A entrega do Prêmio Professor Escritor 2017, promovido pela APL (Academia Paulista de Letras), em parceira com a Prefeitura de Hortolândia e patrocinadores, já tem data: 28 de novembro. Ao todo, estão inscritas 21 obras de autoria de profissionais da rede de educação de Hortolândia. Os materiais foram avaliados previamente por uma comissão da Secretaria de Educação e encaminhados para análise na APL, onde os vencedores serão escolhidos. Os nomes dos três primeiros colocados será anunciado no momento da premiação, em evento que acontecerá, às 19h30, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, localizada no Jd. Sumarezinho. O primeiro colocado receberá um carro zero quilometro; os segundo e terceiro classificados ganharão uma bolsa de estudos em curso de graduação ou pós-graduação na área da Educação, prêmios patrocinados pela revista Caras e a Unimes (Universidade Metropolitana de Santos).

O concurso é inédito e tem como slogan “Hortolândia, Território do Saber”. O objetivo é estimular os hábitos de leitura e de escrita, além de descobrir novos talentos da literatura, entre os profissionais da rede municipal de Ensino. As inscrições para o prêmio foram realizadas até outubro. Desde então, a comissão da Secretaria de Educação avaliou as obras segundo os critérios de criatividade, originalidade, estrutura, objetivo/conteúdo e linguagem própria do gênero.

As 21 obras inscritas passaram pelo crivo da comissão e foram encaminhadas, nesta semana à APL, que tem seus critérios próprios de avaliação. De acordo com o diretor de Inovação, Ciência e Tecnologia da Secretaria de Educação, Felipe Amaro dos Santos Neto, os vencedores serão uma surpresa inclusive para os gestores da Prefeitura. “Vamos saber quem são os ganhadores somente na hora da premiação”, garantiu.

Artigo anteriorLadrão ‘faz a limpa’ em casa no Jardim do Lago
Próximo artigoEscolas municipais recebem prêmio por projetos ambientais