Policial

Quadrilha é presa por praticar assaltos em Hortolândia

Três homens foram presos e um adolescente de 17 anos apreendido acusados de praticarem dois roubos na noite de anteontem, em Hortolândia. Eles levaram o celular de um adolescente de 13 anos, e o carro da segurança A.D.S.F., 39. O veículo foi recuperado. A quadrilha usou uma espingarda calibre 12, duas facas e um canivete para cometer os crimes. Todos os acusados foram reconhecidos pelas vítimas.

Os quatro foram detidos por policiais militares que atendiam ocorrência enviada pelo Copom (Controle de Operações da Polícia Militar). Eles foram informados que homens em um veículo Peugeot 206 de cor preta haviam praticado roubos na Rua Cuba, no Jardim Santa Clara do Lago, local onde o adolescente de 13 anos teve o celular roubado, e na Rua Abílio Honório Perdomo, bairro Adventista Campineiro, onde roubaram a segurança.

“Eles me renderam por volta das 23h40. Eu estava no portão de casa. Vieram três homens armados e pediram meu carro”, contou A., dizendo que todos estavam armados. “Tinha uma arma grande. Pensei que fosse uma doze. Não quis reagir, sei que não pode”, disse. “Vieram os três de uma vez e falando: ‘Desce, desce do carro que nós vamos levar’. Então eu saí”.

A segurança contou que o menor assumiu a direção do carro e os outros dois entraram pelo outro lado. O veículo, que tem sistema de corte de combustíveis, foi encontrado logo depois. “Liguei para meu pai informado que o carro tem corta-combustíveis e que poderia estar no bairro, e ele o encontrou”, afirmou.

Os policiais, em patrulha, abordaram o veículo Peugeot preto na Rua Adilson Alves Teixeira, no bairro Jardim Santa Emília. O carro era conduzido pelo vigilante Fabiano Aparecido da Silva, 31, que estava em companhia do ajudante Lucas dos Santos Aguiar, 18, e do servente Kaio Lucidio da Silva Mourão, 18, além do adolescente de 17 anos, que é morador em Cambará (PR).

Os bandidos dispensaram a espingarda ao perceber que eram seguidos pelos policiais, que recolheram a arma. Os acusados negaram os roubos, e foram levados ao Plantão Policial de Hortolândia, onde foram reconhecidos pelas vítimas.

Silva foi reconhecido pelo roubo do celular e do veículo Celta da segurança. Aguiar e o menor também foram reconhecidos pela participação no roubo do carro.

Os policiais encontraram duas lanternas, duas facas e um canivete no veículo dos acusados. Os maiores foram encaminhados ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Hortolândia.

O menor foi recolhido em cela especial da Cadeia Pública de Sumaré e seria apresentado na Promotoria de Justiça ontem para prestar depoimento. Demais investigações sobre o caso serão repassadas ao 2º Distrito Policial de Sumaré.

Fonte: tododia.com.br

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98