Cresce cada vez mais o número de pessoas preocupadas com a saúde bucal e que procuram em clínicas odontológicas tratamentos preventivos, estéticos e outros procedimentos

Processo que sempre encontrou resistência do brasileiro, a visita periódica ao dentista tem se tornado, cada vez mais, um hábito para um maior número de pessoas. Esta mudança se dá principalmente pelo aumento da abertura de clínicas odontológicas populares e facilidade de financiamento de tratamentos antes restritos a uma pequena parcela da população.

Descuidar-se da saúde bucal – com falta de escovação e do uso do fio dental, além da ingestão de açúcar – pode levar ao aparecimento de cáries e doenças gengivais, assim como inflamações com sangramentos, tártaros e placas bacterianas.

Tais problemas podem desencadear desde um simples mau hálito até doenças cardíacas, câncer, diabetes e até mal de Alzheimer. Para evitar essas situações, os dentistas recomendam acompanhamento para a manutenção da saúde bucal.

O aumento do número de clínicas e consultórios, especialmente na cidade de São Paulo, tem também aberto caminho para procedimentos funcionais e estéticos, como clareamento, limpeza, implantes, ortodontia (aparelhos para correção e próteses), além da endodontia (tratamento de canal e cirurgias) e periodontia (doenças gengivais), sem contar ainda com o câncer oral, que atinge entre um e dez casos de a cada grupo de 100 mil pessoas. É fácil encontrar uma lista de profissionais na região, pesquisando por dentistas em São Paulo, em sites de busca. O ideal é realizar consultas pelo menos duas vezes ao ano para que seja feita uma avaliação geral da saúde bucal de cada paciente.

De acordo com entidades da área, a dor de dente incomoda mais de 25% de adultos e crianças. As causas mais comuns disso em adultos e crianças são cárie e as doenças periodontais, que afetam as estruturas de sustentação do dente.

Alguns consultórios já oferecem aplicação de botox para suavizar linhas de expressão, geralmente causadas por bruxismo, hábito de pressionar e ranger os dentes, especialmente durante o sono. Causa dor nos dentes e nos maxilares, além de, em casos mais graves, dificuldade em abrir e fechar a boca e até o travamento da articulação da mandíbula.

Prevenção

Confira algumas dicas simples que contribuem para manter a saúde bucal:

– A escovação correta e o uso do fio ou fita dental diariamente ajudam a eliminar a placa bacteriana e evitar as cáries.

– Limpar a língua, utilizando um raspador, retira restos de alimentos.

– Consumir menos açúcar, especialmente no caso das crianças, evita cáries.

– Utilize cremes dentais com flúor. 

– Evite usar dentaduras ou próteses mal ajustadas. 

– Evite o fumo e o consumo de bebidas alcoólicas. 

– Vá ao dentista regularmente.

Artigo anteriorCapital paulista registra aumento na procura por tratamentos psicológicos
Próximo artigoPetrobras anuncia aumento na gasolina, no diesel e gás de cozinha