Um homem de 47 anos foi preso em flagrante, no bairro Jardim do Lago, em Hortolândia (SP), após estuprar uma menina de 5 anos. O crime ocorreu ontem (16) à tarde e foi registrado no início da noite, na Delegacia do Parque dos Pinheiros.

O policiais militares estavam em patrulhamento quando receberam via COPOM, denúncia de ocorrência de natureza estupro. Deslocaram-se até o local indicado, então fizeram contato com a genitora da vítima.

Ela relatou aos policiais militares, que sua filha, estava brincando no quintal de casa, enquanto ela lavava roupas. Num momento, pegou a água da máquina de lavar e levou-a até o banheiro para lavá-lo, ausentando-se por alguns minutos. O local trata-se de uma área de invasão e não há ainda muros ou cercas que dividem os terrenos das moradias. 

Instantes depois a criança entrou em casa procurando a mãe, sendo que a menina estava com uma das mãos contendo hematóides, e reclamava de dor, indicando a região da vagina como o local onde doía. A calcinha da criança estava com manchas de sangue.

Foi quando a garotinha revelou que o “tio” que estava lá fora, tratando-se de um vizinho que construía uma cerca, havia introduzido um de seus dedos na vagina da criança e depois ainda fez com que a mesma colocasse uma das mãos por sobre o órgão lesionado. 

A genitora ficou atordoada e não estava acreditando no que poderia ter ocorrido. Perguntou várias vezes à filha, e a criança repetiu exatamente a mesma versão em todas os questionamentos.

Os policiais militares foram entrevistar o vizinho apontado pela criança. Ele negou qualquer fato desta natureza, alegando que estava fazendo uma cerca em seu terreno apenas e que sua esposa seria, inclusive sua testemunha disso. Porém, a criança sempre apontava para o homem, como a pessoa que lhe havia molestado. 

Os policiais levaram a mãe e a garotinha até o Pronto Socorro Mário Covas, onde a menina foi atendida pela equipe médica, que constatou dilaceração do hímen da vítima.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao acusado, sendo o mesmo conduzido até esta Delegacia para providências de Polícia Judiciária. A Autoridade Policial, cientificada dos fatos e diligências, deliberou pela autuação em flagrante delito por crime de estupro de vulnerável em desfavor do indiciado. 

Após as formalidades legais, o preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Santa Bárbara d’Oeste . 

Artigo anteriorEMS oferece diversas vagas para o setor de Qualidade
Próximo artigoQuarteto Cultura e Eder Nunes cantam no Shopping Hortolândia