A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, receberá na quarta-feira (12) um grupo de ciclistas de Hortolândia para uma reunião que tratará sobre a criação do sistema cicloviário da cidade.

O encontro intermediado por uma comissão de vereadores PRÓ-CICLOVIAS acontecerá na Câmara Municipal ás 19h30 e contará com a presença do secretário de mobilidade urbana, Atílio André Pereira.

Durante o encontro os ciclistas pretendem entregar ao secretário um documento com as principais reinvindicações. O grupo defende a criação de uma frente parlamentar em defesa ao ciclista; a criação de um sistema cicloviário na cidade, interligando todas as regiões, contemplando as principais avenidas; a ampliação de 4km para 50km de Ciclovia/Ciclofaixas e também a conexão dos dois pontos da ciclovia do Corredor Metropolitano com a Ponte Estaiada, considerada matéria urgente.

O grupo também reivindica a manutenção dos 4km atuais de ciclovia, melhorias na sinalização e iluminação das vias, criação de locais para atividades de competição; Incentivo a prática do Ciclismo/Cicloturismo na cidade (Passeios ciclístico, Campeonatos, Competição, etc); maior fiscalização dos motoristas que estacionam carros encima da ciclovia, mais segurança e políticas de prevenção de acidentes e respeito ao ciclista.

O grupo também irá questionar e exigir do governo clareza e transparência nas publicações oficiais. Na semana da inauguração da ponte estaiada a prefeitura distribuiu um informativo dizendo que havia 700 metros de ciclovia na ponte estaiada, o que na verdade não existe, o fato gerou um grande constrangimento para prefeitura que teve que vir a público se desculpar.

Os ciclistas dizem estar dispostos a colaborar com as tomadas de decisão do governo, segundo o Cicloativista Walther Barros, o encontro será uma grande oportunidade de expor as dificuldades enfrentadas pelos ciclistas. “A construção de ciclovias representa um enorme passo em direção a cidades mais justas, mais inclusivas e mais democráticas. Além disso, elas caracterizam mais saúde para os cidadãos, com mais prática de esportes e menos estresse. A prática do ciclismo cresceu muito em nossa cidade e estamos na estaca zero em termos de ciclomobilidade, esse encontro com o secretário de mobilidade será uma grande oportunidade que teremos de apresentar as nossas demandas, estamos abertos ao diálogo, acredito que juntos podemos traçar melhores alternativas. ” Explica.