Connect with us

Nossa Cidade

Hortolândia terá desfile de modas inclusivo neste sábado (07/03)

Publicado

em

A inclusão entra na passarela, neste sábado (07/03), a partir das 14h, durante o 2° Desfile de Modas Inclusivo, que acontece na entrada principal do Shopping Hortolândia, no Remanso Campineiro. O evento, com entrada gratuita, é promovido pelo projeto Pernas Voluntárias de Hortolândia e tem o apoio da Prefeitura, por meio do Funsol-Hortolândia (Fundo Social de Solidariedade).

Segundo os organizadores, o evento visa proporcionar, por meio do mundo da moda, reflexão e sensibilização do público quanto à necessidade de inclusão social de pessoas com deficiência. A primeira edição, em setembro de 2019, contou com a presença das famílias dos participantes. A deste ano contará também com a participação de lojistas do Shopping, que cederão roupas para o desfile, e apoio da Gráfica Perfil.

“O 2° Desfile Inclusivo mostra que não existem barreiras e proporciona uma tarde de integração entre as pessoas, independente da sua condição física. Todas as parcerias em prol da dignidade do cidadão são importantes, principalmente aquelas que contribuem com a inclusão”, afirma a presidente do Funsol-Hortolândia, Leila Pereira Dobelin.

Para a fundadora do projeto Pernas Voluntárias, Cristiane Rocha, o evento é uma oportunidade de “promover um debate e despertar a atenção do universo fashion para uma moda mais abrangente e adaptada às pessoas com deficiência, além de chamar atenção sobre o fortalecimento dos direitos para este público”. 

 

SERVIÇO:

2° Desfile de Modas Inclusivo

Data: sábado, 07/03/2020

Hora: 14h

Local: Entrada Principal (C&A) do Shopping Hortolândia, R. José Camilo de Camargo, 5 – Remanso Campineiro

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Estão abertas inscrições para oficina on-line de animação e criação de personagens do Pontos MIS

Publicado

em

Atividade acontecerá nos dias 16, 18 e 19 deste mês

Se você sabe desenhar, que tal transformar seus desenhos numa história de animação? Você aprenderá a fazer isso na oficina on-line sobre animação e criação de personagens, promovida pelo programa estadual Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) em parceria com a Prefeitura de Hortolândia.

A oficina está com inscrições abertas por meio deste LINK. Podem se inscrever pessoas com idade a partir de 15 anos. A oficina será nos dias 16, 18 e 19 deste mês, das 19h às 21h. 

A oficina mostrará as etapas e as técnicas para realizar uma animação e como criar personagens. Serão ministrados exercícios práticos e simples. Para melhor entendimento dos aprendizes, o conteúdo da oficina será ilustrado com vídeos e apresentação de exemplos, decupagem, softwares e artes relacionadas à realização de um filme animado. O objetivo é propiciar ao aprendiz conhecimentos gerais sobre a criação de personagens e a produção de um filme em animação.

Para participar da oficina, são necessários os seguintes materiais: papel, régua de 30 centímetros, lápis e borracha.

A oficina será ministrada pelo desenhista Douglas Ferreira. O profissional iniciou sua carreira na adolescência, trabalhando na área de quadrinhos e como assistente de animação na empresa Disney Television, em séries como “Aladdin”, “Goofy Troop” e “New Bonkers”. Ainda na área de animação, atuou em vários filmes, entre os quais “Space Jam – Um novo legado”, “Asterix e os vikings”, “Uma história de amor e fúria” e a produção espanhola “Chico e Rita”, indicada ao Oscar de melhor animação, em 2012. Também já realizou os curtas metragens: “Anantara”, “Sonhos”, “A fuga” (foto), “O menino que sabia voar” e “O vampiro”. Atualmente, trabalha como diretor geral de animação e professor.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Palestra on-line sobre compras públicas para empreendedores ainda está com inscrições abertas

Publicado

em

Atividade será realizada no dia 17 deste mês, às 19h

Empreendedores que têm micros ou pequenas empresas também têm a possibilidade de realizar vendas para o poder público. Para quem quer saber como atuar nessa área, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o Portal de Compras Públicas e a Prefeitura de Hortolândia promovem a palestra on-line “Como vender para o poder público”. As inscrições devem ser feitas por meio deste LINK.

Para se inscrever, é necessário informar o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) da empresa. A palestra será ao vivo, no dia 17 deste mês, às 19hs. Os participantes receberão certificado.

De acordo com uma pesquisa do Sebrae, entre 2018 e 2021, as contratações de bens e serviços realizadas por órgãos públicos federais, estaduais e municipais movimentaram cerca de R$ 494 bilhões no Brasil. Desse total, R$ 129,4 bilhões (26%) correspondem aos pequenos negócios.

A palestra mostrará como funciona o processo de compras feitas pelo poder público e conhecerão benefícios que a lei oferece para MEIs (micro empreendedores individuais), MEs (micro empresas) e EPPs (empresas de pequeno porte).

Os empreendedores também aprenderão como participar de licitações e pregões. Outro assunto importante que será abordado são as mudanças na nova lei federal de licitações (Lei Nº 14.133), promulgada em abril de 2021, que deverá ser obrigatoriamente aplicada nos municípios até abril de 2023.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia segue com busca ativa e eliminação de criadouros de Aedes aegypti, nesta semana

Publicado

em

Equipes da Prefeitura realizam ação casa a casa nas regiões do Jardim Everest e Jardim Novo Ângulo

Hortolândia se mantém vigilante no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de Dengue, Chikungunya, Zika, dentre outras doenças. Nesta semana, a UVZ (Unidade de Vigilância de Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde, percorre as regiões do Jardim Everest e Jardim Novo Ângulo com a ação casa a casa.

Os agentes visitam os imóveis para fazer busca ativa e eliminação de possíveis criadouros do Aedes aegypti. O objetivo é eliminar o mosquito ainda na fase larval. Caso sejam encontradas larvas, algumas delas são recolhidas para identificação em laboratório. De acordo com a UVZ, 80% dos focos de criadouros do inseto estão nas casas das pessoas.

A UVZ reforça a orientação para que os moradores permita a entrada dos agentes em suas casas para fazer o trabalho. Os agentes estão identificados com crachá e uniforme. A Prefeitura ainda orienta as pessoas para ficarem atentas contra golpes. Nas visitas, os agentes não solicitam nenhum dado bancário ou informação pessoal dos moradores. Eles entram nas casas somente para realizar a ação. Em caso de dúvidas e para saber em quais regiões será realizada a ação casa a casa, os moradores podem entrar em contato com a UVZ pelos telefones (19) 3897-3312 ou (19) 3897-5974.

Cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti

A UVZ reforça para que a população mantenha os cuidados para evitar a reprodução do Aedes aegypti. É importante que os moradores façam sua parte e colaborem para ajudar a manter baixo o nível de infestação do Aedes aegypti. O órgão realizou a ADL (Análise de Densidade Larvária), que mede a quantidade de larvas do mosquito encontradas em imóveis da cidade, no mês passado. O índice foi 0,9, considerado baixo.

Dentre as principais medidas a serem adotadas pelos moradores estão:

– Fazer regularmente a limpeza de quintais, jardins e áreas externas das casas. Nesses locais é importante também verificar e recolher materiais, recipientes plásticos, baldes, garrafas PET, entre outros objetos, que possam acumular água parada. Essa é a condição favorável para a fêmea do mosquito depositar os ovos que darão origem a mais mosquitos;

– Colocação de telas em ralos e mantê-los limpos;

– Encher os pratinhos que ficam embaixo de vasos de plantas com areia até a borda para evitar o acúmulo de água parada; 

– Moradores de imóveis com laje exposta sem teto devem verificar se, após chuva, houve acúmulo de água na laje e façam a retirada da mesma.

A população pode ainda ajudar no combate ao mosquito ao fazer o descarte correto de resíduos e recicláveis nos PEVs (Pontos de Entrega Voluntária de entulho e outros materiais recicláveis) da Prefeitura que ficam em diferentes regiões da cidade. Atualmente, Hortolândia conta com 12 PEVs.

Sintomas

Caso o morador apresente algum dos sintomas de Dengue, Chikungunya ou Zika, a Prefeitura orienta para que ele procure a UBS (Unidade Básica de Saúde) de referência ou mais próxima de onde mora para receber atendimento adequado, possibilitando que a Secretaria de Saúde faça a notificação correta do caso.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica, o município registra neste ano 2.626 casos notificados de Dengue, dos quais 1.021 positivos e um óbito. Já de Chikungunya são cinco casos notificados, sendo dois positivos (casos importados). Neste ano, o município ainda não registra nenhuma notificação de Zika e nenhum óbito de Zika ou Chikungunya.

Fonte: Prefeitura

Continue Lendo

Populares