Connect with us

São Paulo

Tarifa Social de Gás tenta amenizar preço para pessoas de baixa renda

Publicado

em

Banner

Pela segunda vez no ano, o preço do gás de cozinha volta a subir e já está sendo vendido a R$ 120 em alguns estados do Brasil. Aumento no preço do botijão está levando ao desespero as famílias de baixa renda e os mais de 14,4 milhões de desempregados.

Para amenizar as consequências dessa política de preços, o deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) apresentou o Projeto de Lei 1374/2021, denominado Tarifa Social de Gás, que visa garantir desconto para pessoas de baixa renda na compra do gás de cozinha.

Segundo Zarattini, o governo federal adotou uma política de paridade de preço internacional. Isso quer dizer que o mesmo preço que os consumidores da Europa, dos Estados Unidos pagam pelo gás, petróleo e seus derivados é aplicado aqui no país. “Essa política está causando um prejuízo gigantesco para as famílias mais pobres porque aumentou enormemente o preço do gás de cozinha. Muitas famílias tiveram que voltar a cozinhar com lenha. É um absurdo esse aumento”.

O autor do projeto explicou ainda que o governo tem recurso disponível para implantação de desconto no preço do gás. Segundo ele, os recursos para financiar a proposta podem sair dos royalties do petróleo e da Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) que é paga pelos consumidores de gasolina.

“Dinheiro tem o que precisa agora é vontade política. Queremos baratear o preço do gás para as famílias mais pobres do país que são aquelas que recebem o bolsa família ou que possuem uma renda per capita de até meio salário mínimo. Essa é a nossa proposta e o PT está nessa luta”, defendeu Zarattini.

São Paulo

Celular ao volante representa 7,5% das multas no estado de São Paulo

Publicado

em

Banner

Levantamento feito pelo Detran.SP, com números consolidados entre os anos de 2017 e 2020, mostra que o uso do celular ao volante representou 7,5% de todas as punições de motoristas que trafegam pelas vias paulistas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o uso do celular, além de gerar multa aos condutores, aumenta em 400% o risco de acidentes.

Em 2017, esse tipo de infração representava apenas 3,4% do total, menos da metade do percentual registrado no ano passado. O crescimento nesse período foi contínuo: 4,4% em 2018 e 4,9% em 2019. Em 2017 foram 65 mil multas por uso indevido de celular ao volante. Em 2018, 75 mil, em 2019, 69 mil e em 2020, 66 mil.

Classificada como infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a multa por uso de celular ao volante é de R$ 293,47, além de sete pontos anotados na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A multa pode ainda ser combinada com outro tipo de infração, a condução de veículo sem as duas mãos ao volante, com valor de R$ 130,16 e que rende mais cinco pontos na carteira.

“É preciso que os motoristas entendam que, assim como a bebida alcoólica, o telefone móvel não combina com direção. Um trânsito mais seguro depende do engajamento de todos”, afirma Ernesto Mascellani Neto, diretor-presidente do Detran.SP.

Quase 20% da população das capitais brasileiras admite utilizar o smartphone enquanto conduz um veículo. “Muitas vezes, o simples gesto de deixar de atender uma ligação no celular ao dirigir pode salvar uma vida. Essa é a mensagem que queremos levar à população, acrescenta Silvia Lisboa, coordenadora do programa Respeito à Vida.


Imprudência também no exterior

Estudo divulgado pela National Safety Council (NSC) aponta que 96% dos entrevistados concordam que digitar e-mails e mensagens enquanto dirigem é um

grande problema para a segurança no trânsito. Em paralelo, 34% assumem já ter exercido tal atividade durante a direção e 44% declaram que costumam ler e-mails e textos enquanto dirigem.

Normalmente, um condutor demora cerca de 2,5 segundos para começar a frear diante de um imprevisto na rodovia, quando o veículo está a velocidades entre 80 e 100km/h. Se o motorista está na cidade, o tempo de reação é menor: 0,75 segundos. Em contrapartida, para digitar dois algarismos no celular, o motorista demora 2 segundos. Assim, geralmente, quando percebem o imprevisto, não há mais tempo para frear.


Dicas sobre os riscos do celular ao volante

1 – Manusear o celular dirigindo é perigoso tanto para o motorista quanto para o pedestre. Ao desviar a atenção para o aparelho, o condutor pode causar acidentes e o pedestre ser atropelado.

2 – Ao tirar a mão do volante para mexer no celular o condutor não terá o mesmo controle físico do veículo.

3 – É importante verificar as mensagens antes de sair de casa e depois de chegar ao destino, pois ao digitar uma mensagem o cérebro focará apenas nessa ação, e a direção ficará em segundo plano.

4 – Ouvir mensagens de voz enquanto dirige também traz riscos ao motorista porque desvia a atenção de sons do trânsito como buzina e sirene.

5 – Colocar o aparelho no meio das pernas também não é indicado pois distrairá o condutor quando tocar.

6 – Dirigir mexendo no celular é uma infração gravíssima, com 7 pontos na CNH e multa de R$ 293,47.

Continue Lendo

São Paulo

SP faz parceria com o Mercado Livre para profissionalização e geração de 5 mil empregos

Publicado

em

Banner

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (17), em Cajamar, uma parceria com o Mercado Livre que inclui investimento de R$ 4 bilhões pela plataforma de e-commerce no estado de São Paulo. Trata-se do maior aporte privado ao longo do mesmo ano desde o início da atual gestão, com estimativa de 5 mil novos empregos até o final de 2021.

“Essa ação conjunta com o Mercado Livre é articulada, 360º, como agimos aqui no Governo de SP. Por isso que o Sebrae é nosso grande parceiro no incentivo, na formação e no acompanhamento do empreendedorismo; o Centro Paula Souza no treinamento, através das Etecs e das Fatecs; os programas Empreenda Rápido, Minha Chance e o financiamento do Banco do Povo dentro dos programas de desenvolvimento econômico do Estado; e a InvestSP, que é a agência facilitadora. O empreendedor fala com uma única fonte para a viabilização de tudo, desde a aprovação ambiental até financiamento, programa de treinamento e qualificação de mão de obra”, afirmou Doria.

O acordo também prevê parcerias para formação em qualificação e empreendedorismo, com oferta de cursos nas áreas de vendas, logística e tecnologia. A empresa ainda vai oferecer descontos para participantes do Empreenda Rápido, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado e Sebrae-SP.

No ano passado, o Mercado Livre ajudou a formalizar mais de 66 mil empresas que iniciaram suas vendas na plataforma. Com o investimento recorde de R$ 4 bilhões, a meta é gerar 5 mil empregos diretos em logística e tecnologia nas regiões de Osasco, Cajamar e Louveira – serão 400 vagas em TI, 4,1 mil em logística e outras 400 em setores diversos da empresa.

“Estamos entusiasmados com o avanço das nossas parceiras para ajudar a fomentar o desenvolvimento econômico do estado de São Paulo, cientes do impacto positivo deste aporte para toda a nossa operação no Brasil. Afinal, aqui estão localizados 85% dos vendedores do Mercado Livre no país e é também onde mantemos grande parte dos nossos centros logísticos, além da nossa sede em Osasco. Este compromisso vai além do aporte financeiro, pois nos preocupamos com o desenvolvimento das comunidades onde atuamos e apoiamos o empreendedorismo investindo em educação e profissionalização” afirmou Fernando Yunes, Vice-Presidente Sênior e Líder do Mercado Livre no Brasil.

“Este é o maior anúncio, realizado nessa gestão, de investimentos por uma empresa em um ano. Estamos aqui juntos honrando o compromisso de gerar oportunidade de emprego e renda para a população, apoiando nossos investidores através de modelo desburocratizado, mas principalmente apoiando os empreendedores e os trabalhadores com qualificação profissional e microcrédito, para que todos possam ter acesso a emprego e renda, porque esta é a melhor forma de dar dignidade”, disse a Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen.

Desde setembro de 2016, a InvestSP dá suporte à empresa em projetos no estado de São Paulo. “O Mercado Livre é líder em um dos segmentos que mais cresceu nas últimas décadas. São Paulo continuará servindo como principal hub de distribuição do Mercado Livre, que certamente alcançará novos recordes nos próximos anos com a expansão que vemos agora”, afirmou Wilson Mello Neto, Presidente da agência estadual de promoção de investimentos.

Qualificação profissional

A parceria entre o Governo do Estado e o Mercado Livre irá oferecer 100 mil vagas para o curso “Como vender online?”, criado pelo Mercado Livre em parceria com Centro Paula Souza e Sebrae-SP, por meio do programa Empreenda Rápido. As inscrições devem começar no segundo semestre.

Já os estudantes das Etecs e Fatecs das regiões de Cajamar, Louveira, Sorocaba e Osasco serão direcionados para as vagas abertas pelo programa Minha Chance. Além disso, o Mercado Livre irá apoiar o aperfeiçoamento dos cursos de Logística do ensino profissionalizante estadual.

Empreendedorismo

Empreendedores que participam de cursos do programa estadual Empreenda Rápido terão direito a benefícios como desconto na compra de máquinas de pagamento Mercado Pago e um mês de taxa zero, além de bônus de crédito, treinamento e capacitação gratuitas de Mercado Ads para ampliar visibilidade de produtos. Já o Estado vai oferecer linhas de crédito do Banco do Povo para 340 mil empreendedores do Mercado Livre em todas as regiões de São Paulo.

“Essa iniciativa conjunta traz uma série de benefícios, principalmente nesse momento de retomada da economia. Além da abertura de postos de trabalho, vai oferecer qualificação para quem empreende entrar ou melhorar sua atuação no e-commerce e ainda aproveitar as vantagens oferecidas pelo Mercado Livre”, afirma o Diretor-Superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.

Sobre o Mercado Livre

O Mercado Livre é a companhia líder em tecnologia para e-commerce e serviços financeiros na América Latina, que oferece soluções para que pessoas e empresas possam comprar, vender, pagar, anunciar e enviar produtos e serviços por meio da internet. Além da plataforma de e-commerce e da fintech Mercado Pago, a empresa conta com as seguintes áreas de negócios: Mercado Envios, Mercado Livre VIS (Veículos, Imóveis e Serviços), Mercado Ads e Mercado Shops. Maior e mais completo marketplace da América Latina, o mercadolivre.com tem 69,8 milhões de usuários ativos e mais de 12 milhões de vendedores, incluindo grandes marcas, alcançando 27 vendas por segundo. Já o Mercado Pago, com mais de 60 milhões de pagadores ativos, oferece uma plataforma completa de tecnologia financeira com conta gratuita, soluções de pagamento e crédito. Fundado em 1999 e presente em 18 países, o Mercado Livre é a única companhia da América Latina entre as top 10 Melhores Empresas para Trabalhar no Mundo, segundo o GPTW 2020.

Continue Lendo

São Paulo

Morre o prefeito da Capital SP, Bruno Covas

Publicado

em

Banner

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morreu às 8h20 deste domingo (16), em decorrência do câncer da transição esôfago-gástrica e complicações do tratamento. O velório será fechado, com a presença apenas para a família, mas haverá também uma cerimônia na prefeitura.

Licenciado do cargo no início deste mês, Bruno Covas estava em tratamento no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista.

Filho de Pedro Lopes e Renata Covas Lopes e pai do jovem Tomás Covas, Bruno nasceu em Santos, no litoral paulista, no dia 7 de abril de 1980, e foi advogado, economista e político brasileiro.

Mudou-se para a capital paulista em 1995 e, dois anos depois, filiou-se ao PSDB, seguindo os passos do avô, o ex-governador Mário Covas (1930-2001), sua grande inspiração e influência política . No partido, chegou a ser presidente estadual e nacional da Juventude do PSDB e ocupou cargos na Executiva Estadual.

Sua carreira na política começou em 2004, quando se candidatou a vice-prefeito de sua cidade natal. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual na Assembleia Legislativa de São Paulo e reeleito para o mesmo cargo e m 2010, com mais de 239 mil votos, sendo o mais votado d aquele ano.

No ano seguinte, assumiu a Secretaria Estadual do Meio Ambiente no governo de Geraldo Alckmin, permanecendo no cargo até 2014, quando foi eleito deputado federal para o mandato 2015-2019.

fonte ebc

Continue Lendo

Noticias

Monte Mor5 horas atras

Prefeito de Monte Mor é vacinado contra COVID-19

O prefeito de Monte Mor, Edivaldo Brischi, recebeu na manhã desta terça-feira, a 1ª dose da vacina contra COVID-19, da...

Nossa Cidade5 horas atras

Shopping Hortolândia informa horário de atendimento neste aniversário da cidade

O Shopping Hortolândia é um centro comercial localizado na cidade de Hortolândia, São Paulo. Inaugurado em 24 de novembro de...

Nossa Região5 horas atras

Procon-SP vai notificar aéreas que atuam no aeroporto de Viracopos

Empresas deverão esclarecer sobre diferença de preços das passagens aéreas em comparação aos outros dois principais aeroportos do Estado A...

Nossa Cidade8 horas atras

Prefeitura implanta postes ornamentais com lâmpadas LED no Pq. Socioambiental Novo Ângulo

A Prefeitura de Hortolândia prossegue com a modernização do sistema de iluminação pública da cidade  e implanta postes ornamentais com...

Nossa Cidade9 horas atras

Prefeitura retoma vacinação contra COVID-19 com CoronaVac para gestantes e puérperas com comorbidades ou doenças crônicas nesta terça-feira (18/05)

A Prefeitura de Hortolândia retoma, nesta terça-feira (18/05), a vacinação de 1ª e 2ª doses da CoronaVac contra a COVID-19...

Nossa Cidade9 horas atras

Hortolândia participa da luta pelos direitos de crianças e adolescentes contra a violência sexual infantojuvenil

O 18 de maio, “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pelas...

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares