Connect with us

Nossa Cidade

EMS comemora 55 anos de história com novo posicionamento de marca

Publicado

em

Em um momento em que a longevidade e a qualidade de vida estão no centro das discussões sobre saúde, a EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, no ano em que comemora 55 anos de história, anuncia a renovação de seu posicionamento de marca e a sua nova linguagem verbal e visual.

“Somos a farmacêutica que cuida e valoriza a vida das pessoas, pesquisa e desenvolve soluções inovadoras, acessíveis e de qualidade para todos: esse é o nosso novo posicionamento, que mostra o que de fato oferecemos ao mercado e que define a nossa posição competitiva”, afirma Josemara Tsuruoka, gerente de Marketing Institucional da EMS.

A intenção é se comunicar de uma maneira mais simples e se fazendo entender mesmo ao tratar de assuntos mais complexos, gerando engajamento e maior conexão com todos os públicos de relacionamento.

Por isso, a EMS passa a ter um tom de voz mais direto, próximo, questionador e, ainda assim, envolvente, que leva sempre em consideração no discurso o que já é a essência do laboratório na prática: o cuidado e a preocupação com as pessoas, bem como o compromisso com a promoção do bem-estar. Esse tom de voz nasceu da personalidade da marca EMS: desbravadora por natureza, consciente por convicção e humana por essência.

“A linguagem verbal está mais sucinta (é preciso falar tudo o que importa com poucas palavras), simples (sem ser simplória), consistente (de modo a fazer as perguntas certas, promover reflexões e não deixar questionamentos sem resposta) e conectiva (visando criar um laço genuíno e um diálogo transparente e sem ruídos, colocando-se no lugar de quem ouve e lê)”, diz Josemara.

A nova identidade visual tem a logomarca da EMS como ponto de partida e inspiração. O azul continua como cor principal, que garante a presença da marca, gera reconhecimento e identificação e será utilizado em uma grande variedade de tons.

A comunicação mais direta e próxima está também associada a novas diretrizes para o uso de elementos gráficos, tipografia e estilo fotográfico. Uma paleta de cores própria foi definida, com a inclusão do turquesa e do lilás, agregando mais vida à comunicação. Um conjunto de nove grafismos derivados da logomarca EMS foi criado como forma de demonstrar inquietude, dinamismo, movimento e a busca por transformações na vida das pessoas e nos negócios. O box passa a ser adotado e tem um papel importante na comunicação, delimitando os textos e garantindo a eles uma área de destaque. Além disso, ícones sintéticos e de fácil entendimento ganharam ainda mais espaço e versatilidade. Highlights foram incluídos com a função de valorizar cada “conversa”.

“A identidade visual também reflete a personalidade incansável, enérgica e ousada da EMS, que tem convicção em um futuro inspirador, paixão pelo trabalho de promover saúde e compromisso com a qualidade de vida das pessoas ao redor do mundo”, comenta a gerente de Marketing.

Essa comunicação alinhada às características da marca EMS e que direciona suas atitudes e tom de voz segue também a promessa da marca – “Viver bem é o melhor motivo”. “A nossa promessa é o que temos de mais inspirador. Para nós, ‘viver bem’ significa ‘viver com mais saúde’ e ‘o melhor motivo’ é tudo aquilo que nos impulsiona para a frente, que nos motiva e nos faz acreditar”, acrescenta Josemara. “Nós queremos nos fazer ainda mais presentes na vida das pessoas de um jeito próprio, verdadeiro, relevante e inconfundível”.

Com as mudanças, a EMS pretende destacar tudo o que faz e representa para as pessoas que acreditam que viver com mais saúde é viver com mais vida, ou seja, com brilho no olhar. O novo momento continuará reforçando mensagens bastante presentes na empresa, como o investimento em pesquisa, a expertise nessa área e o foco constante em inovação, sempre deixando evidente, em uma linguagem verbal e visual exclusiva, que o assunto da EMS é saúde e que saúde é essencial para quem quer viver com plenitude.

Com essa nova identidade verbal e visual padronizada, a empresa quer criar uma conexão entre as suas unidades de negócios (Prescrição, Genéricos, Marcas, OTC e Hospitalar), mostrando ao seu público que todas pertencem à EMS, uma empresa completa e única.

“Esse novo olhar, que refletiu em uma renovada linguagem verbal e visual para a EMS, é também extremamente importante para conseguirmos encurtar cada vez mais a distância entre nós, que pesquisamos, desenvolvemos e produzimos os medicamentos, e quem os prescreve, quem os comercializa e quem os consome”, explica Josemara.

Todo o projeto foi desenvolvido pelo Marketing Institucional da EMS, em parceria com a Interbrand, consultoria global de marca que oferece aos seus clientes experiências excepcionais por meio de uma combinação de estratégia, criatividade e tecnologia. Durante quase um ano, a consultoria realizou um amplo diagnóstico da marca EMS. Ouviu colaboradores, médicos, farmacêuticos, consumidores e parceiros de negócios, e elaborou com a EMS uma plataforma da marca que passa a nortear toda a comunicação do laboratório.

“Percebemos que mesmo a EMS sendo uma das maiores farmacêuticas do Brasil, a sua marca, por ter sido pioneira no segmento de genéricos no Brasil, ainda está muito associada a atributos relacionados a esse mercado. Nosso principal desafio é fazer com que as pessoas conheçam a verdadeira EMS, que é líder no setor farmacêutico como um todo e se destaca em diversas outras áreas de atuação. Além disso, é uma empresa que cresce, consolida-se cada vez mais e tem feito da inovação o grande foco de pesquisa e investimento para continuar crescendo e lançando produtos diferenciados e inéditos para a população. Neste sentido, a gestão da marca também precisa acompanhar essa evolução e demonstrar o atual momento como empresa inovadora em diversas frentes. Por isso, a importância desse projeto”, complementa Beto Almeida, CEO da Interbrand.

Sobre a EMS:

Maior laboratório farmacêutico no Brasil, líder de mercado há 13 anos consecutivos, pertencente ao Grupo NC. Com 55 anos de história e cinco mil colaboradores, atua nos segmentos de prescrição médica, genéricos, medicamentos de marca, OTC e hospitalar, fabricando produtos para praticamente todas as áreas da Medicina. Tem presença no mercado norte-americano por meio da Brace Pharma, empresa com foco em inovação radical. A EMS também investe consistentemente em inovação incremental, em genéricos de alta complexidade e é uma das acionistas da Bionovis, de medicamentos biotecnológicos – considerados o futuro da indústria farmacêutica. A empresa possui unidades produtivas em Jaguariúna (SP); em Brasília (DF); em Hortolândia (SP), onde funcionam o complexo industrial, incluindo o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, um dos mais modernos da América Latina, e a unidade totalmente robotizada de embalagem de medicamentos sólidos; e conta também com a Novamed, localizada em Manaus (AM), uma das maiores e mais modernas fábricas de medicamentos sólidos do mundo. A EMS exporta para mais de 40 países – www.ems.com.br

Sobre a Interbrand:

A Interbrand acredita que o crescimento é alcançado quando uma organização possui uma estratégia clara, oferecendo aos seus clientes experiências excepcionais por meio de uma combinação de estratégia, criatividade e tecnologia. Com uma rede de 18 escritórios em 14 países, a Interbrand é uma consultoria global de marca que ajuda a impulsionar o crescimento das marcas e negócios ao redor do mundo. Publica anualmente os estudos Best Global Brands, Breakthrough Brands e Marcas Brasileiras Mais Valiosas, além do canal de branding com maior relevância mundial, o brandchannel. Internacionalmente, a Interbrand faz parte do Grupo Omnicom Inc.

Nossa Cidade

Censo habitacional em condomínios resultará em ações da Prefeitura para atender crescimento populacional

Publicado

em

HortolandiaPredios

Ajuste no Plano Diretor de Hortolândia possibilitará implantar mais equipamentos públicos, como escolas, unidades de saúde e áreas de lazer
 
Construir uma cidade sustentável, com equipamentos públicos que atendam de forma satisfatória seus moradores. Este é um dos critérios para um município ser considerado cidade inteligente. Com foco neste objetivo, a Prefeitura de Hortolândia iniciou a aplicação de uma pesquisa junto aos empreendimentos habitacionais particulares, implantados em diversos bairros da cidade.

Com base neste censo habitacional, a Administração Municipal terá um diagnóstico da densidade populacional das áreas de condomínios, para que novos serviços públicos sejam implantados para atender esta demanda, como escolas, unidades de saúde e áreas de lazer.
 
De acordo com o secretário adjunto de Planejamento Urbano, Eduardo Marchetti, o censo habitacional nas áreas de condomínios deve ser concluído ainda neste ano. “A apuração inclui informações sobre quantidade de pessoas por residência, idade, se estes moradores têm plano de saúde ou se utilizam a rede pública de saúde, se frequentam escola, se trabalham no município, entre outros dados importantes para o planejamento de ações para atender o crescimento populacional. Com base nestas informações, vamos readequar o Plano Diretor de Hortolândia, estabelecendo novas metas para serem executadas a médio prazo, em cerca de 5 anos”, destacou Marchetti.
 
De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, a ação atende as recomendações do Projeto Andus (Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável). Hortolândia é uma das seis cidades brasileiras participantes do projeto Andus de cooperação entre o governo federal brasileiro e a Alemanha, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH (Agência de cooperação técnica alemã). A parceria proporciona transferência tecnológica, capacitação de servidores e ferramentas para a implementação do Plano Diretor em Hortolândia, de modo a tornar o município cidade modelo de sustentabilidade.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura repassa recursos para entidades assistenciais do município

Publicado

em

inclusão

Entidades atendem cerca de 900 pessoas em situação de vulnerabilidade social

A pandemia do Coronavírus tem deixado muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social. Em Hortolândia, essas pessoas são atendidas por entidades assistenciais, parceiras da Prefeitura. Para ajudá-las a manter suas atividades, a Administração Municipal irá subvencionar 12 organizações sociais do município.

Nesta segunda-feira (25/10), representantes das 12 entidades se reuniram com a Prefeitura para a assinatura dos contratos. O encontrou contou com a presença do secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, e do CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social).

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, essa subvenção é o repasse anual que a Prefeitura realiza para entidades assistenciais da cidade. Os recursos são provenientes do próprio município. O órgão definiu as entidades que vão receber os recursos.

Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, as entidades têm o prazo de quatro meses para utilizar os recursos. Posteriormente, devem fazer a prestação de contas para a Prefeitura. As 12 entidades atendem cerca de 900 pessoas em vulnerabilidade social.

Confira abaixo as 12 entidades contempladas com os recursos:

– Instituto Esperançar

– ASBAFE (Associação Batista Fruto da Esperança)

– ABPV (Associação Beneficente Pedra Viva – Centro de Treinamento Integral Moriah)

– Associação dos Patrulheiros e Guarda Mirim de Hortolândia

– Associação Instituto das Irmãs Missionárias da Imaculada Rainha da Paz (Casa Betânia da Paz)

– Associação Casa da Criança Feliz

– CCSP (Centro Comunitário São Pedro)

– Contato Obras Sociais e Educacionais

– IESEHR (Instituto Educacional de Assistência Social dos Evangélicos de Hortolândia e Região)

– Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais Central Brasileira (Núcleo de Crianças “Vinde a Mim”)

– SAH (Sociedade Amigos de Hortolândia)– CCART (Centro de Convivência, Aprendizagem, Reabilitação e Trabalho)

Continue Lendo

Nossa Cidade

Cursos de qualificação profissional em Hortolândia com bolsa-auxílio

Publicado

em

Inscrições podem ser feitas até o dia 31 deste mês no site do programa estadual Via Rápida

O avanço da vacinação contra a COVID-19 possibilita a retomada gradativa das atividades presenciais. Diante deste cenário, muita gente busca recolocar-se no mercado de trabalho no período pós-pandemia.

Para ajudar essas pessoas, a Prefeitura de Hortolândia disponibiliza dois cursos de qualificação profissional oferecidos pelo programa Via Rápida, do governo do Estado.

Os cursos são de almoxarife e estoquista e de porteiro e controlador de acesso. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 deste mês no site do programa (CLIQUE AQUI). As atividades fazem parte do programa “Capacita Hortolândia”, da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, que promove formações profissionalizantes, voltadas tanto a bolsistas do programa Acerte (Ação Cidadã de Requalificação, Trabalho e Educação) quanto à população em geral.

Cada curso tem 20 vagas disponíveis. As aulas do curso de almoxarife e estoquista acontecerão no período matutino, das 8h às 12h. Já as aulas do curso de porteiro e controlador de acesso serão no período vespertino, das 13h às 17h.

Os cursos estão previstos para começar no dia 8 de novembro, no Observatório Ambiental Parque Escola (antigo Creape), localizado na rua Bolívia, 290, Jardim Santa Clara do Lago. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, os alunos que tiverem 95% de frequência nos cursos recebem uma bolsa-auxílio no valor de R$ 210,00.

Continue Lendo

Populares