Com as promoções chegando é preciso saber as diferenças entre TV LED, LCD e Plasma. Onde entre estas citadas a tela LED é a que continua na “crista da onda”. Para quem gosta de modernidade, ainda surgiu, mais recentemente, a tela OLED – considerada um avanço da tela LED.

Apesar de as fabricantes de TVs não pararem de inovar, é normal ter dúvidas sobre qual a melhor tela para seu cômodo, entre as tradicionais LCD, LED e Plasma.

 

TV LED é ótima escolha para imagens bem nítidas

A televisão LED tem, na verdade, uma tela LCD, mas iluminada por trás com lâmpadas de LED, mais brilhantes e que consomem menos energia.

Para saber mais: TV OLED, uma tela ainda mais moderna

Mais um tipo de tela, e que promete mais modernidade, é a TV OLED. Essa tecnologia podemos considerar como um avanço da TV LED. A grande diferença é que não precisa usar iluminação traseira, já que emite luz própria.

Nesse modelo de TV você tem imagens ainda mais nítidas, com espectro de cores e contraste que se destacam. Ah, e como a televisão com tela OLED não necessita da iluminação traseira, os modelos são mais finos, e alguns modelos têm até a tela curva. Para quem está à procura de inovação, vale a pena conferir.

 

TV de Plasma para um cinema em casa

A tela de Plasma conta com milhares de células individuais para criação de imagens, proporcionando uma extrema fidelidade de cores. Como a tecnologia não funciona muito bem em ambientes claros, ela é melhor para espaços escuros, como uma sala de Home Theater.

Vantagens: os níveis de contraste e a fidelidade das cores são excelentes. A TV Plasma é ótima para ambientes escuros. Tem bom ângulo de visão de diferentes posições.

Desvantagens: são um pouco mais pesadas que os televisores de LCD e LED. De todas as tecnologias, é a que mais consome energia. Como a tela é feita de vidro, tem reflexos de luz com mais facilidade. E tem sido cada vez mais difícil encontrar uma TV de Plasma à venda.
Seu cômodo é bem iluminado? TV LCD pode ser boa opção

 

A TV LCD apresenta tecnologia que utiliza cristais líquidos e lâmpadas fluorescentes traseiras, que ajudam a produzir a imagem. Boa opção para quartos e salas comuns e ambientes claros, já que esse tipo de tela não recebe muito reflexo.

Vantagens: as TVs LCD consomem pouca energia e se saem bem em locais iluminados, pois não refletem muito.

Desvantagens: os ângulos de visão são limitados. Apesar da ótima imagem, não alcançam o brilho e o contraste de cores da LED. E já não se encontra mais tantos modelos disponíveis por aí, pois a tela LED dominou o mercado de TVs.

Fonte: Zoom

Artigo anteriorCom pareceres de Ana Perugini, projetos que preveem expansão do ensino superior avançam na Câmara dos Deputados
Próximo artigoExposição de carros antigos movimenta o Shopping Prado Boulevard neste domingo (26)