é uma exclusividade do Panetone que brilha nas mesas de Natal. No Brasil, encontramos uma diversidade de sabores de produtos sazonais e regionais. No Sul do País, devido à imigração italiana, o consumo do Panetone se prolonga durante todo o ano. Outro hábito da região, trazido pelos alemães, é o consumo da cuca, uma massa coberta por uma farofa crocante com farinha de trigo, manteiga, ovos e açúcar. E esse quitute tão tradicional também tem recebido inovações, como as cucas salgadas, com frutas, chocolate, coco e por aí vai.

E, independente da região, o maior símbolo dos pães brasileiros e, o que gera o maior fluxo de clientes em qualquer padaria do Brasil, pode ser pedido de várias formas ou apelidos ao redor do país; pão jacó, pão de sal, massa grossa, cacetinho, pão de trigo, carioquinha, pão careca, média, pão d’agua.

Em cada estado, o pão francês, tem formatos e texturas diferentes, uma mistura de uma boa farinha de trigo, água, sal e fermento contribuem de forma significativa para a alegria na mesa dos brasileiros.

O que você está esperando então para colocar a mão na massa e criar, a cada dia, um produto com farinha de trigo diferente e inovador, com a cara do seu negócio e que tenha tudo para engordar o caixa?

Para te inspirar, aprenda duas receitas diferentes de Panetone da Finna, marca de farinhas e misturas para bolo da M. Dias Branco.

Como fazer Panetone Recheado com Doce de Leite

Ingredientes:

½ xícara de chá de Farinha de Trigo Finna Tipo I (sem fermento)

½ pacote de fermento biológico seco

½ xícara de chá de água morna

1 colher de sopa de açúcar refinado

2 ovos inteiros

1 xícara de leite integral

2 colheres de sopa de essência de Panetone

1 ½ colheres de sopa de Margarina Puro Sabor

½ pacote de Farinha de Trigo Finna Tipo I (sem fermento)

10 colheres de sopa de açúcar refinado

1 pitada de sal

1 ½ xícaras de frutas cristalizadas e uvas passas

2 ½ xícaras de doce de leite

Damascos, uvas passas e açúcar confeiteiro para decorar

Modo de Preparo

1.       Faça uma esponja com a farinha de trigo, fermento, água morna e açúcar. Misture, cubra e deixe descansar por 20 minutos até crescer.

2.       Em uma tigela misture: ovos, leite, essência e margarina. Adicione a esponja nessa mistura de líquidos.

3.       Em outra tigela coloque a farinha de trigo, o açúcar e o sal. Adicione a mistura líquida e com a ajuda de uma espátula misture até virar uma massa homogênea, a consistência é de uma massa grudenta.

4.       Misture a massa as frutas cristalizadas e as uvas passas. Coloque a massa dentro da forma de Panetone e leve para crescer por aproximadamente 45 minutos. Asse no forno a 200 ºC até que a superfície esteja dourada.

5.       Com o Panetone já frio e fora da forma, faça dois cortes criando 3 camadas. Recheie e cubra com o doce de leite. Decore com damascos picados e uvas passas. Polvilhe açúcar confeiteiro.

Dica: Para fazer um Panetone Vulcão, faça um corte por cima, tirando o topo e depois o centro, formando um buraco, reserve. Recheio o Panetone como preferir, pode ser brigadeiro de colher ou uma ganache de chocolate mais líquida. Coloque o topo do Panetone, adicione uma cobertura por cima e confeitos.

Tempo de Preparo: 2h00

Panetone de Carne-Seca, Queijo Coalho e Pimentões

Panetone de Carne-Seca, Queijo Coalho e Pimentões

Ingredientes:

2 colheres de sopa de Farinha de Trigo Finna Tipo I (sem fermento)

1 xícara de chá de leite morno

1 pacote de fermento biológico seco

1 colher de sopa de sal

3 ovos e 4 gemas

1 xícara de chá de Margarina Puro Sabor

2 colheres de sopa de açúcar

5 xícaras de Farinha de Trigo Finna Tipo I (sem fermento)

2 xícaras de carne-seca desfiada

2 xícaras de queijo coalho ralado

1/2 xícara de pimentões picados

Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de Preparo

1.       Misture as duas colheres de farinha de trigo, o leite morno, o fermento e o sal, misture. Coloque um pano por cima e deixe descansar por 20 minutos para formar a esponja.

2.       Em uma tigela, adicione os ovos, as gemas, a margarina, o açúcar e a esponja. Coloque a farinha de trigo aos poucos, até obter uma massa homogênea e que solte das mãos. Deixe a massa descansar por 20 minutos em local abafado.

3.       Misture a carne-seca, o queijo coalho e os pimentões.

4.       Separe a massa em pequenas bolas e divida entre as formas de Panetone: deve preencher até a metade de cada forma.

5.       Polvilhe o queijo parmesão ralado por cima e deixe crescer novamente por 30 minutos.

6.       Asse em forno preaquecido a 200 ºC, por aproximadamente 30 minutos, ou até ficarem dourados em cima.

Tempo de Preparo: 2h00

Culinária

Dicas para a omelete ficar mais saborosa usando temperos

Publicado

em

Sabe aqueles dias que você está com pressa e sem muitas opções na geladeira? A omelete, prato que foi batizado na França, é um trunfo na cozinha, pois seu preparo é fácil, rápido, nutritivo e com poucos ingredientes é possível ter uma variedade de resultados. Especialista em temperos naturais e marca da General Mills, a Kitano mostra como dar um up na omelete colocando apenas umas pitadas de sabor.

A naturalidade das ervas, pimentas, especiarias e outros temperos possibilita um toque especial à omelete e deixa a refeição ainda mais gostosa. Quer saber como? Então veja as dicas de como temperar e divida sua receita com a gente marcando @Kitano.Brasil com a hashtag #ReceitasKitano nas redes sociais.

Omelete com Cebolinha Verde e Salsa

Os temperos de cebolinha e salsa combinam com queijo mussarela, presunto, e azeitonas. Essa pode se tornar uma super refeição bem simples e rápida de fazer. Aqueça o azeite em uma frigideira, despeje a mistura batida dos ovos, os temperos e as azeitonas e depois distribua o presunto e o queijo na metade da omelete, dobrando uma parte sobre a outra. Doure até o queijo derreter. Nota 10!

Omelete com Cebola, Alho e Salsa

A cebola e o alho realçam o sabor dos alimentos, enquanto a salsa Kitano, por ser uma folha, valoriza o aroma da refeição. A junção desses sabores traz novo sentido à omelete, seja ela simples ou acompanhada de outros ingredientes. Na velocidade do dia, os temperos servem como “recheio” da omelete e transformam o ovo em uma refeição saborosa. Quer levantar o sabor e deixar o prato mais refrescante? Uma opção é colocar pitadas de coentro em pó Kitano.

Omelete com Pimenta-do-Reino

A pimenta-do-reino dá uma acentuação picante à omelete, suavizando o protagonismo dos ovos. Esse tempero acrescenta sabor à refeição e combina com ingredientes como tomate, queijo branco ou queijo prato e peito de peru. Uma dica: você pode também colocar cebolinha verde na hora de bater a pimenta-do-reino com os ovos.

Omelete com Orégano

Com uma pitada de orégano, o sabor da omelete alcança novos sentidos. A erva aromática também é capaz de trazer certa picância ao prato e transformar o paladar dos ovos Para quem tem a ideia que orégano é só na pizza, essa é uma dica de variar na cozinha.. Se você servir a omelete com uma saladinha de acompanhamento vai ficar com cara de prato principal sem muito esforço. Que tal adicionar frango desfiado para deixar a omelete ainda mais completa?

Omelete com Manjericão

Opção para quem quer diminuir a carne do cardápio, essa omelete fica parecendo uma pizza marguerita com tomates cereja, manjericão Kitano, queijo e, é claro, ovos. Também pode ser colocado pimenta branca. O preparo é fácil: misture os ovos, pimenta branca e um pouco de manteiga em um recipiente. Coloque a mistura em uma frigideira com pouco de manteiga. Cozinhe por alguns minutos e adicione o manjericão, queijo e tomates cortados na metade. Deixe cozinhar mais um pouco para que o queijo derreta. Pronto!

Sua refeição fica muito mais saborosa com temperos, ervas e especiarias da Kitano. Para mais informações, acesse: www.kitano.com.br/

Continue Lendo

Culinária

Receita de Biomassa de Banana Verde

Publicado

em

Sim! É possível ter uma alimentação saudável, rica em nutrientes e com ingredientes de preços acessíveis. 

“Muitas pessoas acreditam que para comer de forma saudável é necessário gastar muito, mas não é verdade. Conseguimos obter todos os ingredientes de uma alimentação simples e fácil”, afirma a Chef Elaine Prado.

Ingredientes

  • 1 dúzia de bananas nanica ou prata extremamente verdes e duras

Modo de Preparo

  1. Separe as bananas e mantenha os talos.
  2. Higienize as bananas.
  3. Coloque as bananas na panela de pressão cubra com água
  4. Leve ao fogo até levantar fervura, depois espere até 7 a 8 minutinhos para sair a pressão e retirar as bananas.
  5. Assim que levantar fervura, adicione as bananas verdes, com casca.
  6. Se sua panela de pressão for de 4,5 litros faça metade de cada vez.
  7. A água deve estar fervendo para que haja o “choque térmico”.
  8. Tampe a panela e deixe em fogo alto até começar a pressão. Assim que a pressão iniciar, diminua o fogo e conte 8 minutos.
  9. Desligue e retire a pressão.
  10. Quando a pressão sair por completo, retire as bananas uma a uma e em seguida com a ajuda de um garfo e uma faca, tire as cascas de cada banana quente.
  11. Coloque em um liquidificador ou processador e bata (as bananas não podem esfriar), a massa (biomassa) fica espessa.
  12. Se optar por liquidificador bata 3 bananas por vez para não forçar o motor.
  13. A biomassa pode ser conservada na geladeira por até 4 dias em potes higienizados.
  14. Se preferir congelar, assim que bater as bananas coloque-as em forminhas de gelo e deixe no freezer, assim que congelar transfira para um pote hermético os cubinhos de biomassa e mantenha em freezer por até 4 meses.

A Personal Chef Elaine Prado após a formação clássica resolveu se especializar em Gastronomia Funcional, pensando na saúde para os paladares mais apurados. Inspirada na comida afetiva e saudável das mulheres de sua família, iniciou a construção da GOHAPPYHEALTH. marca presença desde então em todos os eventos sobre o tema: congressos, reuniões com nutricionistas funcionais, médicos com a mesma linha de trabalho sobre a importância do alimento no tratamento de doenças. Tem formação em gastronomia saudável pela Raízes Escola de Culinária Saudável; especialização em Personal Chef pela Escola Fran Tonello, em gastronomia funcional e holística; e, por último, Elaine é formanda da Natural Chef.

Continue Lendo

Culinária

Frio chegou: confira receitas de sopas para se esquentar

Publicado

em

Se existe algo que combina com inverno é sopa quentinha. Nutritiva, saborosa e na temperatura perfeita para aquecer o corpo, são refeições que têm ainda outras vantagens: o preparo é fácil, rápido e podem ser servidas para várias pessoas.

Mais do que uma refeição completa, a sopa é um atrativo para reuniões entre familiares e amigos quando as temperaturas caem. Pensando nisso, a Kitano, marca da General Mills que possui um portfólio completo com diversas soluções para uso culinário, separou duas receitas de sucesso nas mesas: sopa de Frango com Abóbora e Açafrão-da-Terra, e sopa de Ervilha com Salsa e Cebolinha Verde.

Bom, o frio chegou. Agora o preparo é com você! Bom apetite!

Sopa de Frango com Abóbora e Açafrão-da-Terra

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 6 porções

Ingredientes:

● 2 colheres (sopa) de margarina
● 1 cebola pequena picada
● 2 dentes de alho amassados
● 200g de peito de frango cortado em cubos pequenos
● 1 colher (chá) de Açafrão-da-Terra Kitano
● 2 xícaras (chá) de abóbora de pescoço cortada em cubos pequenos
● 1 colher (chá) de sal
● 4 xícaras (chá) de água
● 1 xícara (chá) de macarrão para sopa tipo padre nosso

Preparo: Em uma panela, aqueça a margarina em fogo médio e refogue a cebola e o alho. Junte o frango e refogue por mais 3 minutos ou até dourar. Coloque o Açafrão-da-Terra Kitano e misture rapidamente. Adicione a abóbora e refogue por mais 3 minutos. Junte o sal, a água e cozinhe por 15 minutos ou até ficar macio, mexendo de vez em quando. Acrescente o macarrão e cozinhe por mais 6 minutos ou até ficar macio. Sirva em seguida.

Dica: Se desejar, polvilhe queijo parmesão ralado para servir.

Sopa de Ervilha com Salsa e Cebolinha Verde

Tempo de preparo: 30 minutos

Rendimento: 2 porções

Ingredientes:

● 3 colheres (sopa) de azeite
● 1 cebola pequena picada
● 2 dentes de alho amassados
● 2 xícaras (chá) de ervilha congelada
● 2 xícaras (chá) de água fervente
● 1 colher (chá) de sal
● 1 colher (chá) de Salsa Kitano
● 1 colher (chá) de Cebolinha Verde Kitano

Preparo: Em uma panela, aqueça 2 colheres (sopa) de azeite em fogo médio e refogue a cebola e o alho. Junte a ervilha, a água e o sal, tampe a panela e cozinhe por 5 minutos. Bata a ervilha com o caldo no liquidificador até obter mistura cremosa. Volte para a panela e cozinhe por mais 3 minutos ou até ferver. Acrescente a Salsa e a Cebolinha Verde Kitano e misture. Regue com o restante do azeite. Sirva em seguida.

Dica: Pique fatias de bacon, coloque em uma frigideira e leve ao fogo até ficarem crocantes. Coloque sobre papel toalha para retirar o excesso de gordura. Pique com a faca, formando uma farofinha. Sirva sobre a sopa.

Para conferir essas e outras receitas de Kitano, acesse o site: www.kitano.com.br/receitas-culinarias/

Sobre a Kitano
Líder nacional no segmento de temperos naturais e com mais de 60 anos de história no Brasil, a Kitano possui um portfólio completo com diversas soluções para uso culinário, sendo mais de 30 tipos de ervas, especiarias, pimentas, temperos 100% naturais e sem conservantes, além de temperos prontos, molhos e sopas. Com ingredientes cuidadosamente selecionados ao longo de toda cadeia de insumos, Kitano inspira e engaja os consumidores brasileiros na descoberta e criação de novos sabores, permitindo ainda mais ideias para diversos tipos de receitas.

Continue Lendo

Populares