A palestra “A Importância da Mulher na Política de Assistência Social” deu início, na tarde desta quarta-feira (24/07), ao Projeto “Mulheres do Brasil”, promovido pela Prefeitura de Hortolândia no CCS (Centro de Convivência Social) Jd. Brasil. O tema foi abordado pela professora da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) Maria Cristina de Souza, doutora em Serviço Social pela PUC/SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo). 

A iniciativa é voltada a mulheres em vulnerabilidade social daquela região. Segundo a coordenadora do CCS Jd. Brasil, Eliane Silva, o objetivo é contribuir para o empoderamento feminino com formações. Inicialmente, o projeto beneficiará 30 mulheres, proporcionando encontros periódicos, quinzenal ou mensalmente, conforme disponibilidade e interesse do grupo. Serão realizadas atividades de informação, dinâmicas, palestras, orientações, dentre outras ações específicas para mulheres.

“A implantação do Projeto ‘Mulheres do Brasil’ está atrelada às propostas de políticas públicas da Administração, com a troca de experiências e superação de situações, uma vez que muitas dessas mulheres estão em vulnerabilidade social. Acreditamos que nossos profissionais vão auxiliar em diversos aspectos essas mulheres, desde a assistência social a orientações, ampliando a visão e proporcionando interação entre as atividades inclusivas da Prefeitura, como capacitações e geração de renda às famílias. Nosso foco, em breve, é expandir o projeto para demais regiões da cidade”, afirmou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

O CCS Jd. Brasil está localizado na Rua da Amizade, 240. O órgão é vinculado à Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrefeitura promove oficina de aperfeiçoamento para cozinheiras escolares
Próximo artigoPrefeitura encerra testagem de Hepatite C nesta quinta-feira (25/07)