Quer diminuir a proliferação do Aedes aegypti? Então, aproveite o período do inverno, que começará no próximo mês, para reforçar os cuidados para eliminar os criadouros do mosquito. Esta é a orientação da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Prefeitura de Hortolândia, vinculado à Secretaria de Saúde.

O veterinário do órgão, Evandro Alves Cardoso, salienta que é importante a população estar atenta e manter os cuidados no combate ao Aedes aegypti. “Com a proximidade do inverno, os moradores devem manter o foco na eliminação dos criadouros do mosquito, uma vez que, naturalmente, a quantidade de mosquitos adultos em circulação diminui nessa época do ano. Assim, por ser o período mais frio do ano, conseguimos diminuir a infestação de ovos e larvas do mosquito que vão crescer e causar a transmissão da Dengue, Chikungunya e Zika no próximo verão”, salienta Cardoso. 

Assim, a população deve fazer sua parte no combate ao Aedes aegypti. Para evitar o acúmulo de água parada em casa, condição favorável para a reprodução do mosquito, a UVZ recomenda cuidados simples, tais como manter tampados tonéis, barris e caixas d’água, colocar telas em ralos e mantê-los limpos, deixar garrafas com a boca virada para baixo e encher os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda. De acordo com o órgão, cerca de 80% dos focos de Dengue estão nas casas das pessoas. 

Outra atitude da população que ajuda no combate ao mosquito é evitar fazer o descarte irregular de resíduos em vias e áreas públicas e em terrenos baldios. A Prefeitura reforça a orientação para que a população faça o descarte de resíduos e materiais reaproveitáveis nos 11 PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura.

CASA A CASA 

A Prefeitura de Hortolândia continua a fazer parte do combate à Dengue com ações de eliminação do Aedes aegypti. Uma delas é o casa a casa. Nesta semana, a UVZ fará o trabalho no Jardim Amanda, região que concentra a maior quantidade de moradores do município. Em função disso, a UVZ estará com duas equipes na região. 

Na ação de casa a casa, os agentes da UVZ visitam as casas dos moradores para fazer a busca ativa e a eliminação de possíveis criadouros do Aedes aegypti. A ação é para eliminar o mosquito ainda na fase de larva. Caso sejam encontradas larvas, algumas delas são recolhidas para identificação em laboratório. Em virtude das condições climáticas verificadas pela UVZ nesta segunda-feira (31/05), com predomínio de ventos fortes, a ação de nebulização não será realizada. A operação realizada frequentemente consiste em espalhar um tipo de inseticida no ar, para eliminar mosquitos adultos. De acordo com o veterinário Evandro Alves Cardoso, a ocorrência de ventos não é propícia para a nebulização, uma vez que diminui a eficácia da ação.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde, o município registra neste ano 918 notificações de casos de Dengue, das quais 343 positivos, 426 negativos, 149 aguardam resultado e nenhum óbito; e 3 notificações de Chikungunya, das quais 1 positivo e dois negativos.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia