A Campineira de 48 anos, registrada com o segundo caso de Coronavírus no começo de março, já está curada do vírus e compartilhou em sua rede social a experiência que teve:

Olá Amigos, alguns aqui não sabem, mas eu contraí o Covid-19, fui o segundo caso em Campinas.

Essa semana muitos me perguntaram se realmente é tudo isso e se eu concordava com a quarentena para todos.

Então resolvi relatar o que passei nos últimos 12 dias.

O Covid-19

Eu nunca tive problemas respiratórios, eu não sou fumante, eu tenho os dois rins (em algum lugar a mídia disse que eu não tinha um rim) e o vírus entrou em mim como um furacão. A falta de ar é a pior sensação que senti até hoje, você fica impotente, não adianta puxar o ar, nada acontece a sua Saturação não sobe.

Eu fiquei na UTI por 7 dias, isolada, sendo muito bem assistida, os enfermeiros são verdadeiros guerreiros.

Eu tenho eterna gratidão por eles.🥰

Na minha família temos um anjo da guarda, um amigo médico que nem sei o que falar…esse a minha Gratidão é além da eternidade. 🙏🏻🙏🏻❤️❤️

E nada dependia deles e nem da minha consciência.

O que podíamos fazer? Rezar.

A fé eu nunca perdi, tinha certeza que ia sair dessa.🙏🏻

Nenhum humano podia me ajudar, somente o respirador podia me ajudar a respirar, eu tinha muito medo de ir para o respirador, a minha maior batalha era para não ir, muitos estão indo e estão morrendo, não está adiantando também.

É uma batalha solitária do seu organismo com o vírus.

As mães não podem fazer nada pelos seus filhos, não conseguem ajudá-los a respirar.

Ninguém pode te ajudar.

A batalha é individual.

A Economia

Sou empresária, tenho funcionários, tenho famílias que dependem do meu negócio, é muito difícil estarmos nessa situação, mas eu concordo com essa primeira quarentena, precisamos fazer com que a curva não cresça.

Concordo que as atividades tem que voltar a sua normalidade, a economia precisa girar, mas gente esse retorno tem que ser muito consciente e com muita responsabilidade, todo cuidado é pouco. Sigam as normas da OMS. O contágio é muito fácil.

A questão econômica, nós conseguimos nos ajudar, o Governo já soltou algumas Medidas Provisórias. Está tudo confuso, está, mas aqui conseguimos unir forças, nos reinventar, não jogue comida fora, dê para algum morador de rua, ajude um amigo que esteja precisando, valorize o trabalho dos autônomos.

Aqui a batalha é coletiva, não estamos sozinhos.

Por isso meus amigos, se cuidem, cuidem dos seus, que a batalha seja coletiva e não individual!

Eu estou bem, estou em casa, cumprindo mais um isolamento. O Maurício e o Léo também estão bem, não apresentaram sintomas. Graças a Deus! 🙏🏻🙏🏻🙏🏻

Estou melhorando a cada dia!🙏🏻🙏🏻🙏🏻

Para quem tiver alguma dúvida estou a disposição podem me chamar. 😊

Beijos no coração de cada um.😘😘😘

Fonte: https://www.facebook.com/100002239082550/posts/2983251835092757/