Dentro das ações do programa Hortolândia Solidária, a Campanha do Agasalho 2021 foi oficialmente aberta, nesta quarta-feira (19/05), data em que o município completou 30 anos de emancipação política. O lançamento aconteceu durante a cerimônia de inauguração da nova sede do Funsol (Fundo Social de Solidariedade), localizada na Rua Benedito Francisco de Faria, 467, no Remanso Campineiro. O novo telefone da instituição é 3819-1005.

O evento contou com a presença do prefeito, José Nazareno Zezé Gomes; do secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, à qual a instituição se vincula, Francisco Raimundo da Silva, bem como de servidores, familiares e membros do Conselho do Fundo Social. A ex-deputada federal Ana Perugini também compareceu. Na ocasião, a primeira-dama e presidente do Funsol, Maria dos Anjos Assis Barros, recebeu da Câmara Municipal Moção de Congratulação, a pedido do vereador Edimilson Marcelo Afonso, o Zaca.

“Mesmo antes da inauguração desse espaço, o Fundo Social já vem trabalhando. Nesses últimos 30 dias, a Maria tem buscado, com a ajuda das secretarias municipais, parcerias junto a empresas, buscando matar a fome do nosso povo. Isso é muito importante, nesse momento tão difícil que atravessamos da pandemia. Vemos que os hospitais voltam a ficar lotados de novo e isso serve para cada um fazer uma reflexão, dia a dia.

Às vezes, pensamos que temos um cargo e somos o tal. Mas não somos nada. A vida é um sopro e, de repente, já foi; se interna hoje e já morre amanhã. Às vezes damos muito valor a coisas que não têm valor, porque o que mais tem valor é a nossa vida. É o ser humano viver bem, sem fome. Tem muitos irmãos com fome. Vemos que quem doava ontem hoje está precisando, por isso estamos conversando com todos, inclusive os comerciantes, para saber como estão. Esse é um momento de solidariedade”, ressaltou o prefeito Zezé Gomes, relembrando o legado e as circunstâncias da morte do ex-prefeito Angelo Perugini, vitimado em abril pela COVID-19.

Para o secretário Francisco Raimundo da Silva, o momento é de unir os esforços. “Tenho certeza de que todos os secretários estarão integrados nesta sua luta, porque a sua luta é a nossa luta e o compromisso com nossa população é importante. Temos que diminuir a desigualdade e fazer com que nós, da Secretaria de Inclusão Social, possamos agregar aquilo que é a política de assistência social, os direitos sociais, a busca da cidadania plena, de fazer com que haja nas pessoas o sentimento da autoestima, de ser protagonista e buscar os seus valores”, afirmou ele.

Segundo a presidente do Funsol, além das ações de assistência, como as campanhas emergenciais de coleta de alimentos e de agasalhos, o novo espaço será usado para desenvolver ações emancipatórias, promovendo cursos profissionalizantes, voltados aos segmentos atendidos, e fazer parcerias com OSCs (organizações da sociedade civil) para ampliar o atendimento, sobretudo em localidades de difícil alcance pela Prefeitura.

“Damos início à nossa Campanha do Agasalho, que já se estende pela cidade. Estamos inscritos na campanha do agasalho pela EPTV. Teremos também uma ‘live’ com a dupla Chico Amado e Xodó, que acontecerá no dia três de junho, a partir das 19h30, para arrecadar e, agora, nesta quinta-feira (20/05), a da Secretaria de Cultura, com artistas da cidade. O dia D será no dia 12 de junho. Vamos seguindo com grandes ações. Pretendemos trabalhar muito para fazer essa parte social da cidade”, ressaltou ela.

Em breve, o Funsol-Hortolândia divulgará os pontos de coleta de cobertores e gêneros alimentícios. Um deles é a nova sede da instituição, que fica a duas quadras da Emeif (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Zenaide de Lira Seorlin, também conhecida como “Bambino”. Anteriormente, a equipe atendia na central de serviços municipais HORTOFÁCIL, na Vila Real.

Campanha do Agasalho 2021

Promovida pelo FUSSP (Fundo Social de São Paulo) e abraçada pelo Funsol-Hortolândia, a Campanha do Agasalho 2021 visa arrecadar cobertores e agasalhos novos e usados, em bom estado, para doar a pessoas em vulnerabilidade social. A mobilização acontece até o dia 22 de setembro. Graças à parceria firmada com o Unasp (Centro Universitário Adventista de São Paulo), a lavagem de todos os cobertores usados coletados na campanha será feita por voluntários da instituição de ensino superior.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia