Hortolândia continua com ações referentes ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho. A Prefeitura realiza, nesta semana, o plantio de mudas de árvores no canteiro central da rua Sebastião Lázaro da Silva, no Jardim Nossa Senhora de Fátima. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, são plantadas no local cerca de 50 mudas de lofantera, espécie considerada ideal para fins paisagísticos em ambientes urbanos. 

O plantio de árvores prosseguirá nos próximos dias no parque socioambiental Lago da Fé, localizado na avenida Joaquim Martarolli, atrás do prédio da Câmara Municipal. No mês passado, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável iniciou os trabalhos no parque com a escavação dos chamados “berços”, que são os buracos onde serão plantadas as mudas de árvores. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, com essas duas ações de plantio, a cidade ganhará cerca de 1.000 árvores.  

ARBORIZAÇÃO URBANA

Também no mês passado, a Prefeitura de Hortolândia iniciou outras duas importantes ações ambientais. São os levantamentos de espécies de árvores e de nascentes de rios existentes no município. Os inventários são importantes para a Administração Municipal planejar ações para preservar esses recursos naturais e, assim, garantir melhor qualidade de vida para a população. Os levantamentos são executados pela empresa Planos Engenharia, contratada pela Prefeitura.

A ação ocorre em função do Termo de Cooperação Técnica firmado pela Prefeitura e o banco internacional CAF (Corporação Andina de Fomento). De acordo com o termo, a preservação do meio ambiente é a contrapartida da Administração Municipal para os empréstimos obtidos junto ao banco internacional para a realização de obras e intervenções do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), cujos recursos têm sido utilizados em intervenções de infraestrutura e mobilidade urbana para a retomada do desenvolvimento econômico da cidade e oferta de mais qualidade de vida.

Os levantamentos consistem em trabalho de campo feito pelas equipes da empresa contratada. No caso do levantamento das árvores, as equipes circulam na cidade para levantar a quantidade e a localização dos exemplares, identificar a espécie e verificar o estado de conservação delas. O levantamento é por amostragem. As equipes irão listar uma determinada quantidade de árvores por região da cidade.

A partir dos dados obtidos pelo levantamento de árvores, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável elaborará o plano de arborização urbana. O inventário permitirá, por exemplo, mapear quais as regiões da cidade que estão com déficit de arborização urbana.

Já o levantamento de nascentes de rio visa atualizar a quantidade desses recursos hídricos existentes na cidade. De acordo com o Plano Diretor Ambiental realizado em 2010 pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, naquela época a cidade tinha 235 nascentes de rio. As equipes da empresa contratada vão aos locais apontados pelo Plano Diretor Ambiental para confirmar se as nascentes ainda existem ou não, identificá-las e determinar se estão em área pública ou particular. O detalhamento técnico do inventário é feito por um geólogo da empresa contratada. De acordo com a empresa Planos Engenharia, os levantamentos devem ser concluídos no final deste mês.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia