Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura apresenta PIC para idosos do Centro da Melhor Idade

Publicado

em

Atividade, realizada nesta quarta-feira (17), reuniu mais de 300 pessoas

Mais de 300 idosos participaram, nesta quarta-feira (17), no CCMI (Centro de Conveniência da Melhor Idade) do Remanso Campineiro, da reunião para apresentação do programa da Prefeitura que vai mudar a vida de Hortolândia em todos os setores, o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento). O programa prevê investimentos de mais de R$ 400 milhões, em mais de 100 obras que integrarão todos os bairros da cidade.

“Queremos que os moradores de Hortolândia se empoderem da cidade com o PIC porque o cidadão é parte desta ação. As pessoas vão ter acesso a todas as informações sobre o que a Prefeitura realiza em todas as áreas, intervenções que vão melhorar a vida de todos. Se a população sabe onde a cidade vai, ela cresce com a cidade”, observa o prefeito Angelo Perugini, que realizará mais de 20 reuniões, em todas as regiões da cidade, para apresentar os detalhes do PIC.

O trabalho para viabilizar os recursos financeiros que colocarão o PIC em prática começou em 2017. O plano de ação, que garantiu investimentos do banco CAF, dos governos federal e estadual, é resultado das necessidades apontadas pela própria população, em todas as áreas do serviço público municipal.

O PIC prevê  investimentos em obras e serviços que irão mudar a cara da cidade e aumentar a qualidade de vida, geração de emprego e renda da população. O objetivo é que o município cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 20 anos.

Investimentos em todos os setores

O maior volume das intervenções previstas no PIC está em mobilidade urbana. Serão construídas novas ruas, pontes, viadutos e acessos viários, além da realização de obras de asfalto, recapeamento, sinalização e drenagem. Dados da Secretaria de Obras indicam que serão realizadas intervenções viárias em cerca de 63 mil metros de vias, ação que proporcionará novas ligações entre bairros, ampliação e prolongamento de ruas já existentes e abertura de novos caminhos. Uma das ações será a liberação da Ponte da Esperança (Estaiada) para o tráfego de veículos, por meio da continuidade das obras do Corredor Metropolitano.

Haverá também a duplicação da avenida São Francisco de Assis, desde o Jd. São Felipe até a Vila Real, e da Estrada Teodor Cundiev, no bairro Chácaras Recreio Alvorada. Entre as pontes que serão construídas está a de ligação do Jd. Novo Cambuí ao Parque Gabriel, passando por cima do Parque Lago da Fé. 

Na Educação, a ampliação de escolas possibilitará a criação de 800 novas vagas em creches. Além disso, o Programa de Educação Integral será ampliado para as 28 Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) do município, atendendo mais de 6.400 crianças com atividades no contraturno das aulas. O município ainda investe em merenda, garantindo alimentação de qualidade aos alunos, com arroz, feijão, carne, legumes, frutas e suco, todos os dias. A Prefeitura também articula junto ao Governo do Estado a implantação de uma Fatec (Faculdade de Tecnologia de São Paulo) na cidade, e garante por meio do Cursinho Popular, a preparação de jovens e adultos para vestibulares e para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Na área da Saúde, a reforma e ampliação do Hospital é um dos principais investimentos, pois garantirá uma unidade de saúde moderna e mais qualidade no serviço prestado à população. Há recursos garantidos, ainda, para ampliação das equipes de saúde da família, implantação de farmácias em todas as UBS (Unidades Básicas de Saúde), e a entrega de mais uma unidade de saúde no Parque das Figueiras para atendimento de moradores da região do Jd. São Sebastião.

A iluminação pública e a segurança  receberão investimentos, como a troca de lâmpadas de 22 mil pontos de iluminação pública por luminárias LED, que garantem maior luminosidade e asseguram ambientes menos vulneráveis à criminalidade. O município também ampliará o sistema de videomonitoramento e a rede de dados em fibra ótica. Há também projetos nas áreas esportiva e cultural, de desenvolvimento urbano e econômico, de habitação e de inclusão social.

Parques

O meio ambiente também tem espaço garantido no PIC, com projetos para para 11 intervenções, que vão ampliar a área verde em 417 mil metros quadrados, o equivalente a 1,88 metros quadrados por habitante. Estão previstos cinco novos parques lineares, que vão criar um corredor ecológico na cidade, desde o Parque Socioambiental Irmã Dorothy Stang, no Jd. Nossa Senhora de Fátima, contornando a cidade pelo Jd. Novo Ângulo. Jd. Carmem Cristina, região central, Parque Gabriel, Jd. Santa Fé, Jd. Santa Clara, até a lagoa que fica atrás da EMS, no residencial Maria de Lourdes. A ação proporcionará a recuperação de nascentes e matas ciliares, além de garantir novos espaços de lazer à população, com uma ciclovia e pista de caminhada contínuas, de cerca de 10 km, unindo todas estas áreas.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Campeonatos Infantil e Mirim começam no dia 20

Publicado

em

Oito equipes disputam competição, que neste ano permitirá inscrição de meninas

Após a realização do congresso técnico, a Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Esporte, definiu os grupos (ver abaixo) e a fórmula de disputa do campeonato de futebol das categorias Infantil (nascidos em 2007 e 2008) e Mirim (nascidos em 2009 e 2010).

A competição começa no sábado (20/08) com previsão de encerramento no dia 24 de setembro. Pela categoria Mirim, as partidas são disputadas em dois tempos de 25 minutos cada, enquanto no Infantil os jogos durarão dois tempos de 30 minutos. De acordo com a Secretaria de Esporte, neste ano, o diferencial será a permissão para a inscrição de meninas nos times que disputarão o campeonato.

A competição será disputada por oito times que serão divididos em dois grupos com quatro equipes em cada um. Os times jogarão entre si, dentro do próprio grupo. Ao final da primeira fase, o líder de cada grupo já está classificado automaticamente para as semifinais. Já as equipes que terminarem em segundo e terceiro na classificação, respectivamente, disputam as outras duas vagas para a semifinal. “Na próxima semana mais uma etapa do futebol de Hortolândia será iniciada com a disputa das categorias Infantil e Mirim. Estes jovens que sonham em ser jogador de futebol estarão mostrando o talento nos campos e, acima de tudo, se divertindo. O esporte é um importante meio de construir amizades e promover a inclusão social”, comenta o secretário de Esporte, Gléguer Zorzin.

Confira os grupos das categorias Infantil e Mirim

GRUPO A: Bola de Ouro, Ases de Ouro, Projeto Revolução Esmeralda e Raça Sport

GRUPO B: Audax, Projeto Águia, Projeto Hortolândia e Canarinho

Calendário do futebol recheado

O calendário do futebol em Hortolândia está cheio de torneios até o final deste ano. No momento, acontecem as disputas da fase final da primeira e segunda divisões  do Campeonato Amador e das categorias Master e Super Master.  Em outubro, a previsão é de início das competições nas categorias Veterano (jogadores à partir dos 35 anos de idade) e da terceira divisão do Campeonato Amador. Para fechar o calendário do futebol 2022 em Hortolândia, em novembro, devem acontecer as disputas das categorias Juniores (19 e 20 anos) e Juvenil (16 e 18 anos).

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura instala guarda-corpo e intensifica concretagem de calçada na Ponte do Morete

Publicado

em

Local recebe grande fluxo de pessoas e veículos e faz a ligação de duas regiões de Hortolândia

A revitalização realizada por equipes da Prefeitura de Hortolândia na ponte localizada na avenida João Coelho, na região do Jardim Nossa Senhora de Fátima, conhecida como Ponte do Morete continua intensificada. Diversas ações de melhorias acontecem no local desde o início do mês. Agora, paralelo a concretagem da calçada, a Administração Municipal instala guarda-corpo, proteção de ferro com o objetivo de evitar quedas. A Ponte do Morete é uma importante ligação da região do Fátima até o Jardim Sumarezinho e outros bairros do lado oposto da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101).

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, além da concretagem da calçada e da instalação do guardo-corpo, outras ações na estrutura da ponte, que vão desde a instalação de novos gradis de proteção, maiores, para facilitar a travessia de pedestres até o reforço da pintura, nivelamento do asfalto, poda do mato e do galho das árvores em uma área verde sob a ponte e a Operação Tapa-Buraco já aconteceram. “A ponte recebe um grande fluxo de veículos e pedestres para acessar diferentes locais da cidade. Por isso, a realização destes serviços é importante, em diversos aspectos, para a população. Todos estes trabalhos tem o objetivo de evitar acidentes e danos à veículos. Os trabalhos continuam nos próximos dias”, explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos, Marcos Panício, o Mercadão.

 

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Pontos MIS realiza oficina on-line sobre o cineasta Eduardo Coutinho

Publicado

em

Atividade será nos dias 23, 24 e 25 deste mês, das 19h às 21h

Na história do cinema brasileiro, Eduardo Coutinho (foto) é um considerado um dos principais documentaristas. Para a crítica, sua obra prima é “Cabra marcado para morrer”, de 1984. O cineasta é o tema da oficina on-line “Eduardo Coutinho: o documentarista do povo”, realizada pelo Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) e a Prefeitura de Hortolândia. A oficina está com inscrições abertas por meio deste LINK. A atividade acontecerá nos dias 23, 24 e 25 deste mês, das 19h às 21h.

A oficina abordará a vida, a obra e a carreira do cineasta. Coutinho buscou mostrar pessoas simples, enfatizando suas histórias, característica que o tornou referência em documentário. Por isso, a oficina também destacará o método e o processo criativo do cineasta, bem como aspectos importantes de sua filmografia. A atividade será ministrada pela professora Nathalie Hornhardt. A profissional tem extensa atuação nas áreas de rádio, televisão e internet, além de também ser atriz e roteirista. É integrante do grupo de pesquisa “Juvenália: questões estéticas, geracionais, raciais e de gênero na comunicação e no consumo”. É autora do livro “Quando o Santo é forte: uma discussão sobre a insuficiência humana no documentário de Eduardo Coutinho”.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Populares