22 de maio de 2024
Nossa Cidade

Combate ao mosquito transmissor da Dengue chega ao Jardim Santa Fé

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, realiza, neste sábado (05/12), arrastão de combate ao mosquito transmissor da Dengue, febre Chikungunya e Zika no Jardim Santa Fé. Agentes de saúde e profissionais do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) percorrerão todas as casas do bairro em busca de criadouros do Aedes aegypti, transmissor das doenças. Neste ano, Hortolândia registra 5.485 casos positivos de Dengue, sendo que duas mortes foram confirmadas.

A Dengue é uma doença grave, que pode matar. Para conter uma epidemia no próximo ano, a Prefeitura de Hortolândia, reforça o combate à doença. Além dos arrastões aos finais de semana, a Administração Municipal realizada, durante a semana, ação casa a casa para orientação da população sobre como combater a Dengue, palestras em escolas, unidades de saúde e empresas com o objetivo de divulgar as formas de prevenção, além de videoconferências para profissionais da saúde se atualizarem sobre a doença.

A Prefeitura também mantém encontros semanais do grupo Sala de Situação de Dengue, com a participação de representantes de diversos setores públicos, ocasião em que todos os índices da doença são divulgados e discutidos para o desenvolvimento de ações estratégicas.

Desde o início deste ano, as USFs (Unidades de Saúde da Família) realizam consultas para diagnóstico e acompanhamento de pessoas com Dengue, agilizando o atendimento dos casos suspeitos. Até o ano passado, este atendimento era atribuição das equipes de UBSs (Unidades Básicas de Saúde).

Entre as orientações sobre como evitar a Dengue estão manter quintais livres de entulho ou outros materiais que possam acumular água, proteger garrafas e outros objetos da chuva, guardar brinquedos em local coberto, drenar a água das lajes, limpar calhas periodicamente, tampar caixas d’água e tambores, entre outras medidas. Combater a Dengue é dever de todos.

Sintomas

Entre os principais sintomas da doença estão febre, dor nas articulações e manchas avermelhadas no corpo. Algumas das complicações da Dengue, que podem causar a morte, são desidratação, hemorragia grave e queda repentina de pressão. Qualquer suspeita deve ser comunicada imediatamente à unidade de saúde mais próxima. É importante evitar a automedicação, o que pode trazer complicações ao quadro de saúde da pessoa. A orientação é para que, em caso de suspeita, a pessoa seja hidratada até que se inicie o tratamento adequado.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98