Connect with us

Monte Mor

Centro cultural oferece formação gratuita em gestão cultural neste final de semana

Publicado

em

teatro

O Centro Cultural Etnus (Monte Mor) oferece na sexta e domingo dois encontros gratuitos para debater sobre políticas culturais e elaboração de projetos com foco em editais públicos. A ação é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. 

Na sexta-feira, 20/05, das 19h às 22h, a produtora e gestora cultural Cassiane Tomilhero vai conduzir a oficina “Políticas Culturais: O que isso tem a ver com a gente?”. O convite propõe o debate de como as políticas interferem no nosso cotidiano e como pode se dar a participação e ação direta enquanto agentes da sociedade civil.

Já a oficina “Como iniciar a produção de Projetos Culturais” acontece no domingo,22/05, das 10h às 15he tem comopúblico-alvo artistas, produtores e estudantes de arte e cultura que estão iniciando sua atuação, voltado especialmente para o público que já desenvolve atividades na área, mas tem pouca experiência na organização e criação de projetos. O objetivo deste encontro é avançar na compreensão de como transformar uma boa ideia em um projeto desde sua iniciação, elaboração e captação de recursos, seja ele individual ou coletivo.

___

Publicidade

Quem faz

Centro Cultural Etnus, localizado na cidade de Monte Mor, é um importante espaço independente para circulações de processos, espetáculos nas diferentes linguagens artísticas para os grupos e Coletivo da região. É sede de pesquisa estética, abrigando os ensaios do Gato Coletivo Artístico, em seus processos tiram do anonimato aqueles que constroem nossas cidades longe dos Holofotes.

O espaço abriga as atividades, ensaios e aulas de coletivos de dança, teatro e de ensaios para músicos independentes da Cidade. O local também é um ponto de encontro e formação em que os gestores tentam diversificar as atividades, dando espaço para pessoas locais chegarem ao público, e artistas de outras localidades para ampliarem a fruição local.

Cassiane Tomilhero (oficineira convidada) – é produtora e gestora cultural, sócia fundadora da Cais das Artes e integrante do coletivo de produtoras culturais Caju Cultura. Atualmente faz a gestão de grupos artísticos de música e teatro, ministra cursos de gestão e produção cultural e participa de coletivos onde desenvolve projetos e debates sobre políticas públicas e gestão da cultura, em parcerias com outras artistas e gestoras.

Publicidade

Para participar bastar chegar no horário da oficina, sem necessidade de inscrição prévia.

20/05, sexta-feira, das 19h às 22h

Políticas Culturais: O que isso tem a ver com a gente?

22/05, domingo, das 10h às 15h (com pausa para lanche)

Publicidade

Como iniciar a produção de Projetos Culturais” acontece no domingo das 10h às 15h

Centro Cultural Etnus

Rua Visconde do Rio Branco, 11

Jardim Santo Antônio, Monte Mor

Publicidade

Monte Mor

Monte Mor está prestes a ter Bombeiros

Publicado

em

bombeiros

Prefeito Edivaldo Brischi assina convênio entre o Estado de São Paulo e a Prefeitura de Monte Mor, para a prestação dos serviços de Bombeiros Militares no município. 

O prefeito Edivaldo Brischi vem, há um bom tempo, desempenhando tratativas, as quais se intensificaram nos últimos 60 dias, para Monte Mor passar a ter sua própria base e efetivo do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, cujos serviços poderão ser complementados com os Bombeiros Voluntário da cidade e a parte operacional da Defesa Civil e, nesta quarta-feira, dia 1º de junho, acompanhado pelo secretário de Administração, Trânsito e Mobilidade Urbana, Coronel Antônio Bueno Neto, assinou o convênio, que marca, de forma histórica, a cidade de Monte Mor. 

Há alguns meses, o prefeito já havia recebido em seu gabinete, o Tenente Coronel da PM, Harley Washington Almeida Ferreira, o Major da PM Comandante Interino do 16° Grupamento de Bombeiros, Kleber Moura de Oliveira, e o Capitão da PM, Bruno Cesar Penna Gobbo, comandante do 3º Subgrupamento de Bombeiro de Americana, com o objetivo de firmar essa parceria, com o convênio entre o Estado de São Paulo e a Prefeitura de Monte Mor, para a prestação dos serviços de Bombeiros Militares no município. 

Nesta quarta-feira (1º de junho), o prefeito e o Tenente Coronel da PM, Harley, assinaram o convênio, firmando a parceria, que deixa no comando de Monte Mor, o Capitão da PM, Bruno Cesar Penna Gobbo.  

SOBRE O CONVÊNIO

O convênio tem como objetivo a prevenção e extinção de incêndios, a busca e salvamento, a fiscalização de normas e proteção à vida e ao patrimônio, ações em situações de calamidade pública, resgates de acidentados e socorros diversos. 

Para o Prefeito Edivaldo Brischi, a instalação de serviços de bombeiros no município é de relevante interesse público, levando em conta a potencialidade de ocorrências emergenciais das mais diversas naturezas, desde incêndios e salvamentos dos mais diferentes tipos, como acidentes de trânsito, envolvendo vítimas presas nas ferragens, pessoas perdidas em matas, deslizamentos de terras, desabamentos e enchentes, resgates dos mais diversos, calamidades públicas, dentre tantas outras possibilidades, além dos serviços de prevenção e proteção das pessoas da comunidade. 

Segundo o Tenente Coronel da PM, Harley Washington Almeida Ferreira, a celebração do convênio, consequentemente com a vinda dos serviços do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar para Monte Mor, será um marco histórico para a cidade. Serão profissionalizados os serviços, disponibilizados veículos e equipamentos novos (novas tecnologias), tornando o efetivo habilitado e colocado à disposição, como é feito nas demais cidades, ferramenta extremamente importante para a população ter um tempo de resposta adequado, não precisando mais esperar o deslocamento de outras unidades de outras como Capivari, Santa Bárbara D’Oeste, entre outras. Podemos assegurar que será um salto de qualidade, com nivelamento técnico para os Bombeiros Voluntários, trazendo integração, preenchendo o efetivo, com base nos requisitos impostos pela legislação. Poderá ainda impulsionar a vinda de novas empresas para o município, finaliza ele.       

Ficará a cargo do Estado, no convênio, a constituição do efetivo policial militar que se tornar necessário para o exercício da função. Fornecimento de uniformes ao bombeiro militar do Estado e materiais para uso em expediente, além de sua remuneração e encargos previdenciários correspondentes.

Ao município compete os serviços de manutenção em geral, combustível e outros materiais do mesmo gênero. Construção, adaptação ou locação de imóvel necessário à Unidade Operacional de Bombeiro (a sede será próxima ao Centro Cultural Joaquinzão), mediante a aprovação de órgão competente da Polícia Militar. Manter o quadro de Bombeiros Civis Públicos (Voluntário), para cooperação, no aspecto de auxílio nas modalidades pertinentes. 

O cronograma financeiro, prevendo os custos mensais de execução e implantação, já está pronto na minuta do contrato de convênio entre as partes, além do plano de trabalho. O tempo de vigência do convênio, assinado nesta quarta, será de 30 anos. 

Continue Lendo

Monte Mor

Sabesp recebe pedido melhorias de Monte Mor

Publicado

em

Equipe administrativa da Prefeitura de Monte Mor recebe representantes da Sabesp para entrega de ofício solicitando melhorias nas demandas da rede de esgoto de bairros de Monte Mor e faz visita às obras no bairro Colina I 

O Prefeito de Monte Mor, Edivaldo Brischi, tem se reunido com a equipe da Sabesp para solicitar melhorias nas demandas da rede de esgoto de alguns bairros da cidade. Em encontro em seu gabinete, o prefeito realizou reunião entregando, em conjunto com sua equipe de secretários de Meio Ambiente e Agricultura, Bruno Ross Matheus, de Planejamento e Obras, Alexandre Campos, e do procurador do município, Mário Cezar Franco Júnior, ofício requerendo avanços nessa área, para beneficiar a população.

Para o prefeito, as obras a serem executadas devem vir ao encontro dos interesses do nosso município. Temos várias necessidades e demandas para atender os bairros e essa é tão essencial como muitas outras. Buscamos atuar de todas as formas e nossos esforços em conjunto com o trabalho da concessionária, logo se tornarão realidade em benfeitoria para alguns dos bairros de Monte Mor.

Participaram da iniciativa, o presidente da Câmara Municipal, Alexandre Pinheiro (PTB); e os vereadores Pavão da Academia (MDB); Professor Adriel (PT); Andrea Garcia (PTB); e Camila Hellen (Republicanos).

Publicidade

O ofício foi recebido pelos representantes da Sabesp, o gerente de setor operacional, Evandro Thomé; o superintendente, Antônio Carlos Teixeira; e a gerente de divisão, Vanessa Egidio Pereira, que firmaram o compromisso de analisar as demandas apresentadas pelo poder executivo de Monte Mor e atender o mais prontamente possível, a população dos bairros em questão, San Remo, São Rafael, São Clemente e Colina I, II e III.

O Prefeito Edivaldo Brischi tem acompanhado de perto o andamento das obras na rede de esgoto, que estão sendo feitas pela equipe da Sabesp, e foi pessoalmente ao bairro Colina I, na rua 13, em Monte Mor. E aproveitou a ocasião para conversar com populares sobre o trabalho que está sendo realizado. Ele foi recebido no local pelo gerente de setor operacional, representante da Sabesp, Evandro Thomé.

A visita contou ainda com a presença dos secretários de Planejamento e Obras, Alexandre Campos, de Meio Ambiente e Agricultura, Bruno Ross Matheus, e dos vereadores Andrea Garcia (PTB), Camila Hellen (Republicanos) e Pavão da Academia (MDB). Também por Thiago de Souza, morador do Colina I, que esteve, acompanhado por Pedro Paulo Castillo, no começo do mês de maio no gabinete do prefeito, para apresentar ao chefe do poder executivo algumas demandas de moradores desta região em específico.

Publicidade
Continue Lendo

Monte Mor

Professor Fio reclama que prefeitura não viabilizou atuação voluntária do Desportivo Monte Mor

Publicado

em

Por

O vereador Professor Fio (PTB) afirmou na segunda-feira (25), na sessão ordinária, que a prefeitura não viabilizou o espaço para atuação do Desportivo Monte Mor, time que pretendia “fazer um trabalho voluntário na cidade, com escolinhas, categoria de base”.

Em pronunciamento no Plenário, Professor Fio afirmou que fez interlocuções com o Poder Executivo, “desde o ano passado”. “Fizemos toda a documentação, para também utilizar o espaço […] daquele campo do Sam Remo, que está abandonado”, disse.

O parlamentar criticou a prefeitura por, “até hoje”, não ter liberado o espaço, apesar da concretização dos trâmites legais. Segundo ele, integrantes do time afirmam que não receberam nenhum retorno, apesar das promessas feitas anteriormente pelo Executivo.

COLINA

Publicidade

Fio também destacou que, acompanhado de Vitor Gabriel (PSDB) e Altran (MDB), esteve no bairro Jardim Colina. E salientou que as necessidades de manutenção dizem respeito a todas as ruas. “Há Colina I, II, III. Há muito trabalho a se fazer”, afirmou. “Quando se faz [melhorias em] um bairro, se faz um bairro [inteiro]. Não se pode ir lá, arrumar duas ruas, tirar fotos, e falar: estamos arrumando o Colina. O Colina é mais do que duas ruas”, criticou.

Fonte: Câmara de Monte Mor

Continue Lendo

Noticias

Populares