Hortolândia, realiza neste sábado e domingo (23 e 24/05), ação contra a Dengue nos bairros da região do Jardim Rosolen. No sábado, os agentes de saúde levarão orientações aos moradores do Jardim Santa Izabel, Jardim Ricardo e Jardim Nossa Senhora de Lourdes. No domingo, é a vez do Jardim Rosolen. Nas duas datas, haverá operação Cata Bagulho, com remoção de objetos que acumulam água, como pneus velhos, louças sanitárias quebradas e outros materiais inservíveis.

Neste ano, foram registrados 1.053 casos positivos de Dengue. A Região Central concentra o maior número de casos positivos. O número atual configura epidemia. Uma morte pela doença foi confirmada, em abril. A vítima é um homem de 88 anos, que faleceu no dia 6 de março.

Entre as ações realizadas pela Prefeitura para combater a Dengue estão os arrastões aos finais de semana para conscientização da população e retirada de criadouros do mosquito transmissor da doença. Todos os bairros da cidade já receberam os arrastões, que são contínuos. Durante a semana, acontece a ação casa a casa para orientação da população sobre como combater a Dengue, palestras em escolas, unidades de saúde e empresas com objetivo de divulgar as formas de prevenção, além de videoconferências para profissionais da saúde se atualizarem sobre a doença.

Uma novidade é que, desde o início do ano, as USFs (Unidades de Saúde da Família) estão realizando consultas para diagnóstico e acompanhamento de pessoas com Dengue, agilizando o atendimento dos casos suspeitos. Até o ano passado, este atendimento era atribuição das equipes de UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UPAs-24h (Unidades de Pronto Atendimento).

A Administração Municipal pede a colaboração da população no combate à Dengue. Quintais e residências devem estar livres de objetos que acumulem água. Vasos de plantas e vasilhas de animais devem ser observados constantemente. Garrafas de vidro precisam ser guardadas viradas para baixo e protegidas da chuva. Pneus velhos e outros materiais sem uso devem ser descartados corretamente, colaborando também para a proteção ambiental. Evitar a Dengue é um dever de todos.

Artigo anteriorFestival vai contar com praça de alimentação
Próximo artigoFormação continuada leva orientações sobre empreendedorismo a mulheres