Connect with us

Sumare

Sumaré deve ganhar, Bom Prato e moradias. Confira

Publicado

em

Nesta quinta-feira (9) foi anunciada a construção de uma nova Etec (Escola Técnica Estadual) e a instalação de uma unidade do Bom Prato na cidade de Sumaré. Em visita ao município na região de Campinas, Doria também confirmou a liberação de vouchers do Vale Gás para 2.915 famílias e um aporte de R$ 1,6 milhão para subsidiar novas moradias.

“É um momento de festa. A quantidade de entregas e iniciativas que estamos fazendo aqui é à altura de Sumaré. Sumaré merece, a população merece”, disse Doria durante a recepção na cidade. “As obras da primeira Etec de Sumaré são para cuidar do futuro dos nossos jovens. E o Bom Prato é uma conquista histórica de São Paulo e estamos ampliando com o maior orgulho de um programa que oferece alimentação de qualidade à população vulnerável”, acrescentou.

Doria estava acompanhado dos Secretários de Estado Flavio Amary (Habitação), Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional) e Célia Parnes (Desenvolvimento Social), além da Diretora-Superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá. A nova Etec receberá investimentos de R$ 11,2 milhões do Estado e será construída em um terreno de 10,4 mil metros quadrados, doado pela Prefeitura de Sumaré.

As obras devem começar ainda em setembro, com previsão de entrega em 18 meses. A Etec de Sumaré terá 14 salas de aula, nove laboratórios, auditório, biblioteca, salas administrativas e quadra poliesportiva. A unidade vai oferecer cursos técnicos de Eletrônica, Logística, Meio Ambiente e Química, além de um curso técnico integrado ao Ensino Médio.

Doria também confirmou que Sumaré passará a contar com um restaurante Bom Prato, sob investimento de R$ 1 milhão do Governo do Estado. A previsão é que a unidade entre em funcionamento em março de 2022, com capacidade para fornecer 1,5 mil refeições diárias.

Prestes a completar 21 anos, o programa oferece almoço a R$ 1 e café da manhã a R$ 0,50 em 59 unidades em funcionamento distribuídas por todas as regiões do estado. Diariamente, cerca de 93 mil refeições saudáveis são servidas à população de baixa renda nas unidades do Bom Prato.

Vale Gás

Outro projeto confirmado por Doria em Sumaré é o Vale Gás, que integra o Bolsa do Povo – maior programa de assistência social e transferência de renda da história do estado de São Paulo. Ao todo, 2.915 famílias carentes vão receber três parcelas de R$ 100 para compra de botijões de 13 quilos de gás de cozinha.

O investimento do Governo do Estado no Vale Gás é de quase R$ 130 milhões, beneficiando mais de 400 mil famílias e impactando 2 milhões de pessoas nos 645 municípios do Estado.

Habitação

Por intermédio da Secretaria da Habitação, o Governo do Estado também confirmou repasse de R$ 1,6 milhão para subsidiar 128 unidades habitacionais do Residencial Gran Vic Barcelona Módulo I, em Sumaré. Os recursos são repassados por meio do programa Nossa Casa Apoio a famílias com renda de até três salários mínimos.

Sumare

Obra pode afetar fornecimento de água em diversos bairros em Sumaré

Publicado

em

Intervenção vai durar 15 dias, período em que o abastecimento ocorrerá de forma escalonada nas regiões de Nova Veneza, Maria Antônia, Área Cura, Matão, Picerno e Central

Na segunda-feira, dia 13, inicia mais uma etapa da obra de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Água II, em Sumaré. A intervenção tem um cronograma de trabalho de 15 dias, de 13 a 27 de setembro, período em que o abastecimento de água ocorrerá de forma escalonada para seis regiões da cidade: Nova Veneza, Maria Antônia, Área Cura, Matão, Picerno e Central. 

Realizada pela BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de água e esgoto do município, com o objetivo de ampliar a capacidade de tratamento de água, a intervenção faz parte da 4ª e última fase das obras de ampliação e modernização da estação, que tiveram início em 2018. No total, as obras apresentam avanço de 89% e a previsão é que sejam concluídas até dezembro deste ano. Com investimento de R$ 18 milhões por parte da concessionária, 190 mil moradores, o que equivale a 70% da cidade, serão diretamente beneficiados pela ampliação e modernização da estação, que fica no Parque Itália.  

A 4ª fase das obras tem avanço de 37% e consiste na modernização dos sistemas de dosagem de produtos químicos de toda a estação, além da recuperação e melhorias das estruturas civis e a reforma das tubulações externas, bem como do sistema de drenagem de águas pluviais e de esgotamento sanitário interno da estação.

Essa fase teve início em março e conta com dezessete frentes de trabalhos. A partir da próxima segunda-feira, dia 13 de setembro, a concessionária inicia a execução de uma dessas frentes que contará com as seguintes atividades: limpeza dos floculadores e decantadores; recuperação e impermeabilização da estrutura de concreto; e tratamento estrutural.

Durante a execução dessa frente, que está prevista para ser concluída em 15 dias, o tratamento de água na estação precisará ter sua vazão reduzida. Diante disso, o abastecimento nas regiões do Nova Veneza, Maria Antônia, Área Cura, Matão, Picerno e Central funcionará de forma escalonada.

“Assim como fizemos na fase anterior, executada em agosto, trabalharemos em uma das etapas do tratamento de água. Por isso, é necessário reduzir a vazão total tratada na estação, para que seja possível executar a obra. Diante disso, fizemos uma escala para garantir, em dias alternados, o abastecimento dos bairros dessas regiões. Mas, é de extrema importância que os moradores façam o uso racional da água nesse período”, explica Rafaella Lange, gerente de operações da BRK Ambiental em Sumaré. 

Vale destacar que, diferente do que ocorreu na fase da obra realizada em agosto, em que cinco regiões foram impactadas, nesta parada são seis as regiões que farão parte do escalonamento do abastecimento. “Devido as elevadas temperaturas que tem feito no município, a concessionária tem registrado um aumento no consumo de água. Com isso, ao reduzirmos a vazão do sistema II, responsável por abastecer 70% da cidade, podemos ter impacto também no sistema I, que abastece os outros 30%. Para evitarmos oscilações emergenciais na região central, optamos por incluir a área no sistema de escalonamento e garantir, deste modo, a plena recuperação dos dois sistemas”, complementa a gerente. 

Os moradores podem acessar a escala neste link que contém as informações sobre os bairros afetados em cada dia. O abastecimento, durante esse período, ocorrerá sempre das 6h às 19h; sendo que, após esse horário ele será interrompido para que sejam feitas manobras no sistema para abastecer os bairros que terão água no dia seguinte a partir das 6h. 

Ao acessar a escala, o morador deve seguir o seguinte passo a passo: 
1º) Localizar sua região, o nome do reservatório e seu bairro na listagem.

2º) Consultar as informações sobre esse reservatório na escala de abastecimento. É nesta escala que você saberá os dias que seu bairro será abastecido.

A BRK Ambiental reforça que a obra é de extrema importância para aumentar a disponibilidade de água para 70% dos moradores. A empresa pede a compreensão da população de Sumaré e orienta para que economizem água durante o período das obras. Em caso de dúvidas, os clientes podem acessar o site www.brkambiental.com.br/sumare ou entrar em contato por meio do telefone 0800 771 0001.

Uma outra frente de trabalho que impacta o abastecimento à população está prevista para ocorrer no mês de novembro. A intervenção terá duração inferior a essa e a população será comunicada com antecedência.

Fases 1, 2 e 3 
A concessionária já concluiu a fase 1, que contou com ampliações e melhorias no canal de entrada de água bruta, em parte dos filtros e com a interligação dos reservatórios; e a fase 2, que envolveu os serviços no restante dos filtros e nos decantadores do sistema de manto de lodo.

Em março deste ano, a concessionária também concluiu a terceira fase da obra, que consistiu na implantação de um sistema de geração e dosagem de hipoclorito e na execução das novas instalações elétricas e de automação.

Toda as instalações elétricas da ETA II foram substituídas por novas, mais modernas e de maior potência, o que proporcionará maior segurança e melhor performance operacional. “Além disso, a estação passou a contar com um sistema de automação dos equipamentos, que trará um ganho em eficiência e confiabilidade na operação”, explica Rafaella.

Com essas etapas já realizadas, foi possível ampliar a capacidade de tratamento da ETA II de 600 l/s para 750 l/s.  “O objetivo é garantir o abastecimento regular de água à população e permitir o crescimento sustentável do município. Teremos mais oferta de água tratada e de qualidade disponível para a população”, destaca a gerente.

Continue Lendo

Sumare

Nova etapa da obra de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Água II, em Sumaré, inicia na segunda (13)

Publicado

em

BRK Ambiental

menuAcessoBusca

Sumaré Escolher outra cidade

Buscar

NotíciasVoltar

Nova etapa da obra de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Água II, em Sumaré, inicia na segunda (13)

09 de Setembro de 2021

Intervenção vai durar 15 dias, período em que o abastecimento ocorrerá de forma escalonada nas regiões de Nova Veneza, Maria Antônia, Área Cura, Matão, Picerno e Central

Na segunda-feira, dia 13, inicia mais uma etapa da obra de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Água II, em Sumaré. A intervenção tem um cronograma de trabalho de 15 dias, de 13 a 27 de setembro, período em que o abastecimento de água ocorrerá de forma escalonada para seis regiões da cidade: Nova Veneza, Maria Antônia, Área Cura, Matão, Picerno e Central. 

Realizada pela BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de água e esgoto do município, com o objetivo de ampliar a capacidade de tratamento de água, a intervenção faz parte da 4ª e última fase das obras de ampliação e modernização da estação, que tiveram início em 2018. No total, as obras apresentam avanço de 89% e a previsão é que sejam concluídas até dezembro deste ano. Com investimento de R$ 18 milhões por parte da concessionária, 190 mil moradores, o que equivale a 70% da cidade, serão diretamente beneficiados pela ampliação e modernização da estação, que fica no Parque Itália.  

A 4ª fase das obras tem avanço de 37% e consiste na modernização dos sistemas de dosagem de produtos químicos de toda a estação, além da recuperação e melhorias das estruturas civis e a reforma das tubulações externas, bem como do sistema de drenagem de águas pluviais e de esgotamento sanitário interno da estação.

Essa fase teve início em março e conta com dezessete frentes de trabalhos. A partir da próxima segunda-feira, dia 13 de setembro, a concessionária inicia a execução de uma dessas frentes que contará com as seguintes atividades: limpeza dos floculadores e decantadores; recuperação e impermeabilização da estrutura de concreto; e tratamento estrutural.

Durante a execução dessa frente, que está prevista para ser concluída em 15 dias, o tratamento de água na estação precisará ter sua vazão reduzida. Diante disso, o abastecimento nas regiões do Nova Veneza, Maria Antônia, Área Cura, Matão, Picerno e Central funcionará de forma escalonada.

“Assim como fizemos na fase anterior, executada em agosto, trabalharemos em uma das etapas do tratamento de água. Por isso, é necessário reduzir a vazão total tratada na estação, para que seja possível executar a obra. Diante disso, fizemos uma escala para garantir, em dias alternados, o abastecimento dos bairros dessas regiões. Mas, é de extrema importância que os moradores façam o uso racional da água nesse período”, explica Rafaella Lange, gerente de operações da BRK Ambiental em Sumaré. 

Vale destacar que, diferente do que ocorreu na fase da obra realizada em agosto, em que cinco regiões foram impactadas, nesta parada são seis as regiões que farão parte do escalonamento do abastecimento. “Devido as elevadas temperaturas que tem feito no município, a concessionária tem registrado um aumento no consumo de água. Com isso, ao reduzirmos a vazão do sistema II, responsável por abastecer 70% da cidade, podemos ter impacto também no sistema I, que abastece os outros 30%. Para evitarmos oscilações emergenciais na região central, optamos por incluir a área no sistema de escalonamento e garantir, deste modo, a plena recuperação dos dois sistemas”, complementa a gerente. 

Os moradores podem acessar a escala neste link que contém as informações sobre os bairros afetados em cada dia. O abastecimento, durante esse período, ocorrerá sempre das 6h às 19h; sendo que, após esse horário ele será interrompido para que sejam feitas manobras no sistema para abastecer os bairros que terão água no dia seguinte a partir das 6h. 

Ao acessar a escala, o morador deve seguir o seguinte passo a passo: 
1º) Localizar sua região, o nome do reservatório e seu bairro na listagem.

2º) Consultar as informações sobre esse reservatório na escala de abastecimento. É nesta escala que você saberá os dias que seu bairro será abastecido.

A BRK Ambiental reforça que a obra é de extrema importância para aumentar a disponibilidade de água para 70% dos moradores. A empresa pede a compreensão da população de Sumaré e orienta para que economizem água durante o período das obras. Em caso de dúvidas, os clientes podem acessar o site www.brkambiental.com.br/sumare ou entrar em contato por meio do telefone 0800 771 0001.

Uma outra frente de trabalho que impacta o abastecimento à população está prevista para ocorrer no mês de novembro. A intervenção terá duração inferior a essa e a população será comunicada com antecedência.

Fases 1, 2 e 3 
A concessionária já concluiu a fase 1, que contou com ampliações e melhorias no canal de entrada de água bruta, em parte dos filtros e com a interligação dos reservatórios; e a fase 2, que envolveu os serviços no restante dos filtros e nos decantadores do sistema de manto de lodo.

Em março deste ano, a concessionária também concluiu a terceira fase da obra, que consistiu na implantação de um sistema de geração e dosagem de hipoclorito e na execução das novas instalações elétricas e de automação.

Toda as instalações elétricas da ETA II foram substituídas por novas, mais modernas e de maior potência, o que proporcionará maior segurança e melhor performance operacional. “Além disso, a estação passou a contar com um sistema de automação dos equipamentos, que trará um ganho em eficiência e confiabilidade na operação”, explica Rafaella.

Com essas etapas já realizadas, foi possível ampliar a capacidade de tratamento da ETA II de 600 l/s para 750 l/s.  “O objetivo é garantir o abastecimento regular de água à população e permitir o crescimento sustentável do município. Teremos mais oferta de água tratada e de qualidade disponível para a população”, destaca a gerente.

Continue Lendo

Sumare

Sumaré promove Setembro Amarelo para prevenção do suicídio

Publicado

em

O Setembro Amarelo, reconhecido como mês de Prevenção ao Suicídio, é um convite para a conscientização e traz um alerta à população. Por essa razão, a Secretaria de Saúde de Sumaré preparou uma programação especial alusiva à data em toda a rede municipal. Nas unidades do CAPS haverá palestras, orientações e rodas de conversas. Cartazes de conscientização estarão disponibilizados nos espaços públicos visando a orientação. Ao longo do mês, serão distribuídos folhetos explicativos pela cidade e pulseiras amarelas ao público infanto/juvenil que são assistidos pelo CAPS Infantil “Espaço Viver”. No dia 22 de setembro, a partir das 17 horas, uma tenda informativa estará instalada na Feira Noturna do Macarenko.

“De acordo com o site oficial do Setembro Amarelo, o suicídio é um problema de saúde pública, e o número de vítimas é superior aos de doenças como AIDS e alguns tipos de câncer. Nos unimos para a conscientização das famílias e, principalmente, dos jovens sobre o perigo do suicídio. Quanto às famílias, queremos despertar sobre seu papel fundamental no carinho, no acolhimento, na atenção, na compreensão das pessoas que estão sofrendo”, explicou o secretário municipal de Saúde, Rafael Virginelli.

“É preciso identificar as pessoas que precisam de cuidado nesse sentido, pois conversar é a melhor solução. Lembramos a todos que nossas equipes estão prontas para ouvir, acolher, apoiar e realizar todos os cuidados e encaminhamentos necessários! Caso você ou alguém que você conhece esteja passando por momento difíceis, procure a unidade de saúde mais próxima”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Realizado desde 2015, o Setembro Amarelo foi criado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Durante o mês, monumentos em diferentes cidades também adotam a cor amarela em suas fachadas para dar visibilidade à causa. A cor amarela, segundo o site do CVV, representa a luz e o sol, simbolismo que reflete a proposta da campanha de preservar a vida.

O mês foi escolhido em razão do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, celebrado todo ano em 10 de setembro. A data é organizada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio com o respaldo da Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo do dia é conscientizar as pessoas ao redor do mundo que o suicídio pode ser evitado.

Continue Lendo

Populares