Connect with us

Nossa Região

Previsão diz que são altas as chances de chuvas no fim de semana

Publicado

em

Instituto de Previsão do Tempo da Unicamp (Cepagri) prevê que hoje (07), haverá sol com aumento de nuvens e possíveis pancadas de chuvas à tarde, embora sejam baixas as chances. Amanhã (08), aumentam as chances de pancadas de chuva à tarde na região. Entre a sexta-feira (09) e o sábado (10), são altas as chances de chuvas que podem ser fortes e acompanhadas de temporais. Temperatura máxima de 33C à tarde e mínima de 19C na próxima madrugada.

Nossa Região

Com baixos índices de umidade, região entra em Estado de Atenção

Publicado

em

Por

Consumir muita água, ter cuidado especial com crianças e idosos e evitar queimadas são recomendados para o período

A região de Campinas está em Estado de Atenção pela baixa Umidade Relativa do Ar (URA). Às 11h20 desta segunda-feira, dia 23 de maio, o índice atingiu 29,5%, conforme boletim emitido pelo Departamento de Defesa Civil do município, a partir de dado recebido da Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte, responsável pela medição.

O Estado de Atenção é decretado quando a URA registra índice entre 20% e 30%. Nesse caso, a principal recomendação é consumir muita água e ter cuidado especial com crianças e idosos.

Também é aconselhado que a população evite exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h e mantenha os ambientes umidificados com vaporizadores, toalhas molhadas ou recipientes com água.

É sugerido, ainda, aguar os jardins e, sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas. Outra orientação é evitar queimadas que, além de proibidas por lei, prejudicam o meio ambiente e a saúde.

Continue Lendo

Nossa Região

Previsão do Tempo aponta que frio ameniza

Publicado

em

frio

Após uma semana extremamente gelada, as temperaturas parecem dar uma amenizada. A chuva surge de relance para lembrar que o inverno está chegando.

Mantenham os casacos e guarda chuvas a postos e vamos para mais uma previsão semanal do tempo.

  • Segunda (23 de Maio)  

Temperatura: entre 12° e 24°

Vento a 9km/h

Umidade relativa do ar: entre 28% e 74%

  • Terça (24 de Maio)

Temperatura: entre 13° e 26°

Vento a 9Km/h

Umidade relativa do ar: entre 32% e 75%

  • Quarta (25 de Maio) 

Temperatura: entre 14° e 27°

Vento a 10Km/h

Umidade relativa do ar: entre 30% e 77%

  • Quinta (26 de Maio) 

Temperatura: 15° e 27°

Vento a 11Km/h

Umidade relativa do ar: entre 32% e 74%

  • Sexta (27 de Maio) 

Temperatura: entre 15° e 27°

Vento a 11Km/h

Umidade relativa do ar: entre 27% e 72%

  • Sábado (28 de Maio) 

Temperatura: entre 15°e 26°

Vento a 10Km/h

Umidade relativa do ar: entre 30% e 73%

  • Domingo (29 de Maio) 

Temperatura: entre 13° e 27°

Chuva: 2mm (probabilidade de 67%) 

Vento a 15Km/h

Umidade relativa do ar: entre 33% e 82%

Continue Lendo

Nossa Região

Domingo ainda registra temperaturas baixas, mas frio perde força

Publicado

em

frio

Depois da última semana em que uma massa de ar polar derrubou as temperaturas em todo o país, a partir de domingo (22), o frio perde força sobre as regiões e as tardes ainda serão amenas, mas as manhãs terão aumento na temperatura.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), algumas capitais amanheceram neste domingo (22) com temperaturas próximas a 10 gruas Celsius (°C) ou menos e possibilidade de geada em áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Serra da Mantiqueira (SP e MG).

A partir de amanhã (23), todo o Centro-sul do país deixa de sentir a sensação de frio. O Rio de Janeiro volta a registrar 27°C, São Paulo alcança os 24°C e a previsão é de temperaturas agradáveis na Região Sul, considerando a época do ano, que não registra calorão nestas regiões.

Durante a próxima semana e até o fim do mês de maio, os dias seguem o padrão normal dentro da Climatologia. A massa de ar seco segue atuando no Centro-sul do Brasil, e os índices de umidade do ar tendem a cair.

Volta a chover sobre o Rio Grande do Sul ao longo da semana e os dias terão grande amplitude térmica, ou seja, manhãs e noites frias, mas com tardes quentes.

Segundo os meteorologistas, os modelos meteorológicos indicam que, em meados de junho, há previsão para a chegada de uma nova massa de ar polar, que resulta em uma onda de frio tão intensa quanto a observada nos últimos dias.

Campo

As temperaturas baixas da última semana e ocorrência de geadas no Centro-sul do país poderão impactar os cultivos de milho e feijão de segunda safra, que se encontram em fases fenológicas sensíveis, além das hortaliças e das culturas perenes como o café, cana-de-açúcar e frutas.

Segundo o Inmet, outro fator importante é que a queda de temperatura e a maior intensidade de geada podem ocasionar a ocorrência da temperatura letal, ou seja, uma temperatura que promove danos mais graves e irreversíveis às culturas.

Os registros de temperaturas nas estações meteorológicas menores que 2°C na fase de florescimento, por exemplo, podem comprometer a cultura do milho, enquanto 1°C, nesta mesma fase, impacta severamente a cultura do feijão (o feijão é afetado por temperaturas mais altas que essa).

Café e banana

Por ser uma cultura pouco tolerante ao frio, no caso do café, a ocorrência de temperaturas abaixo de 0°C no abrigo podem provocar danos parciais ou totais à planta. Já para a cultura da banana, temperaturas inferiores a 4°C podem ocasionar danos nas folhas e prejudicar os frutos em formação. A ocorrência e intensidade de geadas podem ser amenizadas a depender do relevo e velocidade dos ventos.

Geada

A geada é um fenômeno causado pela ocorrência de baixas temperaturas e seu efeito nas plantas varia de acordo com a espécie, a sua tolerância ao frio e a fase fenológica em que ela se encontra e sua ocorrência resulta, muitas vezes, em severos prejuízos econômicos principalmente se ocorrem precoce ou tardiamente.

fonte ebc

Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Populares