Policial

Menino de 5 anos é estuprado em Hortolândia

Menino de cinco anos de idade foi supostamente vítima de abuso sexual em Hortolândia, na última segunda-feira (16/12)

Polícia investiga suposto abuso contra menino em Hortolândia

Um menino de apenas cinco anos foi brutalmente estuprado na segunda-feira, em uma região rural de Hortolândia. A criança, que vive com a família em um sítio no Parque Oreste Ôngaro, estaria brincando no quintal. No entanto, quando voltou, a mãe percebeu que a criança apresentava sangramento no ânus e reclamava de dor. O estupro foi comprovado pelos médicos que atenderam a criança.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Militar, durante o dia, a criança saiu para brincar, como de costume e retornou por volta das 19h, reclamando de dores na região anal. Quando a genitora olhou a cueca da criança, observou que havia fezes no local.

BANHO

De imediato, a mãe resolveu dar um banho na criança e, observando as marcas no corpo do menino, constatou que o mesmo havia sido vítima de um estupro. Assustada com a situação do filho, a mulher, que não foi qualificada em boletim de ocorrência, procurou atendimento no Hospital Estadual Doutor Leandro Franceschini, onde a criança passou pelo médico, que confirmou a conjunção carnal, ou seja, constatou que realmente o menino havia sido violentado.

Os médicos transferiram a criança para o Caism (Centro de Atendimento Integrado à Saúde da Mulher), da Unicamp (Universidade de Campinas), onde permaneceu sob cuidados médicos. A reportagem tentou contato com a família, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

A Polícia Militar foi acionada por funcionários do hospital e registrou o crime no Plantão Policial como estupro de vulnerável. O caso será investigado através de inquérito pela Polícia Civil do Município.

Até o fechamento desta edição, nenhum suspeito de ter cometido o crime foi identificado. Segundo a mãe da criança, em BO, o local é freqüentado apenas por crianças, não recordando de ter visto adultos pelo sítio.

A criança passará por atendimento especializado e será acompanhada pelo Conselho Tutelar de Hortolândia. O estado de saúde da criança, que continuou no hospital, não foi informado.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98