A medida de isolamento social adotada para conter a disseminação do Coronavírus na cidade pode provocar a ocorrência de casos de abuso e/ou violência sexual contra pessoas vulneráveis, em especial mulheres, crianças e adolescentes. O alerta à população, feito pela Prefeitura de Hortolândia, vem do Departamento de Saúde Mental, órgão da Secretaria de Saúde. 

Casos como estes podem ser denunciados pelos números 153 da Guarda Municipal, órgão da Secretaria de Segurança; 3965-1472 do Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres, órgão da Secretaria de Governo; e pelos números Disque 100 e Disque 180.

A Secretaria de Saúde ainda informa que acolhe e atende vítimas de abuso e/ou violência sexual nas três UPAS-24h (Unidades de Pronto Atendimento), nas 17 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), nos três CAPS (Centros de Atenção Psicossocial – CAPS Vida, CAPS Álcool e Drogas e CAPS Infância e Juventude) existentes no município e no Hospital Municipal Mario Covas.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorGoverno de SP lança o Poupa Tempo Digital
Próximo artigoRetroescavadeira cai de carreta no bairro Villagio Giraldelli