Nossa Região

Passeata por transporte mais barato interdita vias no Centro de Campinas

Manifestação foi organizada pela internet e reuniu pelo menos 80 pessoas

Passeata por transporte mais barato interdita vias no Centro de Campinas

Um protesto com pelo menos 80 pessoas, segundo a Polícia Militar, fechou as principais avenidas do Centro na noite desta terça-feira (07/01). O grupo saiu do Largo do Rosário por volta das 19h30 e caminhou até a Prefeitura para pedir redução no preço da tarifa do transporte público na cidade. Ao final do trajeto, a Avenida Anchieta foi interditada durante meia-hora e, em seguida, os manifestantes dispersaram pela região.

A PM informou que, apesar de transtornos no trânsito, não houve registro de incidentes durante o ato que foi organizado pelas redes sociais. Os manifestantes deixaram o Largo do Rosário pela Avenida Francisco Glicério. Em seguida, entraram na Avenida Moraes Salles e, por fim, pegaram a Avenida Irmã Serafina e a Anchieta para acessarem o Palácio dos Jequitibás.

saiba mais

Um dos estudantes que participou do ato, mas preferiu se identificar apenas como ‘Pedro’, afirmou ao G1 que parte do grupo protestou a favor da implementação do passe-livre. Contudo, segundo ele, também houve manifestantes que reivindicaram ao menos redução na tarifa: R$ 1,50 para usuários e R$ 0,50 para estudantes. Durante o protesto, os estudantes também voltaram a pedir pela abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito [CPI] dos Transportes – solicitada durante a maioria dos protestos realizados no ano passado, mas que não teve adesão suficiente para ser instaurada na Câmara. É necessário que pelo menos 11 dos 33 legisladores sejam favoráveis.

Segundo a Emdec, houve registro de lentidão no trânsito nas vias por onde o grupo passou e também em outras para as quais o fluxo de veículo era desviado. Pelo menos 25 policiais militares acompanharam a passeata, que terminou por volta das 21h. Em frente à Prefeitura, ao menos 25 guardas municipais formaram um cordão de isolamento do prédio.

Fonte: g1.com.br



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98