A partir desta segunda-feira (04/05), passageiros de Hortolândia que utilizam linhas intermunicipais do transporte público, sob administração da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), devem utilizar a máscara de proteção individual nas viagens. O anúncio foi feito pelo Governo Estadual na última quarta-feira (29/04). Nas linhas municipais, assim como nos deslocamentos em geral, dentro de Hortolândia, a medida já está em vigor desde o dia 20 de abril, quando a Prefeitura publicou o decreto municipal 4.425, que regulamenta o uso do item na cidade, quer a pessoa apresente ou não sintomas de COVID-19.

“Em Hortolândia, a população já utilizava o item de proteção individual no transporte público e nos deslocamentos pela cidade para cumprir o decreto municipal que foi implementado no meio do mês passado. Agora, o Governo Estadual estendeu  aos passageiros que realizam viagens intermunicipais. Eles devem ficar atentos para a utilização da peça. O uso das máscaras é importante para que as pessoas possam se proteger durante a viagem, além de zelar pela saúde de outras pessoas que estão no ônibus”, explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

Higienização

Desde o início de abril, a limpeza do Terminal Metropolitano de Hortolândia foi reforçada, a pedido da Prefeitura. A higienização do espaço é realizada todas as noites para ajudar a conter a disseminação do Coronavírus (COVID-19). A iniciativa da Secretaria de Mobilidade Urbana conta com a parceria da Viação Lira, responsável pela administração dos ônibus na cidade, e da EMTU, administradora do Terminal. Localizado entre as avenidas Olívio Franceschini e Santana, o terminal é o ponto de partida e de chegada de ônibus que realizam o transporte coletivo urbano dentro de Hortolândia e para outras cidades da região.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a ação visa evitar a proliferação da doença. O trabalho é realizado após o encerramento das viagens de ônibus, com o fechamento do terminal. A lavagem dos bancos, da calçada e do asfalto acontece com uma máquina, onde a mistura de água e cloro é expelida por alta pressão, realizando a limpeza e a desinfecção do espaço.

Distribuição de máscaras

Até o momento, a Administração Municipal já produziu 27.288 máscaras para proteção individual. Foram 7.876 feitas com o tecido TNT, descartável, e mais 19.352 peças produzidas com outro tecido lavável e reutilizável, em diferentes tamanhos. As peças  fabricadas são entregues à população em vulnerabilidade social. 

As peças, distribuídas nos quatro CRASs (Centros de Referência de Assistência Social) de Hortolândia, são confeccionadas por bolsistas do programa Acerte (Ação Cidadã de Requalificação Trabalho e Educação), também da Prefeitura. 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrefeitura distribui mais de 4 mil cestas básicas durante pandemia do Coronavírus
Próximo artigoGinásio Poliesportivo Victor Savala abriga mais de 20 pessoas em situação de rua