Encerram-se, nesta quinta-feira (04/03), as inscrições para o “Curso de prevenção e enfrentamento à violência sexual contra a criança e o adolescente”, promovido pela Prefeitura de Hortolândia. A formação, gratuita, é voltada a gestores, professores e educadores de escolas municipais de Educação Infantil, bem como das unidades conveniadas, por meio do programa Bolsa Creche. 

Segundo a EGPH (Escola de Gestão Pública de Hortolândia), da Secretaria de Administração e Gestão de Pessoal, responsável pelas inscrições, ainda há vagas disponíveis. Serão abertas duas turmas, com 50 vagas em cada uma delas. As informações estão disponíveis nos editais publicados na edição 1.132 do Diário Eletrônico do Município, no dia 22 de fevereiro.

O requerimento de inscrição, disponível no link https://publicacoesmunicipais.com.br/eatos/hortolandia, já preenchido e assinado, deve ser enviado para o e-mail
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
. Dúvidas acerca do edital e dos procedimentos de inscrição poderão ser esclarecidas pelo telefone 3965-1423, ramais 6947 e 6953 ou pelo mesmo e-mail de inscrição.

O curso, de 40 horas/aula, será ministrado pela psicóloga Ana Lúcia Denadai Schmidt, de maneira remota, em razão da pandemia do Coronavírus. Serão utilizadas as plataformas Moodle e Zoom Meeting. Ao longo dos oito módulos, haverá vídeo aulas, com 30 minutos de duração; aulas online, com duração de duas horas; e questões para resolução e estudos disponibilizadas aos participantes. O curso começa no dia 11 de março e se estende até 24 de junho.

Segundo a ementa disponibilizada, entre os objetivos da formação estão: sensibilizar e capacitar profissionais para atuarem frente a situações que envolvam violências, em especial abuso sexual a fim de minimizar suas consequências e estabelecer estratégias de prevenção; discorrer sobre todos os tipos de violências e suas consequências do desenvolvimento da criança e do adolescente; apresentar a legislação referente à temática do curso; desenvolver atividades reflexivas sobre sinais e sintomas da violência sexual; apresentar dados locais e a rede de enfrentamento; refletir sobre os desafios e perspectivas referentes à temática do curso.

“O ‘Curso de prevenção e enfrentamento à violência sexual contra a criança e o adolescente’ habilita nossos profissionais a desenvolverem trabalhos voltados à prevenção, identificação e combate ao abuso sexual infantil. É preciso ensinar às crianças que algumas condutas dos adultos não devem ser aceitas, configuram abuso. Por isso, é importante que os profissionais tenham clareza sobre a intervenção preventiva e dos tipos de violência contra a criança”, afirma a diretora de Educação Infantil, Simone Locatelli. 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia