Idosos de Hortolândia, em isolamento social por conta da pandemia, contam com a ajuda da Prefeitura para se manterem ativos. Eles recebem semanalmente, via aplicativo, no próprio telefone, aulas remotas previamente gravadas que podem ser feitas em casa, no dia e na hora disponíveis. Uma delas é a de Boxe, que entra na grade da programação semanal às sextas-feiras. A iniciativa é do CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro, órgão da Secretaria de Governo vinculado ao Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres.

Segundo o professor de Boxe e Muay Thai, Alexandre Rodnei Amaro, responsável pelos treinos, as tradicionais luvas da modalidade, os acessórios de ginástica e a roupa de treino leve são substituídas, nas aulas virtuais, por outros itens, em geral utensílios domésticos, tais como cadeira para agachamento, um saco de feijão de 1 kg, dentre outros, para que a prática aconteça.

Segundo ele, desde que o atleta esteja apto à prática esportiva, não há restrições para fazer a atividade. Entre os benefícios trazidos estão: desenvolver resistência respiratória e muscular, auxiliar na perda de peso, melhorar postura, trazer fortalecimento corporal, desenvolver autoconfiança e autoestima, melhorar a coordenação motora, aumentar o poder de concentração e desestressar.

“O boxe é, tradicionalmente, um tipo de luta que tem como principal característica o combate ‘pessoa a pessoa’, utilizando-se apenas dos punhos. Por ser um meio de combate, o boxe apenas passou a integrar o calendário moderno dos Jogos Olímpicos em 1920, na Olimpíada de Antuérpia (Bélgica). Praticado como atividade esportiva de lazer, é destinado a um público muito mais amplo e pode ser praticado por pessoas de oito a 80 anos de idade. Inclusive, o boxe é um esporte que traz inúmeros benefícios para a saúde e o bem-estar e, ao contrário do que muitos acreditam, não incita a violência”, afirma Amaro.

De acordo com a psicóloga Fernanda Fadiga, coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, além de trazer benefícios físicos, como o ganho de massa magra, a melhora da composição sanguínea e a consequente redução de colesterol e triglicerídeos, o Boxe para idosos é uma atividade que traz benefícios também para a mente. “Buscamos unir atividade física, diversão e criatividade. Nosso objetivo é manter nossos idosos motivados, ativos e preparados para o retorno às atividades presenciais na Melhor Idade. Não tem o contato direto, nem ringue. A aula consiste em uma série de atividades funcionais, bem como exercícios cardiovasculares. Como estamos oferendo as aulas via WhatsApp, os idosos conseguem realizar as atividades com os materiais disponíveis em casa, como cadeira, degrau, pacote de feijão como ‘pesinhos’”, afirma ela.

Atualmente, o CCMI Remanso Campineiro conta com cerca de 1100 idosos cadastrados. As atividades são oferecidas no CCMI do Jd. Amanda também. Lá há aproximadamente 500 idosos inscritos.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia