Connect with us

Nossa Cidade

Operação Inverno buscará acolher pessoas em situação de rua

Publicado

em

 

A fim de auxiliar quem está na cidade em situação de rua, nestes dias de inverno, com temperaturas que atingem nove graus Celsius na madrugada, a Prefeitura de Hortolândia realiza, a partir desta quarta-feira (10/07), a Operação Inverno. Três equipes, compostas por assistente social, psicólogo, motorista e pessoal de apoio, percorrerão a cidade para oferecer acolhimento provisório a homens e mulheres que vivem pelas ruas da cidade. Levantamento feito pela Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social aponta que há cerca de 30 pessoas nesta situação, atualmente, em diversas regiões da cidade, tais como Centro, Jd. Amanda e Jd. Rosolen.

O acolhimento de quem aceitar o serviço voluntário será feito, por enquanto, no Instituto Esperançar, entidade social parceira da Prefeitura, localizada na Rua Francisco Guimarães de Oliveira, 40, no Remanso Campineiro. Lá, homens e mulheres poderão tomar banho e fazer duas refeições (jantar e café da manhã), receberão produtos de higiene pessoal, agasalho e cobertor, além de colchão para passar a noite aquecidos e seguros. Um diferencial é que será permitido levar o animal de estimação até o local. Porém, será necessário seguir regras, dentre elas não portar armas brancas, não ingerir bebidas alcoólicas nem drogas, nem estar em conflito com a lei.

Segundo o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno, além de acolher estas pessoas em vulnerabilidade social durante os meses de frio, a Administração Municipal busca atualizar o cadastro de pessoas em situação de rua, encaminhá-las a serviços públicos de assistência social e saúde pública, tais como CAPs (Centros de Atenção Psicossocial), CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), emissão de cartão cidadão e documentação pessoal, adesão ao programa Bolsa Família, dentre outros, e sempre que possível, reestabelecer laços afetivos, recambiando-as a eventuais núcleos familiares. “Queremos que estas pessoas possam viver dignamente, aqui ou na cidade de origem. O objetivo principal é este: oferecer uma condição digna a estas pessoas, para que possam ser tratadas com mais respeito e dignidade. Mas também conscientizá-las de que podem ter um futuro, retornar à família, e a Prefeitura está disposta a fazer todo este preparo de retorno à família, inseri-las nos programas sociais para que elas tenham um mínimo de condições de se reinserir na sociedade e não viver mais em situação de rua. É claro que isso é uma adesão voluntária, mas o trabalho de conscientização será feito por profissionais da área de assistência social e da psicologia”, afirma o secretário.

O acolhimento, provisório, será feito no Instituto Esperançar até que fique pronta a obra de reforma e adequação de espaço próprio, no Jd. Novo Estrela, onde será implantado o primeiro Albergue Municipal.

Rede de solidariedade

A Prefeitura aceita doações voltadas aos abrigados. Quem quiser auxiliar poderá doar colchões e cobertores em bom estado, produtos de higiene pessoal (escovas de dente, creme e fio dental, pentes ou escovas de cabelo, toalhas de rosto, sabonete, xampu e condicionador) diretamente ao Instituto Esperançar, das 18h às 7h, ou ao Funsol-Hortolândia (Fundo de Solidariedade), que funciona dentro do HORTOFÁCIL, na Região Central. Também será aceita a presença de voluntários que desejem preparar refeições ou mesmo conversar e realizar atividades de lazer junto aos abrigados.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Palestra on-line sobre compras públicas para empreendedores ainda está com inscrições abertas

Publicado

em

Atividade será realizada no dia 17 deste mês, às 19h

Empreendedores que têm micros ou pequenas empresas também têm a possibilidade de realizar vendas para o poder público. Para quem quer saber como atuar nessa área, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o Portal de Compras Públicas e a Prefeitura de Hortolândia promovem a palestra on-line “Como vender para o poder público”. As inscrições devem ser feitas por meio deste LINK.

Para se inscrever, é necessário informar o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) da empresa. A palestra será ao vivo, no dia 17 deste mês, às 19hs. Os participantes receberão certificado.

De acordo com uma pesquisa do Sebrae, entre 2018 e 2021, as contratações de bens e serviços realizadas por órgãos públicos federais, estaduais e municipais movimentaram cerca de R$ 494 bilhões no Brasil. Desse total, R$ 129,4 bilhões (26%) correspondem aos pequenos negócios.

A palestra mostrará como funciona o processo de compras feitas pelo poder público e conhecerão benefícios que a lei oferece para MEIs (micro empreendedores individuais), MEs (micro empresas) e EPPs (empresas de pequeno porte).

Os empreendedores também aprenderão como participar de licitações e pregões. Outro assunto importante que será abordado são as mudanças na nova lei federal de licitações (Lei Nº 14.133), promulgada em abril de 2021, que deverá ser obrigatoriamente aplicada nos municípios até abril de 2023.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia segue com busca ativa e eliminação de criadouros de Aedes aegypti, nesta semana

Publicado

em

Equipes da Prefeitura realizam ação casa a casa nas regiões do Jardim Everest e Jardim Novo Ângulo

Hortolândia se mantém vigilante no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de Dengue, Chikungunya, Zika, dentre outras doenças. Nesta semana, a UVZ (Unidade de Vigilância de Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, percorre as regiões do Jardim Everest e Jardim Novo Ângulo com a ação casa a casa.

Os agentes visitam os imóveis para fazer busca ativa e eliminação de possíveis criadouros do Aedes aegypti. O objetivo é eliminar o mosquito ainda na fase larval. Caso sejam encontradas larvas, algumas delas são recolhidas para identificação em laboratório. De acordo com a UVZ, 80% dos focos de criadouros do inseto estão nas casas das pessoas.

A UVZ reforça a orientação para que os moradores permita a entrada dos agentes em suas casas para fazer o trabalho. Os agentes estão identificados com crachá e uniforme. A Prefeitura ainda orienta as pessoas para ficarem atentas contra golpes. Nas visitas, os agentes não solicitam nenhum dado bancário ou informação pessoal dos moradores. Eles entram nas casas somente para realizar a ação. Em caso de dúvidas e para saber em quais regiões será realizada a ação casa a casa, os moradores podem entrar em contato com a UVZ pelos telefones (19) 3897-3312 ou (19) 3897-5974.

Cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti

A UVZ reforça para que a população mantenha os cuidados para evitar a reprodução do Aedes aegypti. É importante que os moradores façam sua parte e colaborem para ajudar a manter baixo o nível de infestação do Aedes aegypti. O órgão realizou a ADL (Análise de Densidade Larvária), que mede a quantidade de larvas do mosquito encontradas em imóveis da cidade, no mês passado. O índice foi 0,9, considerado baixo.

Dentre as principais medidas a serem adotadas pelos moradores estão:

– Fazer regularmente a limpeza de quintais, jardins e áreas externas das casas. Nesses locais é importante também verificar e recolher materiais, recipientes plásticos, baldes, garrafas PET, entre outros objetos, que possam acumular água parada. Essa é a condição favorável para a fêmea do mosquito depositar os ovos que darão origem a mais mosquitos;

– Colocação de telas em ralos e mantê-los limpos;

– Encher os pratinhos que ficam embaixo de vasos de plantas com areia até a borda para evitar o acúmulo de água parada; 

– Moradores de imóveis com laje exposta sem teto devem verificar se, após chuva, houve acúmulo de água na laje e façam a retirada da mesma.

A população pode ainda ajudar no combate ao mosquito ao fazer o descarte correto de resíduos e recicláveis nos PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura que ficam em diferentes regiões da cidade. Atualmente, Hortolândia conta com 12 PEVs.

Sintomas

Caso o morador apresente algum dos sintomas de Dengue, Chikungunya ou Zika, a Prefeitura orienta para que ele procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) de referência ou mais próxima de onde mora para receber atendimento adequado, possibilitando que a Secretaria de Saúde faça a notificação correta do caso.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica, o município registra neste ano 2.626 casos notificados de Dengue, dos quais 1.021 positivos e um óbito. Já de Chikungunya são cinco casos notificados, sendo dois positivos (casos importados). Neste ano, o município ainda não registra nenhuma notificação de Zika e nenhum óbito de Zika ou Chikungunya.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia promove encontro de influencers

Publicado

em

Os inscritos que receberem mais curtidas serão premiados; evento será no dia 20 deste mês, com workshop e show da tiktoker Bruna Volpi

Você é influencer e tem muitos seguidores nas redes sociais? Então, você poderá ficar ainda mais conhecido. A Prefeitura de Hortolândia realizará um encontro de influencers, no dia 20 deste mês. Quem quiser participar, tem que fazer inscrição por meio deste LINK. O prazo de inscrições se encerrará nesta quinta-feira (11/08), às 16h30. Podem se inscrever influencers com idade mínima de 10 anos de idade. Caso o influencer seja menor de idade, a família ou o responsável deverão fazer a inscrição.

Os influencers inscritos também participarão de uma eleição. Para isso, os influencers deverão enviar uma foto na posição horizontalna qual apareçam em algum ponto turístico de Hortolândia, praça, monumento ou local que valorize a cidade. O regulamento está disponível no site Mapa da Cultura, da Secretaria de Cultura.

A votação será feita por meio de curtidas (“likes”) nas fotos de cada influencer. As fotos serão postadas no Instagram da Secretaria de Cultura. Os influencers que conseguirem mais “likes” serão premiados com troféus. No ato da inscrição, o influencer deverá enviar um print com o número de seguidores que tem.

A eleição será dividida em três categorias: 

– Categoria 1: De 2.000 a 5.000 seguidores

– Categoria 2: De 5.001 a 10.000 seguidores

– Categoria 3: De 10.001 a 20.000 seguidores

Por isso, quem se inscrever primeiro, terá mais tempo de exposição para receber as curtidas. Em caso de empate de curtidas entre dois ou mais influencers, o critério de desempate favorece o card do influencer com maior número de compartilhamentos. O resultado dos vencedores será divulgado no dia do encontro. Os influencers com mais likes receberão troféus especiais. Todos os demais influencers que participarem da eleição também receberão troféus.

Workshop e show com a tiktoker Bruna Volpi 

A Prefeitura realizará o encontro no dia 20 deste mês, às 18h. O evento será no Teatro Elizabeth Keller de Matos, que fica na Unidade Cultural Arlindo Zadi, localizada na rua Graciliano Ramos, 280, Jardim Amanda. A Prefeitura reforça que é obrigatório o uso de máscara no encontro.

O encontro terá workshop e show com a cantora e tiktoker Bruna Volpi (foto). A artista tem 83.000 seguidores no Instagram, além de ser bastante ativa nas redes sociais e ter agenda de shows movimentada. Bruna começou os estudos musicais aos 8 anos. Formada em canto e música em instituições prestigiadas do país, a cantora já lançou dois discos, “Retrato” (2018) e “Contrariando a regra” (2019). Outro trabalho marcante é o EP (extended-play), de 2019, em parceria com o sambista e compositor Nelson Rufino. Em 2021, lançou a música “Cara de pau”. 

O secretário de Cultura, Régis Athanázio Bueno, destaca que o encontro visa valorizar e reconhecer o trabalho de influencers que ajudam a construir e a edificar as narrativas da cidade. “O encontro incentiva os criadores de conteúdo e contribui com a visão estratégica do marketing de influência. Hortolândia é um celeiro de pessoas que estão atualizadas com as profissões do futuro e que já são realidade na internet”, destaca Bueno.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Populares